• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.27.2014.tde-26052015-114408
Documento
Autor
Nome completo
Luciana Corts Mendes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Smit, Johanna Wilhelmina (Presidente)
Lara, Marilda Lopes Ginez de
Ortega, Cristina Dotta
Título em português
Do tecer do algodão ao tecer da informação: organizando a explosão informacional do século XIX
Palavras-chave em português
H. G. Wells
História da Ciência da Informação
John Cotton Dana
Modernidade
Movimento Bibliográfico
Paul Otlet
Watson Davis
Wilhelm Ostwald
Resumo em português
Analisa os objetivos e propostas de organização da informação desenvolvidos pelo Movimento Bibliográfico e indica sua influência na Ciência da Informação. Esta pesquisa de natureza exploratória, realizada através de levantamento, revisão e análise bibliográficos, investiga o pensamento de Paul Otlet, Wilhelm Ostwald, H. G. Wells, John Cotton Dana e Watson Davis, expoentes do Movimento Bibliográfico, no contexto da modernidade. O Movimento Bibliográfico caracterizava-se por sua pluralidade e buscava responder às alterações no mundo informacional decorrentes da modernidade. O movimento atribuía à informação a potencialidade de transformação dos indivíduos e, portanto, transformou o foco dos serviços de informação da preservação para o acesso, procurando organizar acervos em função de seus conteúdos. O desenvolvimento tecnológico contemporâneo ao movimento fez com que seus expoentes enfatizassem a aplicação de novas tecnologias ao processo de disseminação da informação, pois entendiam que este seria facilitado e agilizado. A Ciência da Informação herdou seu papel social parcialmente do Movimento Bibliográfico, objetivando a organização da informação para seu acesso, e compartilha com o movimento a perspectiva de emprego de alta tecnologia na disseminação da informação. O espírito do tempo no qual se originou o Movimento Bibliográfico levou ao aparecimento de um ideário comum que permitiu a elaboração de propostas similares, entretanto, não se descarta a influência mútua entre os indivíduos analisados na pesquisa. Apesar de sua especificidade histórica, o Movimento Bibliográfico compartilha com a Ciência da Informação o ideário informacional moderno e a relação deste com a cultura. Conclui-se que a cultura da informação contemporânea e aquela do movimento pesquisado apresentam diferenças, porém são culturas que se entrelaçam; muitos de seus problemas sendo semelhantes e necessitando soluções similares.
Título em inglês
-
Palavras-chave em inglês
Bibliographic Movement
H. G. Wells
Information Science history
John Cotton Dana
Modernity
Paul Otlet, Wilhelm Ostwald
Watson Davis
Resumo em inglês
Analyses the objectives and proposals of information organisation developed by the Bibliographic Movement, and indicates its influence in Information Science. This exploratory research, accomplished through bibliographic survey, literature review, and analysis, investigates in the context of modernity the ideas of Bibliographic Movement exponents Paul Otlet, Wilhelm Ostwald, H. G. Wells, John Cotton Dana, and Watson Davis. The Bibliographic Movement was characterized by its plurality, and aimed to respond to modernity's effects in the information world. The movement attributed to information the potentiality of individual transformation. Therefore, it changed the focus of information services from preservation to access, and pursued the organisation of collections according to its contents. The development of technology made the Bibliographic Movement exponents emphasise the application of new technologies to the process of information dissemination in order to facilitate and accelerate it. Information Science inherited its social role partially from the Bibliographic Movement, and aims at organising information so that it can be accessed. Information Science also shares with the movement the perspective of employing high technology to disseminate information. The Zeitgeist that gave rise to the Bibliographic Movement led to a common set of ideas and allowed the elaboration of similar proposals for the organisation of information. However, it is not discarded the probability of mutual influence between the individuals analysed. Despite its historical specificity the Bibliographic Movement shares with Information Science modern ideas and its relation to culture. It is concluded that the current information culture and the information culture of the Bibliographic Movement have differences, notwithstanding, they are entwined cultures and many of their problems are similar and need similar solutions
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-05-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.