• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.27.2018.tde-26022018-105314
Documento
Autor
Nome completo
Fábio Carrilho Santos Barros
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2017
Orientador
Banca examinadora
Brito, Maria Teresa Alencar de (Presidente)
Antunes, Gilson Uehara Gimenes
Rocha, Ana Cristina Rosseto
Título em português
Pedagogias abertas e o modelo artístico no ensino do violão para iniciantes
Palavras-chave em português
educação musical
FLADEM
modelo artístico de ensino de música
pedagogias abertas
Violão
Resumo em português
Esta dissertação visa apontar possíveis caminhos e reflexões para uma pedagogia criativa para o violão em sintonia com propostas contemporâneas de educação musical que tem como base as pedagogias abertas e o modelo artístico de ensino de música. Ambos conceitos formam o alicerce do pensamento pedagógico-musical do Foro Latinoamericano de Educación Musical (FLADEM). As pedagogias abertas propõem a superação de estruturas curriculares rígidas e de procedimentos de ensino planejados de maneira a não considerar os interesses dos alunos. O modelo artístico de ensino de música integra o conceito das pedagogias abertas e significa trabalhar a música a partir da música, com os conhecimentos sendo construídos a partir das experiências vivenciadas pelos alunos, as quais incluem práticas criativas, como a composição e a improvisação. São tomados como referenciais teóricos a obra pedagógica da educadora musical argentina Violeta de Gainza (n.1929) e de autores associados ao FLADEM, assim como o legado pedagógico do músico e educador alemão Hans-Joachim Koellreutter (1915-2005), pela grande proximidade de seu pensamento com os conceitos das pedagogias abertas e do modelo artístico. Será também analisado o que chamei de "abordagem geográfica" do violão enquanto ferramenta pedagógica para o desenvolvimento de práticas criativas. Tal recurso musical consiste na exploração do instrumento a partir de seus aspectos físicos, algo notadamente presente na literatura violonística em obras de Villa-Lobos (1887-1959), Abel Carlevaro (1906-2001), Leo Brouwer (n.1939), entre outros. Questões específicas sobre estratégias de aulas envolvendo assuntos como composição, improvisação, experimentação instrumental, desenvolvimento técnico, sonoridade, fraseado, teoria musical, notação e o tocar de ouvido também são objetivos deste trabalho. A parte prática analisada envolve duas categorias: as experiências pedagógicas realizadas com estudantes de violão da FIAM-FAAM e da Teca Oficina de Música, instituições de ensino localizadas em São Paulo, e as minhas experiências composicionais próprias correspondentes à série de estudos violonísticos "Desenhos". Entre os aspectos observados, a criatividade, o perfil artístico e a formação pedagógica do professor de instrumento foram tidos como essenciais para o desenvolvimento deste modelo de ensino com o público iniciante.
Título em inglês
Open pedagogies and the artistic model in guitar teaching for beginners.
Palavras-chave em inglês
artistic model of music teaching
FLADEM
Guitar
musical education
open pedagogies
Resumo em inglês
This dissertation aims to point out possible paths and reflections for a creative guitar pedagogy in harmony with contemporary proposals of musical education that are based on open pedagogies and the artistic model of music teaching. Both concepts form the foundation of the pedagogical-musical thinking of the Latin American Musical Education Forum (FLADEM). The open pedagogies propose the overcoming of rigid curricular structures and planned teaching procedures that do not take the students' interests into consideration. The artistic model of music teaching integrates the concept of open pedagogies and implies to work with music from the music itself, with the knowledge being constructed from the experiences lived by the students, which include creative practices, such as composition and improvisation. The pedagogical work of Violeta de Gainza (b. 1929) and authors associated with FLADEM as well the pedagogical legacy of German musician and educator Hans- Joachim Koelleutter (1915-2005) were used as theoretical references due to the close proximity of their thinking with the concepts of open pedagogies and the artistic model. I will also analyze what I call the "geographical approach" of the guitar as a pedagogical tool for the development of creative practices. This musical resource consists of the exploration of the instrument from its physical aspects, something notably present in the guitar literature on the works of Villa-Lobos (1887-1959), Abel Carlevaro (1906-2001), Leo Brouwer (b.1939) among others. Specific questions about classroom strategies involving subjects such as composition, improvisation, instrumental experimentation, technical development, sonority, phrasing, music theory, notation and playing by ear are also objectives of this dissertation. The practical part analyzed encompasses two categories: the pedagogical experiences with guitar students of FIAM-FAAM and of the Teca Oficina de Música, which are educational institutions located in São Paulo, and my own compositional experiences corresponding to the "Desenhos" series of guitar studies. Among the aspects observed, the creativity, the artistic profile and the pedagogical formation of the instrumental teacher were considered to be essential for the development of this model of teaching with beginners.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-02-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.