• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.27.2009.tde-31082015-115853
Documento
Autor
Nome completo
Carolina Hamanaka Mandell
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2009
Orientador
Banca examinadora
Santos, Maria Thais Lima (Presidente)
Almeida, Marcio Aurelio Pires de
Lopes, Elisabeth Silva
Título em português
O corpo grotesco como articulador da cena: Meyerhold, Hijikata e os corpos que dançam
Palavras-chave em português
Construção da cena teatral
Dança
Grotesco
Tatsumi Hijikata (1929- 1986)
V. E. Meyerhold (1875-1940)
Resumo em português
pesquisa propõe uma reflexão sobre o grotesco como operador e mediador fundamental da cena teatral, visando ao encontro de uma "arquitetura" do grotesco nas imagens do corpo do ator. A análise parte da observação de duas experiências poético-estéticas distintas no tempo e no espaço, que parecem exemplares no tocante à discussão sobre o grotesco e ao trabalho de composição cênica através da dança: o Butô de Tatsumi Hijikata (1929-1986) e parte da produção teórica e artística (das décadas de 1910 e de 1930, respectivamente) do encenador russo V. E. Meyerhold (1875-1940). A transposição das questões observadas sobre o tema do grotesco para o âmbito da criação e construção da cena, nas duas experiências artísticas abordadas, foi orientada por uma pergunta-chave: Pode a dança ser uma espécie de arquitetura corporal do grotesco cênico, ou seja, através das imagens do corpo que dança, podemos observar a operação grotesca na encenação?
Título em inglês
he grotesque body as an articulator of the stage: Meyerhold, Hijikata and the bodies that dance
Palavras-chave em inglês
Dancing
Grotesque
Tatsumi Hijikata (1929-1986)
Theatre stage construction
V. E. Meyerhold (1875-1940)
Resumo em inglês
This research presents a reflection about the grotesque as an operator and a vital intercessor of the dramatic scene, aiming at a grotesque 'architecture' in the images of the actor's body. The analysis is based in two poetic-esthetic experiences distinguished on time and in space, that appear to be examples concerning the discussion about the grotesque and the labor of the stage composition through the dance: the Butoh of Tatsumi Hijikata (1929-1986) and the theoretical and artistic production (particularly in the decade of 1910 and 1930) of the russian V. E. Meyerhold (1875-1940). The transposition of the remarked issues about the grotesque to the field of creation and scene construction, in both artistic approached experiences, had been guided by a central question: could dance be a sort of corporal architecture of the grotesque scenery, in other words, through the images of the dancing bodies, could we observe the grotesque operation on stage?
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-09-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.