• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.27.2010.tde-30112010-160410
Documento
Autor
Nome completo
Claudia do Carmo Nonato Lima
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Paulino, Roseli Aparecida Figaro (Presidente)
Heloani, José Roberto Montes
Koshiyama, Alice Mitika
Título em português
Comunicação e mundo do trabalho do jornalista: o perfil dos jornalistas de São Paulo a partir da reconfiguração dos processos produtivos da informação
Palavras-chave em português
Atividade Humana
Comunicação
Jornalistas
Mundo do Trabalho
Trabalho
Resumo em português
As transformações tecnológicas, culturais e de relações interpessoais ocorridas no século XX mudaram as empresas de comunicação, a relação da sociedade com a informação e os métodos e processos de trabalho dos profissionais de comunicação. Partindo da hipótese de que um novo perfil foi configurado a partir dessas transformações, esta pesquisa tem o objetivo de conhecer o jornalista que trabalha hoje no Estado de São Paulo. O binômio comunicação e trabalho, a partir da abordagem ergológica, ou seja, de atividade humana, foi o referencial teórico utilizado, em que o sujeito revela-se como foco principal para este estudo. Como metodologia, foi adotada uma combinação de métodos quantitativos e qualitativos aplicados junto a três grupos de amostras: com jornalistas jovens, convocados a partir de redes sociais; com associados do Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo; e com jornalistas da Editora Abril. A amostra foi organizada no sentido de mapear a diversidade de jornalistas atuando hoje no mercado de trabalho em São Paulo, Estado que mantém aproximadamente 31% dos jornalistas brasileiros. Para obtenção de dados optou-se pelo uso de questionário eletrônico via internet e pela utilização de um roteiro de perguntas abertas para entrevistas em profundidade. A pesquisa observou que os jornalistas são jovens e individualistas; que estão trabalhando em condições precárias, como freelancers, PJs e autônomos. Além disso, a maior parte dos profissionais não está trabalhando nas redações: está atuando em diversas outras empresas, exercendo a função de assessor de comunicação.
Título em inglês
Comunicação e mundo do trabalho do jornalista: o perfil dos jornalistas de São Paulo a partir da reconfiguração dos processos produtivos da informação
Palavras-chave em inglês
Communication
Journalists
Work
Work Activity
World of Work
Resumo em inglês
The technological, cultural and interpersonal transformations occurred in the twentieth century have changed the communication companies, the relationship of society with information, and the methods and work processes of communication professionals. Assuming that a new profile was set from these transformations, this research aims to know the journalist who now works in São Paulo. The binomial communication and work, from the ergologic approach, in other words, of human activity, was the theoretical framework in which the subject is revealed as the main focus for this study. As a methodology, was used a combination of qualitative and quantitative methods applied with three groups of samples: with young journalists, called from social networks; with members of the Syndicate of Journalists of the State of São Paulo; and with journalists from Editora Abril. The sample was organized in order to map the diversity of journalists working today in the labor market of São Paulo, state which stands approximately 31% of Brazilian journalists. To obtain the research data we opted to use both: electronic questionnaire via Internet and a script of general questions in order to do in-depth interviews. The research noted that the journalists are young and individualists and work in precarious way conditions as freelancers, juristic person, and self-employed. Moreover, most professionals are not working in newsrooms: is working on several other companies, functioning as communications adviser.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
3016476.pdf (5.61 Mbytes)
Data de Publicação
2011-02-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.