• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.27.2014.tde-21092015-121706
Documento
Autor
Nome completo
Claudia Maria Moraes Bredarioli
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Citelli, Adilson Odair (Presidente)
Nagamini, Eliana
Baccega, Maria Aparecida
Bucci, Eugênio
Orofino, Maria Isabel Rodrigues
Título em português
Processos educativos e formação de jornalistas: redirecionamento das práticas profissionais a partir das possibilidades interativas das redes digitais
Palavras-chave em português
comunicação
educação
interatividade
jornalismo
redes sociais
Resumo em português
O objetivo central desta pesquisa baseou-se em estabelecer conexão entre o conteúdo midiático produzido por jovens em fase de ingressar no mercado de trabalho, que seja publicado em blogs ou páginas pessoais na internet, e o processo de educação e de consumo cultural/midiático desses formandos e recém-formados, para podermos conhecer os modos de apreensão e uso das novas mídias por esse público. A partir de tal proposta, o objeto de estudo escolhido foi a interação com jovens produtores de conteúdo na internet por meio de blogs egressos de cursos de Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, que tenham até três anos de formados ou estejam cursando o último ano da graduação. Partimos do acompanhamento dos rastros de navegação e produção que esses jornalistas deixam no mundo virtual para questionar quais motivações e aprendizados os movem neste sentido, especialmente porque o próprio Jornalismo tem sido reconfigurado na contemporaneidade, em razão de tais movimentos, exigindo profissionais multitarefas cada vez menos restritos a especializações. Partimos da hipótese de que a formação, as experiências culturais, o percurso escolar e a família são centrais na configuração do perfil de interação midiática que esses estudantes/profissionais desenvolvem no mundo contemporâneo. Consideramos que a capacidade de apreensão e uso das tecnologias também contribuiria de forma decisiva nesse processo de desenvolvimento, ampliando ainda mais o distanciamento em relação aos que não tiverem chance de aprimorar tais capacidades. Neste aspecto, consideramos a mediação socioeconômica como um fator de peso na constituição do fosso que amplia as desigualdades diante das possibilidades de apropriação tecnológica. Analisamos os dados captados por meio de pesquisa empírica à luz dos estudos de Comunicação, considerando especialmente as questões relacionadas à cultura da convergência (bem como seus reflexos para a constituição do jornalismo contemporâneo) e à mobilidade das telas que constituem o cotidiano. Diferentemente do que havíamos previsto em nossa hipótese, chegamos à conclusão de que - em razão do embaralhamento dos fatores que compõem a sociedade contemporânea - tem se mostrado também cada vez mais nebulosa a compreensão de questões relacionadas ao uso de mídias e tecnologias, especialmente no que se refere à educação. Nesse sentido, nossa pesquisa constatou uma redução no papel da mediação socioeconômica na configuração de alguns processos de formação, que permitiu o aumento da participação de outros valores - em especial o ensino formal e as mediações -, para que sejam ampliadas as possibilidades de desenvolvimento de carreira dos jornalistas que começam a ter contato com o mercado de trabalho.
Título em inglês
-
Palavras-chave em inglês
communication
education
interactivity
Journalism
social networking
Resumo em inglês
The central objective of this research was based on establishing the connection between media content produced by young people in the process of entering in the labor market, which is posted on blogs or personal websites, and educational and cultural/media consumption process of these trainees and recent graduates, so we know the ways of apprehension and use of new media by this audience. From this proposal, the study's objective chosen was the interaction with young producers of content on the internet through blogs from graduates of courses in Mass Communication, major in Journalism , which have been gratuated since up to three years or are completing their final year. We start from monitoring traces of navigation and production that these journalists leave in the virtual world to question what are the motivations and learning that move them, especially since Journalism itself has been reconfigured in contemporary times, due to such movements, requiring less and less multitasking professionals, instead of restricted to specializations. We hypothesized that training, cultural experiences, educational and family backgrounds are central in the configuration of the students/professionals mediatic interaction profile development in the to the contemporary world. We consider that the ability to use and appreheend from the technologies also would contribute decisively in the development process, expanding the gap in those who did not have the chance to enhance such skills. In this respect, we consider the socioeconomic mediation as a major factor in the formation of the gap that widens inequalities on the possibilities of technological appropriation. We analyze the data captured by the light of empirical studies of communication research, especially considering the issues related to convergence culture (as well as its reflection in the constitution of contemporary journalism) and mobility of the screens. Contrary to what we predicted in our hypothesis, we conclude that - due to the entanglement of the factors that are part of contemporary society- it has also shown increasingly hazy the understanding of issues related to the use of media and technologies, especially in what refers to education. In this sense, our study found a decreasing in the role of socioeconimic mediation in setting some training processes, enabling the increase of other values - in particular formal education and mediations - to broaden the opportunities for career development for journalists that begin to have contact with the labor market.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-09-24
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.