• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2012.tde-03042013-162750
Documento
Autor
Nome completo
Kellen Cristina da Silva Gasque
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2012
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Rodrigo Cardoso de (Presidente)
Buzalaf, Camila Peres
Duarte, Marco Antonio Hungaro
Magalhães, Ana Carolina
Takamori, Esther Rieko
Título em português
O papel do flúor sobre linhagens de células osteoblásticas de camundongos com densidades ósseas distintas: estudos em MC3T3-E1, C3H/HeJ e C57BL/6J
Palavras-chave em português
C3H/HeJ
C57BL/6J
Fluoretos
Fosfatases
MC3T3-E1
Viabilidade
Resumo em português
Sabe-se que o flúor causa alterações químicas e celulares no osso, dependendo da dosagem e do tempo de exposição a esse elemento. Já foi demonstrado que alterações clínicas importantes, como a osteoporose, osteopetrose e esclerose óssea, podem ser geradas pela ingestão de flúor. Sabe-se que o flúor pode guiar os osteoblastos ao crescimento, sob doses e tempos de exposição específicos. A sensibilidade dos tecidos mineralizados ao fluoreto responde a mecanismos genéticos inerentes a cada população. Dentro de uma mesma espécie, diferentes linhagens apresentam um comportamento distinto frente a esse fármaco. Durante várias décadas, os estudos com fluoretos resumiram-se ao fluoreto de sódio, amplamente utilizado na prevenção das cáries dentárias. Recentemente, outras fontes de fluoretos como TiF4 e SnF2 têm sido buscadas, com intuito de potencializar as vantagens desse elemento. Porém não existem estudos ainda sobre o efeito do AlF3 sobre o tecido ósseo até a presente data. Desse modo, achamos oportuno investigar seu papel, quando administrado a células ósseas e para tal, investigamos a viabilidade e padrão de atividade das fosfatases desse sal (AlF3) quando administrado às células da linhagem pré-osteblástica MC3T3, em comparação ao NaF. Além disso, sabendo que diferentes células apresentam comportamento distinto ao tratamento com fluoretos, estudamos o papel do NaF quando administrado a duas linhagens celulares de camundongos com densidades ósseas distintas e com diferentes susceptibilidades ao fluoreto: C3H/HeJ e C57BL/6J (C3H e C57, alta e baixa densidades ósseas, respectivamente). As células também foram avaliadas quanto à viabilidade celular e ao perfil das fosfatases. Todos os resultados foram submetidos à Análise de Variância a três critérios e nos permitiu identificar que entre os sais de fluoreto, apenas o NaF promoveu alterações na viabilidade celular das células MC3T3. O AlF3 não exerceu influência na atividade da fosfatase alcalina quando consideramos as células pré-osteoblásticas, no entanto, o efeito desse fluoreto sobre a atividade das fosfatases ácidas totais e ácida resistente ao tartarato ocorre de modo dicotômico. Quando consideramos uma população celular heterogênea, coletada de calvária, como foi o caso das linhagens C3H e C57, verificamos que o NaF interferiu tanto sobre a proliferação, quanto a atividade das fosfatases de modo bastante distinto para ambas linhagens celulares. Assim concluimos que o NaF é capaz de exercer efeitos mais diversificados em diferentes tipos celulares, alterando viabilidade celular e atividade de enzimas; em contrapartida, o AlF3 produz efeitos mais especifícos e delimitados em pré-osteoblastos.
Título em inglês
The role of fluoride on different osteoblastic cell line from different mice strains with distinct bone density: Study on MC3T3-E1, C3H/HeJ and C57BL/6J
Palavras-chave em inglês
C3H/HeJ
C57BL/6J
Fluorides
MC3T3-E1
Phosphoric monoester hydrolasers
Viability
Resumo em inglês
It is well known that fluoride causes chemical and cellular alteration on bone tissue, depending on the dosage and time of exposure to this element. Several studies have been conducted to show that some bone diseases, such as osteoporosis, osteopetrosis and esclerosis, can occur as a consequence of the excessive fluoride uptake. Fluoride can lead osteoblast to proliferate, under certain conditions as time and dosage. The same way, excessive dosages of fluoride can alter protein activity in osteoblasts, by changing the expression of retated genes. Sensitivity of mineralized tissues to fluoride depends on a genetic background inherent to each population. Within the same specie, different lineages present distint behavior to the ingestion of this íon. Over several decades, many researches focused on the study of NaF as the only source of fluoride, once it is wide spread used to the prevention of dental caries. More recently, different sources of fluoride have been assessed, like TiF4 e SnF23 did not exibit influence over on alkaline phosphatase when pre-osteoblast cells are considered, but the effect of this fluoride salt on the activity of total and tartarate resistant acid phosphatases ocurrs on a dicotomic way. When we consider a mixed cell population, collected from calvária as for the C3H and C57 assays, NaF did interfered as with the proliferation rate as phosphatase activities on a very distinct fashion between the two lineages. Thus, it is possible to conclude that NaF is able to exert variable effects in different cell types and enzyme activities; on the other hand, AlF3 effects are more specific and surrounded in pre-osteblastic cells.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-04-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.