• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.27.2010.tde-05112010-112522
Documento
Autor
Nome completo
Daniele Gross Ramos
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2010
Orientador
Banca examinadora
Soares, Rosana de Lima (Presidente)
Barreto Filho, Eneus Trindade
Casaqui, Vander
Título em português
Raça em Revista: identidade e discurso na mídia negra
Palavras-chave em português
Análise do Discurso
Comunicação
Identidade
Mídia Negra
Raça Brasil
Resumo em português
Interessados em estudar as minorias sociais em um país de cultura racista, tomamos por objeto de estudo a revista impressa Raça Brasil, principal publicação comercial destinada a um público que, desde 2009, já perfaz a maior representação étnica de nosso país. Buscamos demonstrar a relevância que a mídia tem nas questões da visibilidade e do consumo, tanto no que diz respeito à ampliação da cidadania, como na valorização do indivíduo enquanto ser social. Raça Brasil adquire um papel importante enquanto meio de comunicação, uma vez que incentiva a quebra da invisibilidade social de um grupo étnico, ainda percebido como minoria, apesar de já representar o maior contingente populacional brasileiro. A pesquisa aqui apresentada abarca as questões de identidade/identificação, nos eixos dos Estudos Culturais e da Psicanálise. Desse modo, para atingirmos nosso objetivo de pesquisar a identidade do negro construída pela revista, observando as questões do ethos e da cenografia em sua enunciação, utilizamos duas tipificações metodológicas. A primeira foi o mapeamento dessa publicação (amostragem de 133/139 edições; setembro/1996 a dezembro/2009), abrangendo apenas o conteúdo jornalístico. Para tal, foi desenvolvido um banco de dados em SQL Server Express Edition, da Microsoft Corporation. Chegamos, assim, a uma categorização temática que resultou em seis grandes grupos: Cidadania, Cultura, Estética, Negritude, Personalidade e Sociedade. A segunda consistiu na seleção e análise de seis matérias, cada uma representando um dos grupos referidos. Como recurso metodológico, utilizamos as teorias desenvolvidas na Análise do Discurso Francesa, com enfoque nos estudos de Dominique Maingueneau.
Título em inglês
Raça em Revista: identidade e discurso na mídia negra
Palavras-chave em inglês
Black Media
Communication
Discourse Analysis
Identity
Raça Brasil
Resumo em inglês
Interested in the studying of social minorities in a country of racist culture as Brazil, we take as our object of study the printed magazine Raça Brasil, the principal publication offered to a public that, since 2009, has been the largest ethnic representation of our country. We seek to demonstrate the importance that the media has on the issues of visibility and consumption, not only as an extension of citizenship, but also as the valorization of the individual as a social being. Raça Brasil acquires an important role as media, since it encourages the breakdown of the social invisibility of an ethnic group, still perceived as a minority, even though it represents the largest contingent of the Brazilian population. The research presented here encompasses issues of identity/identification, through the axes of Cultural Studies and Psychoanalysis. Thus to achieve our goal of researching the identity of black people built by the magazine, noting the issues of the ethos and of the scenery in its enunciation, we used two variations in terms of methodology. The first one was the mapping of this publication (a sample of 133 out of 139 editions; from September/1996 to December/2009), covering only the journalistic content. To this end, we developed a database in SQL Server Express Edition (Microsoft Corporation), which led us to a thematic categorization that resulted in six major groups: Aesthetics, Citizenship, Culture, Blackness, Personality and Society. The second one was the selection and analysis of six magazine articles, each one representing one of the groups listed above. As a methodology, we used the theories developed in French Discourse Analysis, with major focus on the studies done by Dominique Maingueneau.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
5481160.pdf (73.29 Mbytes)
Data de Publicação
2010-11-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.