• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.27.2015.tde-29062015-153035
Documento
Autor
Nome completo
Viviane Terezinha Mion Bodaczny Taliberti
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Monteiro, Eduardo Henrique Soares (Presidente)
Almeida, Alexandre Zamith
Costa, Carlos Henrique Coutinho Rodrigues
Lucas, Monica Isabel
Videira Junior, Mario Rodrigues
Título em português
Trio op. 97, 'Arquiduque' , de Beethoven: um estudo sobre sua interpretação
Palavras-chave em português
Classicismo
música de câmera
práticas interpretativas
trio para piano
violino e violoncelo
Resumo em português
Este estudo analisa o Trio op. 97, escrito por Ludwig van Beethoven, mediante uma abordagem ligada às práticas interpretativas com um enfoque histórico, estético e musicológico. A pesquisa objetivou reconhecer, nessa composição, os procedimentos técnicos, sonoros e interpretativos para alcançar unidade sonora e um pensamento musical comum a uma formação camerística composta por piano, violino e violoncelo. Do ponto de vista metodológico, a pesquisa se valeu de um estudo prático-interpretativo ao piano, da revisão bibliográfica de estudos analíticos da concepção e dos aspectos interpretativos da obra, da escuta analítico-apreciativa de gravações da obra e de uma leitura de sua escrita. O trabalho de interpretação se apoiou, sobremaneira, na leitura analítica das fontes de pesquisa: manuscrito autógrafo, edições posteriores da partitura, cartas de Beethoven a seus editores e textos de comentadores de contemporâneos do compositor. Os resultados da pesquisa mostram, dentre outros pontos, que Beethoven buscou desenvolver uma parceria em que as características de cada instrumento são reconhecidas e valorizadas, mas sempre colocadas à disposição do conjunto. Também mostram que Trio op. 97 reserva ao violino papel menos proeminente que o do violoncelo; e que, com uma escrita pianística que privilegia acordes e as mais variadas figuras, o equilíbrio camerístico requer atenção especial nos quatro movimentos da obra. Enfim, os resultados apontam que as idiossincrasias são fundamentais para interpretar a notação e as intenções musicais de Beethoven. A sistematização das análises e reflexões aqui descritas permitiu clarear, aprofundar e sedimentar conhecimentos sobre a obra; mas de modo algum apontam uma direção única ou uma "verdade absoluta".
Título em inglês
"Archduke", by Beethoven: a study on its interpretation.
Palavras-chave em inglês
chamber music
Classicism
performance practice
trio for piano
violin and cello
Resumo em inglês
This study analyzes Trio op. 97, written by Ludwig van Beethoven. It does so by approaching it in connection with performance practice and with a focus on historical, aesthetic, and musicological aspects. The research aimed to recognize technical, sound, and interpretative procedures in this composition in order to achieve a sound unit and a musical thought peculiar to the chamber music formation made of piano, violin and cello. From a methodological point of view, the research relied upon a practical and interpretive study on the piano, a reading of analytical studies on the conception and interpretive aspects of Trio op. 97, an analytic and appreciative listening to recordings of this composition and a reading of its musical score. The interpretive work recurred greatly to the analytical reading of research sources such as autograph manuscript, later editions of its musical score, Beethoven's letters to his publishers, and of texts on Beethoven's life and music by contemporary commentators of him. Research results show, among other aspects, that Beethoven sought to develop a kind of work in which each instrument's characteristics are recognized and valued but it always serves the group. Besides, they show point that Trio op. 97 attributes to the violin a role less prominent than cello's; and that with a piano writing focused on chords and varied figures, chamber music's balance demands special attention as to the four movements of the Trio. Finally, results indicate that the idiosyncrasies are fundamental to interpret Beethoven's notation and musical intentions. That said, systematizing analyzes and making some thoughts on this thesis made possible to clarify, deepen and consolidate certain knowledge on Trio op. 97. But it doesn't meant prescribing a direction or an "absolute truth" regarding a forma of understanding and valuing it.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-06-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.