• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.27.2010.tde-31082015-134355
Documento
Autor
Nome completo
Dino Maestrello
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Cascapera, Sergio (Presidente)
Jardim, Gilmar Roberto
Côrtes, Edmundo Villani
Título em português
Trompete: aspectos físicos e orgânicos da performance musical - proposta de atividade física para melhor desempenho e manutenção da performance
Palavras-chave em português
atividades físicas
metodologia
performance instrumental
trompete
Resumo em português
A performance no trompete apresenta, além do contexto estético e musical, considerável componente físico, uma vez que o instrumento amplifica os sons "produzidos" pelo corpo. Neste ponto, o trabalho coordenado das diversas estruturas corporais (físicas e orgânicas) empregadas na execução do trompete exige do músico certo grau de desenvolvimento físico. O objetivo da pesquisa pauta-se na análise destas estruturas sobre uma proposta de atividades físicas, em sentido a manter e melhorar a performance no instrumento. Em um primeiro momento procura-se definir a atividade física em seu âmbito geral, benefícios, possibilidades de trabalho e atuação de profissionais. Tais conceitos são empregados posteriormente na análise dos diversos fatores utilizados no âmbito da performance, tais como a respiração, identificando as principais estruturas pulmonares e a respiração aplicada a performance; o "aquecimento" como preparação para atividade, com o exame de tradicionais estudos calistênicos; e a embocadura, desde pontos simples como dentes e ossos, até temas mais complexos como coluna de ar, vibração labial, vocalização e projeção. Todos estes temas sempre baseados em literatura e metodologia específicas do instrumento e de áreas congêneres ao assunto. A parte derradeira fica a cargo da pesquisa de campo, onde instrumentistas de sopro são questionados sobre diversos pontos do estudo/performance. Em linhas gerais, a análise demonstrou que 68% da população optam pela atividade física, e que 46% têm a mesma como forma de condicionamento para fins de saúde. Na parte específica dos instrumentos de sopro, os exercícios técnicos mais apontados são à respiração (35%), notas longas (17%) e a flexibilidade (11%). Dentre as exigências físicas mais proeminentes sobre a prática, a capacidade pulmonar é o ponto de maior consenso (53%), seguido da resistência muscular (21%). Após análise entre teoria, exemplos musicais e dados práticos coletados, conclui-se que atividade física auxilia na prática instrumental, em sentido a minimizar as exigências físicas impostas aos músicos. Apresenta-se em sequencia uma proposta de exercícios físicos baseada nos principais pontos utilizados no desempenho. Esta fica a critério de exercícios de alongamento, atividades aeróbicas (andar, correr, nadar) e ações de sobrecarga; nas questões específicas podem ser aplicados exercícios fonoaudiológicos simples e metodologia pertinente a cada instrumento.
Título em inglês
Trumpet: Physical and Organic Aspects of Musical Performance - A proposal of physical activities to maintain technical skills and improving performance
Palavras-chave em inglês
instrumental performance
methodology
physical activities
trumpet
Resumo em inglês
The performance on the trumpet presents, besides the musical and aesthetics context, considerable physical component, considering the instrument as an amplifier of the sound "produced" by our body. At this point, the coordinated work of several body structures (physical and organic) employed on trumpet performance demands from the player high levels of physical development. The objective of this research denotes the analysis of these structures about a physical activities propose, in a way to maintain and improve trumpet's performance. First, we define physical activity in general focus; benefits, possibilities of work and professional attendance. The concepts explained before are now employed on the analysis of other factors, considering the performance environment, such as breathing, identifying main lung structures and the breathing process applied to performance; the "warm-up" as a preparation to the activity, with analysis of the traditional calisthenics exercises, the embouchedure, since simple points (teeth and bones) until more complex subjects like air column, lip vibration, vocalize and projection. Everything based on the specific methodology of the trumpet and related areas. The last part is presented by the public research, where wind players are interviewed about all aspects of performance and study. In general, the interview shows us that 68% of the population choose the physical activity, and 48% place it for health purpose. On the specific instrument themes, the most answered exercises are breathing (35%), long notes (17%) and flexibility (11%). About the main physical demanding on practice, the lung capacity is the point of consensus (53%), followed by muscular endurance (21%). After an explanation among points from theory, musical examples and collected dates from the interviews, we conclude the physical activity as a useful toll to decrease the physical demanding faced by the players. In such way we present a propose with physical exercises based on the main body functions employed on performance. It is based on stretching exercises, aerobic activities (walking, running, swimming) and weight-lifting actions; specific procedures of each instrument may be applied, as well simple speech science exercises.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
DINOMAESTRELLO.pdf (2.39 Mbytes)
Data de Publicação
2015-09-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.