• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.27.2007.tde-17032008-104245
Documento
Autor
Nome completo
Michely Jabala Mamede Vogel
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2007
Orientador
Banca examinadora
Lara, Marilda Lopes Ginez de (Presidente)
Guimarães, José Augusto Chaves
Kobashi, Nair Yumiko
Título em português
A noção de estrutura lingüística e de processo de estruturação e sua influência no conceito e na elaboração de linguagens documentárias
Palavras-chave em português
Linguagem Documentária
Lingüística Estrutural
Noção de Estrutura
Processo de estruturação
Terminologia
Resumo em português
Estudo apoiado em revisão bibliográfica sobre a evolução das Linguagens Documentárias tendo como foco a apropriação da noção de estrutura da Lingüística Estrutural pela Documentação. A revisão compreende parte das pesquisas desenvolvidas na Europa, notadamente por Jean-Claude Gardin, García Gutiérrez e Hutchins, e no Brasil, pelo Grupo Temma. A partir da análise das reflexões apresentadas, propõe-se um quadro das principais características das Linguagens Documentárias. Para referendar a observação concreta das Linguagens Documentárias, explora-se o conceito de estrutura lingüística e das propostas iniciais de seu desenvolvimento, realizando um breve apanhado sobre a apropriação da Lingüística pela Documentação. Discute-se o significado do termo linguagem na Documentação e estabelece-se o cotejamento entre as características da Linguagem Documentária, da linguagem artificial e da linguagem natural. Em seguida, a partir da constatação de que a Terminologia opera com a noção de estrutura e de estruturação, procura-se verificar como se concretiza esse apoio para efeito de organização sistêmica das Linguagens Documentárias e, finalmente, a partir dos conceitos e reflexões reunidas anteriormente, realiza-se um exercício para verificar se, e como, os conceitos lingüísticos são integrados às Linguagens Documentárias e instrumentos semelhantes. Conclui-se que todos os instrumentos utilizam, de um modo ou outro, a noção de estrutura, variando em rigor como a integram, mas nem tanto a de estruturação. A atualização das estruturas inicialmente propostas, via estruturação e reestruturação contínuas, é que se apresenta como problema.
Título em inglês
The notion of linguistic structure and of structuration process and the influence of both on the concept and on the development of documentary languages.
Palavras-chave em inglês
Documentary Language
Structural Linguistics
Structure Notion
Structure Process
Terminology
Resumo em inglês
It is a bibliographic review study on the evolution of Documentary Languages that focuses on the appropriation of the structure notion of the Structural Linguistics by the Documentation. The review contains part of the developed researches in Europe, notably by Jean-Claude Gardin, García Gutiérrez e Hutchins, e in Brazil, by Grupo Temma. Bystander analysis of the presented reflections, it is proposed a framework of the main characteristics of the Documentary Languages. To support the concrete observation of the Documentary Languages, it is explored the concept of linguistic structure and of the initial ideas of its development, making a brief survey on the appropriation of Linguistics by Documentation. It is discussed the meaning of the term 'language' in the Documentation and it is established the differences and similarities of the characteristics of the Documentary Language, the artificial languages and the natural language. Subsequently, bystander the statement that Terminology operates with the notion of structure and of making structure, it searches to verify how this support can be concrete to the systemic organization of the Documentary Languages, and finally, bystander concepts and reflections reunited previously, it is done an exercise to verify if, and how, the linguistics concepts are integrated to the Documentary Languages and similar tools. It is concluded that all the tools use, in a hand or another, the structure notion, varying the form and the rigor of how it is applied. But they do not apply as well the notion of making structure. The actualization of the structures initially proposed, by means of making continuous structure and re-structure, still presents as a problem.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-03-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.