• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.27.2011.tde-13032013-091129
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Alberto Corrêa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Kobashi, Nair Yumiko (Presidente)
Lara, Marilda Lopes Ginez de
Minghim, Rosane
Santos, Marcelo dos
Santos, Raimundo Nonato Macedo dos
Título em português
Indexação automática e visualização de informações: um estudo baseado em lógica paraconsistente
Palavras-chave em português
Atribuição de pesos
Indexação automática
Lógica paraconsistente
Modelo do espaço vetorial
Visualização da informação
Resumo em português
Pode-se afirmar que os processos de organização, recuperação e visualização de informações estão interligados por pelo menos um ponto em comum: a indexação de textos ou documentos. A indexação, um componente essencial do tratamento e organização de informações, é também importante tanto para a recuperação quanto para a visualização de informações. Nesse contexto, destacam-se as soluções que objetivam automatizar a indexação. As pesquisas que propõe soluções de indexação automática são desenvolvidas com base em diferentes pressupostos teóricos, entre os quais podem ser destacados: a Estatística, a Lingüística e o Controle de Vocabulários (Leiva, 1999). A grande maioria dessas soluções utiliza modelos híbridos que combinam dois ou três desses pressupostos. Outras abordagens para o problema da indexação automática utilizam, além dos pressupostos anteriormente citados, teorias que permitem o tratamento da incerteza, da imprecisão e da vagueza, tais como a teoria de Dempster-Shafer e a lógica difusa. O objetivo desta pesquisa é avaliar o potencial de utilização da lógica paraconsistente, uma lógica não clássica, com capacidade para tratar situações que envolvem incerteza, imprecisão e vagueza nos procedimentos de indexação automática. A hipótese de trabalho sustentada nesta pesquisa apóia-se teoricamente nos princípios da Lógica Paraconsistente. A utilização dessa lógica e de métodos derivados da mesma, por ser flexível e comportar estados lógicos que vão além das dicotomias sim e não, permite adiantar a hipótese de que os resultados da indexação poderão ser melhores do que os obtidos por métodos tradicionais. Do ponto de vista metodológico, optou-se pela utilização de um algoritmo para tratamento de incerteza e imprecisão, desenvolvido no âmbito da lógica paraconsistente, para modificar os valores dos pesos atribuídos aos termos de indexação. Os testes foram realizados em um sistema de visualização de informações, com código fonte disponível. As coleções utilizadas são disponibilizadas com o sistema. Os resultados obtidos foram avaliados por meio de critérios e índices embutidos no próprio sistema de visualização, e demonstram ganhos mensuráveis de qualidade na construção das visualizações, confirmando, assim a hipótese de pesquisa elencada.
Título em inglês
Automatic indexing and information visualization: a research based on Paraconsistent logic
Resumo em inglês
It can be argued that the processes of organization, retrieval and visualization of information are conected, presenting one point in common: the indexing of texts or documents. Indexing, an essential component of text analysis, is important to information retrieval and visualization. In this context, we highlight solutions to automate indexing. Researchs that propose solutions for automatic indexing are developed based on different theoretical assumptions as, for example: Statistics, Linguistics and Controlled vocabularies (Leiva, 1999). Most of these solutions uses hybrid models combining two or three of these theoretical assumptions. Other approaches to the problem of automatic indexing uses, besides the aforementioned assumptions, theories that allow the treatment of uncertainty, imprecision and vagueness, as the Dempster-Shafer theory and the fuzzy logic. The aim of this research is to evaluate the use of paraconsistent logic, a nonclassical logic, capable of dealing with situations involving uncertainty, imprecision and vagueness, in the procedures of automatic indexing. The working hypothesis supported in this research is based theoretically on the principles of Paraconsistent Logic. The utilization of this logic, being flexible and containing logical states that go beyond the dichotomies yes and no, permit to advance the hypothesis that the results of indexing could be better than those obtained by traditional methods. From the methodological point of view, we chose to use an algorithm for treatment of uncertainty and imprecision, developed under the paraconsistent logic, to modify the values of the weights assigned to index terms. The tests were performed on a information visualization system, with source code available. The collections used are available with the system. The results were evaluated by criteria and indices built into the information visualization system itself, and demonstrate measurable gains in the construction quality of the displays, thus confirming the hypothesis listed.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-03-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.