• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2012.tde-05112012-152631
Documento
Autor
Nome completo
Luciana Fávaro Francisconi
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2012
Orientador
Banca examinadora
Pereira, Jose Carlos (Presidente)
Costa, Josimeri Hebling
Honório, Heitor Marques
Santos, Paulo Henrique dos
Wang, Linda
Título em português
Resistência de união de uma resina composta à dentina normal e erodida: o papel da aplicação de soluções de clorexidina em diferentes concentrações após seis meses e um ano de envelhecimento
Palavras-chave em português
Camada híbrida
Clorexidina
Erosão dentária
Metaloproteinases da matriz
Resumo em português
A aplicação de soluções de digluconato de clorexidina (CHX), em diferentes concentrações, tem demonstrado potencial em prevenir a progressão da erosão dentinária in situ e a diminuição, com o passar do tempo, dos valores de resistência de união (RU) de resinas compostas (RC) à dentina normal ou afetada por cárie. Entretanto, seu papel na adesão à dentina já erodida é desconhecido. Este estudo se propôs, portanto, a avaliar o efeito da aplicação de soluções de CHX em diferentes concentrações na RU de uma RC à dentina normal (parâmetro para comparações) e à dentina erodida, ao longo do tempo. Terceiros molares humanos hígidos extraídos (n=48) tiveram seu terço oclusal seccionado e as superfícies dentinárias expostas foram somente submetidas à ação de uma lixa de carbeto de silício de granulação 600/1 min (dentina normal-N, n=24), ou subsequentemente erodidas por um refrigerante a base de cola (imersões de 5 min, 3x/dia, 5 dias; dentina erodida-E, n=24). Foram, então, condicionadas (H3PO4 a 37%; 15 s), lavadas, secas e reidratadas com 1,5 L, respectivamente, de água deionizada (controle-NC, n=8 / EC, n=8), de CHX a 0,004% (N0,004%, n=8 / E0,004%, n=8) ou de CHX a 2% (N2%, n=8 / E2%, n=8). O sistema adesivo AdperTMSingle Bond 2® foi aplicado em todos os espécimes e a porção coronária foi incrementalmente reconstruída com a RC FiltekTMZ350®. Depois de armazenados em água deionizada (24 h, 37oC), os espécimes foram seccionados em palitos (secção transversal 0,81 mm2), que foram testados, sob força de tração (EMIC; célula de carga de 50 kgf; 0,5 mm/minuto), imediatamente ou depois de 6 meses ou 1 ano de envelhecimento. As falhas foram analisadas e classificadas em adesivas, mistas, coesivas em dentina ou em resina. Paralelamente, avaliou-se a qualidade da hibridização para cada grupo experimental, por meio da obtenção de imagens em microscopia confocal de varredura a laser de um espécime por grupo, hibridizado pelo mesmo adesivo, mas marcado pela adição de rodamina B, e seccionado apenas no sentido mésio-distal. Os dados obtidos da microtração foram analisados por meio dos testes de ANOVA a três critérios e de Tukey (p<0,05). Os valores médios de RU (MPa±dp; imediatamente / 6 meses / 1 ano) foram: NC (34,74±9,79 / 20,77±14,35 / 7,58±4,94); N0,004% (35,69±9,85 / 23,10±8,13 / 13,82±10,12); N2% (41,22±5,38 / 34,64±6,62 / 13,25±4,83); EC (20,94±5,37 / 7,87±8,81 / 5,43±4,99); E0,004% (22,12±7,44 / 3,47±6,25 / 4,97±3,11); E2% (15,97±5,17 / 22,23±9,12 / 5,41±5,47). Falhas adesivas e/ou mistas consistiram-se nas preponderantemente observadas. Os valores de RU da RC à dentina erodida foram sempre inferiores àqueles da RC à dentina normal. Tais valores, para ambas as condições de dentina, experimentaram redução significante com o passar do tempo, mas a aplicação da solução de CHX a 2% foi capaz de mantê-los estáveis até os 6 meses de envelhecimento dos espécimes. Portanto, a aplicação de soluções de CHX, a 2%, apresenta-se como uma estratégia promissora para conservar a RU de resinas compostas tanto à dentina normal quanto à dentina erodida. Com o tempo, no entanto, seu efeito pode tornar-se reduzido ou irrelevante.
Título em inglês
Bond strength of a composite resin to normal and eroded dentin: the role of the application of chlorhexidine solutions in different concentrations after sixmonths and one-year of aging
Palavras-chave em inglês
Chlorhexidine
Hybrid layer
Matrix metalloproteinases
Tooth erosion
Resumo em inglês
The application of chlorhexidine digluconate (CHX) solutions, in different concentrations, has shown potential in preventing the progression of dentin erosion in situ and the decline, in the course of time, of the bond strength (BS) values of composite resins (CR) to normal or caries-affected dentin. However, its role on adhesion to already eroded dentin is unknown. This study aimed, therefore, to evaluate the effect of the application of CHX solutions in different concentrations on BS of a CR to normal (parameter for comparisons) and to eroded dentin over time. Extracted sound human third molars (n=48) had their occlusal thirds sectioned and exposed flat dentin was only submitted to a 600-grit SiC paper/1min (normal dentin- N, n=24), or subsequently eroded by a regular-cola soft-drink (5-min immersions, 3x/day, 5 days; eroded dentin-E, n=24). They were, then, acid-etched (37% H3PO4; 15 s), washed, vigorously dried, and rehydrated with 1.5 L, respectively, of deionized water (control-NC, n=8 / EC, n=8); of 0.004% CHX (N0.004%, n=8 / E0.004%, n=8); or of 2% CHX (N2%, n=8 / E2%, n=8). AdperTMSingle Bond 2® was applied in all specimens and composite core buildups were incrementally constructed with FiltekTMZ350®. After storage in deionized water (24 h, 37°C), specimens were sectioned in beams (cross-section 0.81 mm2), which were tested, under tensile (EMIC; 50 kgf load cell; 0.5 mm/minute), immediately or after 6 months or 1 year of aging. Failures were analyzed and classified in adhesive, mixed, cohesive in dentin or in resin. In parallel, the quality of the hybridization for each experimental group was evaluated, by means of the obtainment of laser scanning confocal microscopy images from one specimen per group, hybridized with the same adhesive, but marked by the addition of rhodamine B and sectioned only mesiodistally. Microtensile data were analyzed by three-way ANOVA and Tukey tests (<0.05). Mean TBS values (MPa±sd; immediately / 6 months / 1 year) were: NC (34,74±9,79 / 20,77±14,35 / 7,58±4,94); N0,004% (35,69±9,85 / 23,10±8,13 / 13,82±10,12); N2% (41,22±5,38 / 34,64±6,62 / 13,25±4,83); EC (20,94±5,37 / 7,87±8,81 / 5,43±4,99); E0,004% (22,12±7,44 / 3,47±6,25 / 4,97±3,11); E2% (15,97±5,17 / 22,23±9,12 / 5,41±5,47). Adhesive and/or mixed failures consisted in the mainly observed ones. BS values of the CR to the eroded dentin were always lower than that of the CR to the normal dentin. These values, to both dentin conditions, experienced a significant reduction in the course of time, but application of the 2% CHX solution was able to keep them stable until 6-months aging of the specimens. Therefore, the application of CHX solutions, at 2%, is presented as a promising strategy to conserve BS both to normal and to eroded dentin. Over time, however, its effect may become reduced or irrelevant.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-11-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.