• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2018.tde-13072018-144353
Documento
Autor
Nome completo
Eymi Valery Cazas Duran
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2018
Orientador
Banca examinadora
Bullen, Izabel Regina Fischer Rubira de (Presidente)
Baldi, Járcio Victório
Santos, Paulo Sergio da Silva
Tolentino, Elen de Souza
Título em português
Artéria alveolar superior posterior em indivíduos com fissuras labiopalatinas em exames de tomografia computadorizada de feixe cônico
Palavras-chave em português
Anatomia
Fissura palatina
Tomografia computadorizada de feixe cônico
Vasos sanguíneos
Resumo em português
Objetivos: Avaliar as características do canal da artéria alveolar superior posterior (AASP) em exames de tomografia de feixe conico (TCFC) em indivíduos com fissura labiopalatina (FI) e comparar com indivíduos não fissurados (NF). Material e Métodos: Foram analisados 150 exames de TCFC de FI e 150 TCFC de NF. Os critérios de exclusão foram: exames de pacientes sindrômicos, presença de lesões intraósseas, desdentados totais, outras alterações que interferem a visivilidade do canal da AASP, presença de artefatos, idade abaixo de 20 anos e exames que não incluíam toda a maxila. As características avaliadas foram à presença/ausência, localização em relação ao seio maxilar, diâmetro, distancia em relação ao rebordo alveolar e assoalho do seio maxilar e término presença/ausência de anastomose com a artéria alveolar superior anterior (AASA).Os testes estatísticos aplicados foram Kappa, Dahlberg Fischers, test t. Resultados: O grupo de FI foi constituído de 75 homens e 75 mulheres, com idade média de 29,8 anos. O grupo de NF foi composto por 75 homens 75 mulheres com idade média de 40,3 anos. O Kappa para a concordância da presença e ausência do canal da AASP foi: intra-avaliador 0,8 substancial e inter-avaliador de 0,7 subtancial. O Dahlberg intra-avaliador foi de 0, 75 excelente e inter-avaliador de 0,7 satisfatório. No ponto de ingresso o canal AASP esteve presente em 100% em FI e em 100% em NF, em todos os casos o canal da AASP era bilateral. Os diâmetros, do canal da AASP, foram significativamente diferentes entre os dois grupos, sendo maior para os FI (Test t P < 0,0001). A localização em relação ao ponto de ingresso no seio maxilar foi estatisticamente significante entre ambos os grupos, nos FI a maior frequência foi no terço médio (Fisher' s P <0,0001) e superior do seio maxilar (Fisher' s P < 0,0071 lado esquerdo), e os NF apresentaram maior frequência foi no terço inferior (Fisher' s P < 0,0001). Em relação à distância da AASP ao rebordo alveolar e ao assoalho do seio maxilar, não houve resultados estatisticamente significantes. Em relação aos tipos de términos não houve diferença estatisticamente significante entre os grupos. Conclusões: De acordo com material e métodos realizados, o canal da AASP apresentou maior diâmetro e localização mais superior no seio maxilar em FI quando comparado com NF. Esses resultados podem indicar um maior risco de sangramento durante cirurgias para os portadores de fissura labiopalatina.
Título em inglês
Posterior superior alveolar artery in cleft lip/palate in exams cone beam computed tomography
Palavras-chave em inglês
Anatomy
Blood vessels
Cleft palate
Cone-beam computed tomography
Resumo em inglês
Objectives: This study evaluates the characteristics of the posterior superior alveolar artery canal (AASP) in individuals with cleft lip and palate (FI) and compares with individuals without cleft lip and palate (NF). Material and Methods: 150 Cone-Beam Computed Tomography (TCFC) were evaluated from both FI and NF 150 TCFC according to the criteria outlined above. Exclusion criteria were: Sindromic patients, exams with alteration introsseous, edentulous maxilla, artifacts, people below 20 years of age, exams that did not include all maxilla. The characteristics evaluated include presence/absence, location in to maxillary sinus, diameter, distance in relation to the alveolar crest and maxillary sinus floor and presence/absence of anastomosis with the anterior superior alveolar artery canal (AASA). The statistical tests used were Kappa, Dahlberg, Fisher's and test t. Results: The group of FI was composed of 75 men and 75 women, with an average age of 29.8. The NF group was composed of 75 men and 75 women with average of age 40.3. In relation to the presence/absence of the AASP canal, result from an evaluation by the intra-rater was 0,8 substancial and inter-rater showed 0.7substantial. O Dahlberg intra-rater was 0.75 excelent and inter-rater 0.7 satisfactory. The prevalence of the AASP canal was100% in the FI group and NF. Regarding the diameters of the AASP canal there were significant differences between the two groups, and was considerably greater for the FI group (Test t p < 0.0001). With respect to location in relation to the point of entry in the maxillary sinus results showed significant statistical difference between both groups, with the NF group possessing higher frequency in the middle third (Fishers p <0.0001) and upper third of maxillary sinus (Fishers p < 0.0071 left side) and NF had higher frequency was in lower third (Fishers P <0.0001). There was no significant statistical difference in relation to the distance of the AASP to alveolar crest and to the floor maxillary sinus. The same was true in relation to the types of terms. Conclusion: According to the material and methods the AASP canal present larger diameter and more premium location in the maxillary sinus in individuals with FI compared with NF. The results indicate a higher risk of bleeding during surgery for patients with cleft lip and palate.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-07-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.