• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.27.2014.tde-22012015-105632
Documento
Autor
Nome completo
Juliana Monteiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Lara, Marilda Lopes Ginez de (Presidente)
Cerávolo, Suely Moraes
Talamo, Maria de Fatima Goncalves Moreira
Título em português
Documentação em museus e objeto-documento: sobre noções e práticas
Palavras-chave em português
Acervos museológicos
Administração de coleções em museus
Documentação em museus
Normas para documentação em museus
Resumo em português
A presente pesquisa teve por objetivo geral analisar os usos dos termos documentação, documento e objeto no contexto da área de museus. Tal contexto foi caracterizado em dois universos: o teórico, da literatura selecionada de caráter teórico da Documentação, Ciência da Informação e a Museologia, e o prático, composto por duas normas da área de museus. Os objetivos de trabalhar com estes dois universos foram mapear, caracterizar e problematizar ideias, tensões e aproximações entre os universos da teoria e da prática, sem a pretensão de se chegar a uma definição unívoca dos mesmos. Para alcançar tais objetivos, optou-se por uma metodologia exploratória, descritiva, comparativa e que se valeu de elementos de pesquisa histórica. No que se refere aos procedimentos, se realizou essencialmente levantamento bibliográfico e uso de ficha de coleta terminológica para o termo documentação - apenas para sistematizar significados e não para propor uma definição unívoca. A comparação entre os usos dos termos estudados apresentam polissemia e certa ambiguidade e, no que se refere particularmente ao termo documentação, ainda há um discurso que reitera a ideia de sua vinculação com a questão do controle das coleções. Os resultados desta investigação reforçam que a diversidade de significados influencia fortemente o que se realiza na prática profissional. Além disso, os usos consolidam diferentes tradições e formas de se conceber documentação e objetos-documentos nos museus - o que deve ser cada vez mais pesquisado para reforçar laços e rever conceitos e procedimentos. Por último, vale destacar que o propósito deste trabalho foi de explorar as diferenças terminológicas, tão inerentes ao universo dos museus, e colocar questões de como operar com elas e a partir delas.
Título em inglês
-
Palavras-chave em inglês
Museum documentation
Museum documentation standards
Museums collections management Museological collections
Resumo em inglês
The present study aimed to analyze the general uses of the terms documentation, document and object within the context of the museums field. This context was characterized in two universes: the theoretical, represented by selected bibliography taken from Documentation, Information Science and Museology, and practical, consisting of two standards of museums area. The objectives of working with these two universes were to map, characterize and discuss ideas, approaches and tensions between the worlds of theory and practice, without the intention of getting any unique definition. In order to get those objectives, an exploratory, descriptive, comparative methodology was chosen, that also drew upon elements of historical research. As regards procedures, bibliographic record and use of terminological data collection form for the term documentation were used, and this last one was only to systematize meanings and not to elaborate a unified definition. The comparison between the uses of the terms being studied point out their polysemy and ambiguity and, in the case of term documentation, the idea of its connection with the control of the collections still remains. Results of this study also reinforce this diversity of meanings strongly influences what is done in professional practice. Furthermore, it consolidates different traditions and ways of conceiving documentation and objects-documents in museums - which should be increasingly researched to reinforce ties and review concepts and procedures. Finally, it is worth noting that the purpose of this study was to explore the terminological differences, so inherent to the universe of museums, and raise the issue of how to deal with them and from them.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
JULIANAMONTEIROVC.pdf (1.23 Mbytes)
Data de Publicação
2015-01-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.