• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2018.tde-13072018-102851
Documento
Autor
Nome completo
Aloizio Premoli Maciel
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2018
Orientador
Banca examinadora
Santos, Paulo Sergio da Silva (Presidente)
Abrão, Juliana Maria Gera
Bastos, Roosevelt da Silva
Lima, Heliton Gustavo de
Título em português
Avaliação da condição de saúde bucal e o impacto na qualidade de vida de pacientes com doença renal crônica
Palavras-chave em português
Insuficiência renal crônica
Manifestações bucais
Qualidade de vida
Resumo em português
Objetivos: Avaliar a saúde bucal e o seu impacto na qualidade de vida e indivíduos com doença renal crônica. Material e Métodos: Avaliamos um grupo de indivíduos com doença renal crônica sob hemodiálise e outro sem doença renal crônica, cada grupo com 100 participantes. Realizou-se avaliação odontológica e mensuração de índices de dentes cariados, perdidos e obturados, de edentulismo, sangramento gengival, placa dentária e o periodontal comunitário. Foi realizado sialometria mecanicamente estimulada e não estimulada para classificar a hipossalivação. Foi utilizado um questionário que avalia o impacto da saúde bucal na qualidade de vida, o OHIP-14, e outro que avalia o impacto negativo da qualidade de vida geral, o SF-36. Resultados: A xerostomia, disfagia, disgeusia, ardor bucal e dor bucal apresentaram prevalência significativa no grupo sob hemodiálise. As alterações bucais com prevalência significativa no grupo sob hemodiálise foram a saburra lingual, palidez da mucosa bucal, ressecamento bucal e labial, língua despapilada, candidíase bucal, abscessos periodontais agudos, halitose, língua fissurada e queilite actínica. A hipossalivação também foi mais prevalente no grupo sob hemodiálise. Os indivíduos com doença renal crônica demonstraram pior condição dentária e periodontal, e maior necessidade de uso de prótese dentária. Foi constatado um maior impacto mensurado pelo OHIP-14 total e na dimensão de limitação funcional no grupo sob hemodiálise. O impacto mensurado pelo SF-36 também foi mais significativo no grupo sob hemodiálise, porém foi expressivo em 7/8 domínios. A inflamação gengival e a necessidade de uso de prótese dentária foram correlacionados a maiores índices do OHIP-14 no grupo sob hemodiálise. A disgeusia, disfagia e ardor bucal foram associados ao aumento do OHIP-14 total e nas dimensões de limitação funcional, dor, desconforto psicológico, incapacidade física, psicológica e social deste mesmo questionário. A dor bucal foi correlacionada com o aumento do impacto da saúde bucal na qualidade de vida total e nas dimensões dor física, incapacidade social e desconforto psicológico. A única alteração bucal associada ao aumento do impacto mensurado pelo OHIP-14 foi o ressecamento labial que impactou na dimensão de incapacidade social. Diferentemente, o aumento do impacto mensurado pelo SF-36 foi associado à prevalência de candidíase eritematosa, saburra lingual, abscesso periodontal, ressecamento labial e língua fissurada, impactando negativamente domínios de capacidade funcional, vitalidade, aspectos sociais e mentais e saúde mental. Todas as dimensões mensuradas pelo OHIP-14 correlacionam-se com os domínios avaliados pelo SF-36, com exceção da capacidade funcional nos indivíduos sob hemodiálise. Conclusão: As manifestações bucais, juntamente com maiores índices de inflamação gengival e de necessidade de uso de prótese dentária foram correlacionadas e associadas com a piora na qualidade de vida no grupo com doença renal crônica, porém as queixas bucais pioraram diretamente a qualidade de vida relacionada com a boca e as lesões pioraram especificamente a qualidade de vida geral. As complicações bucais e sistêmicas que a doença renal crônica proporciona pioram a qualidade de vida através da saúde bucal e da saúde geral simultaneamente durante a realização de hemodiálise.
Título em inglês
 
Palavras-chave em inglês
Oral manifestations
Quality of life
Renal insufficiency, Chronic
Resumo em inglês
Aim: To evaluate the oral health condition and its impact in the quality of life of chronic kidney patients. Material and Methods: The sample of this study was divided into two groups, one group was composed by chronic kidney disease patients undergoing hemodialysis and the other group was composed by kidney healthy patients, each group contained 100 individuals. Individuals of both groups were submitted to standard odontological evaluation that included decayed, missing and filled index, evaluation of edentulism, gingival bleeding, dental plaque and community periodontal index. In order to evaluate the salivation, we applied unstimulated and stimulated saliva flow rate measurements. For the evaluation of the health-related quality of life impact we used the OHIP-14 profile index, and to estimate general quality of life we used the SF-36 questionnaire. Results: We found that xerostomia, dysphagia, dysgeusia and burning mouth sensation were significantly prevalent on chronic kidney patients. The most prevalent oral manifestations and lesions on those patients were oral candidiasis, acute periodontal abscess, dry lips, dry mouth, halitosis, smooth tongue, pale mucosa, fissured tongue, tongue coating, and actinic cheilitis. Hyposalivation was also observed to be more prevalent on chronic kidney patients. Dental and periodontal condition were poorer on chronic kidney patients and they had more need to use dental prothesis. We found a lower health-related quality of life total and in functional limitation dimension in chronic kidney patients. However, a lower general quality of life impact was estimated in 7/8 domains. Higher gingival and needs to use dental prothesis indexes were correlated to higher mensuration of OHIP-14 profile on chronic kidney patients. The dysphagia, dysgeusia and burning mouth sensation were associated to higher mensuration of OHIP-14 total and functional limitation, pain, psychological discomfort, physical, psychological and social disability dimension. The only oral manifestation associated with OHIP-14 profile was dry lips, increasing the social disability dimension. Differently, a higher impact evaluated for SF-36 was associated with prevalence of erythematous candidiasis, tongue coating, acute periodontal abscess, dry lips and fissured tongue, improving a higher negative impact in functional capacity, vitality, social and mental aspects and mental health domains. In chronic kidney patients all OHIP-14 dimensions were correlated with the SF-36 domains, exception to functional capacity. Conclusion: Oral manifestation, higher gingival inflammation index and prevalence of dental prosthesis use were correlated and associated to worsen health-related quality of life and general quality of life in chronic disease patients, but the symptoms impacted the health-related quality of life and the oral lesions and signs alterations specifically worsens general quality of life. The oral and systemic complications related to the chronic kidney disease negatively impacted the quality of life through the oral and general health simultaneously during the hemodialysis treatment.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-07-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.