• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.27.2009.tde-13052009-104317
Documento
Autor
Nome completo
Wania Mara Agostini Storolli
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Zani Netto, Amilcar (Presidente)
Costa, Rogério Luiz Moraes
Greiner, Christine
Santos, Janete El Haouli
Valente, Heloísa de Araújo Duarte
Título em português
Movimento, Respiração e Canto: a performance do corpo na criação musical
Palavras-chave em português
Movimento
Performance
Processo de Criação
Respiração
Respiração Vivenciada
Voz
Resumo em português
Este estudo tem como objeto de reflexão e investigação prática o processo experimental Movimento, Respiração e Canto. Esta prática fundamenta-se na Respiração Vivenciada de Ilse Middendorf. A proposta de vivência da respiração a partir dos princípios da Respiração Vivenciada viabiliza, juntamente com outras estratégias, uma determinada performance do corpo, compondo este processo experimental. O desdobramento criativo da Respiração Vivenciada ocorre inicialmente a partir das experiências didáticas, desenvolvendo-se como fruto da interseção entre pesquisa, ensino e uma proposta de criação. A forma como esta prática pode estabelecer uma ligação com a criação artística surge assim como questão central, investigando-se o que é necessário para a constituição de um processo de criação, especificamente de criação musical, que se organiza a partir da ação do corpo, da respiração e sua relação com o movimento e a voz. Partindo-se de orientações teóricas contemporâneas que consideram a performance como paradigma cultural, e constatando-se que nesta experimentação a atuação dos performers é responsável pela constituição do processo criativo, o enfoque deste estudo é sobre o processo, realizando-se uma apreciação de como se caracteriza a geração de um espaço de criação e de um corpo em estado de criação, conceitos que decorrem da própria reflexão. A vivência do processo leva o performer a adentrar um corpo em estado de criação, gerando improvisações vocais e movimentos, resultado das relações que a respiração estabelece com o movimento e a voz. Estes momentos de criação ocorrem como um evento performático, onde o corpo é o agente principal do processo artístico. A criação artística é considerada aqui como uma forma de transpor os limites entre o corpo e o espaço, levando o corpo a transfigurar-se em movimento, gestos e sons revelando uma das inúmeras possibilidades de sua metamorfose. A reflexão sobre as relações entre corpo e voz aponta para um estado de dissolução de fronteiras e a vivência deste processo experimental revela-se como possibilidade de ocupação das zonas de fronteira - entre as diversas linguagens artísticas, entre o eu e o outro - constituindo-se assim como uma experiência de comunhão.
Título em inglês
Movement, Breathing and Singing: the performance of the body on musical creation
Palavras-chave em inglês
Breath
Creation Process
Movement
Perceptible Breath
Performance
Voice
Resumo em inglês
This study has as subject of reflection and practical research the experimental process Movement, Breathing and Singing. This practice is based on the Perceptible Breath by Ilse Middendorf. The proposal of experiencing breath based on the fundamentals of Middendorfs practice enables, along with other strategies, a certain performance of the body, composing this experimental process. The creative unfolding of the Perceptible Breath derives initially from pedagogical experiences, which develops at crossing points where research, teaching as well as a proposal of artistic creation meet. How this practice can establish a connection with a process creating art emerges then as the main question. This study examines what is necessary to constitute a process of creation, specifically of musical creation, which is organized from a bodys action, that is from breathing in relation to both movement and voice. Starting with contemporary theory that considers performance as a cultural paradigm and attributing the creative process to the performers action, this study has the focus on the process, appreciating what characterizes generating space of creation and a body in a state of creation, as a concept manifesting itself as the result of reflection. Undergoing this process leads the performer to experience a body in a state of creation, generating both vocal improvisations and movements, which result from the interrelations that the breath establishes with movement and voice. These moments of creation occur like a performative event, where the body is the principal agent of the artistic process. The process of creating art is here considered like a way of transposing the limits between body and space, thus leading the body to transfigure itself in movement, gestures and sounds thereby revealing one of the many possibilities of its metamorphoses. The consideration of the relations between body and voice points to a state of dissolution of boundaries and undergoing this experimental process reveals itself as a possibility of occupying the border area - between different artistic languages, between the self and the other so as to constitute itself as a experience of communion.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-07-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.