• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Simone da Rocha Weitzel
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Ferreira, Sueli Mara Soares Pinto (Presidente)
Kunsch, Margarida Maria Krohling
Noronha, Daisy Pires
Pinheiro, Lena Vânia Ribeiro
Targino, Maria das Graças
Título em português
Os repositórios de e-prints como nova forma de organização da produção científica: o caso da área das Ciências da Comunicação no Brasil
Palavras-chave em português
Ciência da informação
Ciências da comunicação
Comunicação científica
Iniciativa de arquivos abertos
Repositórios digitais
Resumo em português
O advento da internet revolucionou o modo como cientistas comunicam os resultados de suas pesquisas, potencializando a disseminação e o acesso à produção científica. Esse fato foi responsável pela reestruturação do fluxo da informação científica (ICT), que passou a incorporar características próprias da cultura digital. A Iniciativa dos Arquivos Abertos constituiu a infraestrutura que apóia essa reestruturação. Também foi responsável pela institucionalização de um modelo denominado repositórios de e-prints (RE), o qual armazena, dissemina e promove a produção científica, publicada ou não, em um espaço gerido pela própria comunidade científica, que permite a inclusão de seus comentários públicos sobre o conteúdo dessa produção. A hipótese do trabalho sugere que a aderência desse modelo pelas comunidades científicas é dependente do seu nível de compreensão e aceitação e do perfil da área, interferindo na adoção da inovação e em sua legitimação. Por meio de um estudo de caso de pesquisadores brasileiros das Ciências da Comunicação foi empreendida a técnica do grupo de foco eletrônico entre 18 pesquisadores, cujo perfil foi formado por líderes de grupos de pesquisa cadastrados no CNPq com formação na área. O estudo exploratório permitiu identificar diversas questões presentes nas dinâmicas da comunicação científica da área conduzindo à comprovação da hipótese. Dentre os resultados destacam-se a baixa percepção de que esse modelo otimiza o fluxo da ICT e a forte tendência para não aceitação do modelo em função do perfil da área. Conclui-se que o nível de aderência ao modelo insere-se em uma escala que varia de média a baixa.
Título em inglês
Os repositórios de e-prints como nova forma de organização da produção científica: o caso da área das Ciências da Comunicação no Brasil
Palavras-chave em inglês
Communication Sciences
Digital repositories
Information Science
Open Archives Initiative
Scientific communication
Resumo em inglês
The advent of the internet has revolutionized the way scientists communicate their research results increasing the power to disseminate and to access scientific production. This fact was responsible to restructure the scientific information flow that has incorporated its own characteristics from the digital culture. The Open Archives Initiative constituted the infrastructure that supports this restructuring. It was also responsible for the institutionalization of a model called e-prints repositories (ER), that stores, disseminates and promotes scientific production, published or not, in a place managed by the scientific community itself, that allows the inclusion of their public commentaries about contents of that production. The hypothesis of this work suggests that the adherence to this model by the scientific communities depends on the level of understanding and acceptance, of the profile of the field interfering with the adoption of the innovation and its legitimation. Through a case study of Brazilian researchers from the Communication Sciences field it had been carried out the electronic focus group technique among 18 researchers, whose profile was formed by researches leaders registered at CNPq with backgroung in the field. The exploratory study identified many questions present in the dynamics of scientific communication of the field leading to proof of the hypothesis. From among results, distinguish low perception of that this model optimized the scientific information flow and strong tendency to not accept the model becauce of field profile. In conclusion, the level of adherence to the model is inserted in a medium to low scale.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
3787212.pdf (2.12 Mbytes)
Data de Publicação
2009-07-01
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • WEITZEL, Simone da Rocha. O papel dos repositórios institucionais e temáticos na estrutura da produção científica. Em Questão [online], 2006, vol. 12, n. 1, p. 51-71. 18085245. [acesso 2013-07-12]. Disponível em : <http://seer.ufrgs.br/EmQuestao/article/view/19/7>
  • WEITZEL, Simone da Rocha. Fluxo da informação científica. In POBLACIÓN, Dinah Aguiar, WITTER, Geraldina Porto, e SILVA, José Fernando Modesto da. Comunicação & produção científica : contexto, indicadores e avaliação. Organizador. São Paulo : Angellara, 2006. p. 81-114.
  • WEITZEL,, Simone da Rocha, e FERREIRA, Sueli Mara Soares Pinto. Percepção sobre acesso e visibilidade dos repositórios digitais e das revistas eletrônicas. In FERREIRA, Sueli Mara Soares Pinto, e TARGINO, Maria das Graças. Acessibilidade e visibilidade de revistas científicas eletrônicas. Organizador. São Paulo : Ed. Senac, 2010. p. 119-171.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.