• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2010.tde-18082010-093650
Documento
Autor
Nome completo
Marcela Borgo
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2010
Orientador
Banca examinadora
Bramante, Clovis Monteiro (Presidente)
Assis, Gerson Francisco de
Francischone, Leda Aparecida
Título em português
Avaliação do processo de reparo de incisões realizadas em tecido cutâneo de ratos e submetidas a laser terapêutico
Palavras-chave em português
Cicatrização de feridas
Terapia a laser de baixa intensidade
Resumo em português
O laser de baixa potência tem sido utilizado após procedimentos cirúrgicos visando acelerar o processo de reparo tecidual. No entanto, embora esse tipo de tratamento ofereça pouco ou nenhum risco à saúde do paciente, sua eficácia ainda é controversa na literatura. Este estudo foi desenvolvido para avaliar o efeito do laser de baixa potência (100 mW) sobre o processo de reparo de incisões cutâneas em dorso de ratos. Incisões de 2 cm de extensão foram confeccionadas no dorso de cinquenta e seis ratos Wistar. Após a sutura, metade dos animais recebeu laser de baixa potência em 3 pontos de aplicação, um no centro e um em cada extremidade da ferida. Em cada ponto, foi administrada uma dose de 35 J/cm2 (laser de InGaAlP, 660 nm, vermelho visível). A outra metade dos animais serviu como controle. Os tecidos incisados foram avaliados microscopicamente, de forma descritiva, em períodos de 6 horas, 2, 7 e 14 dias, levando em consideração o aspecto do revestimento epitelial e do tecido conjuntivo e a magnitude da resposta inflamatória, quando presente. Para os dois primeiros períodos, foi feita também uma avaliação morfométrica, que mensurou a densidade de fibroblastos, fibras colágenas, vasos sanguíneos e células inflamatórias no tecido conjuntivo. Na análise descritiva, as maiores diferenças foram encontradas no período de 6 horas, seguido pelo de 2 dias. Em 6 horas, o grupo tratado com laser apresentou menor resposta inflamatória que o controle e, em alguns espécimes, foi possível evidenciar início de proliferação das células do epitélio nas bordas da ferida. Em 2 dias, alguns espécimes do grupo controle ainda apresentavam células inflamatórias remanescentes, não evidenciadas no grupo laser. Nesse período, foi possível evidenciar também, em alguns espécimes do grupo laser, proliferação de fibroblastos junto às bordas da ferida. Nos períodos de 7 e 14 dias, não foram encontradas diferenças entre os grupos. Na análise morfométrica, a densidade de fibras colágenas e vasos sanguíneos foi maior para o grupo laser do que para o grupo controle em ambos os períodos avaliados, com diferença estatisticamente significante. Com base nos resultados obtidos, concluiu-se que o laser de baixa potência foi capaz de controlar a resposta inflamatória e estimular o processo de reparo tecidual em feridas cutâneas em dorso de ratos.
Título em inglês
Evaluation of wound healing process of incisions made in cutaneous tissue of rats and submitted to therapeutic laser
Palavras-chave em inglês
Laser therapy
low-level
Wound healing
Resumo em inglês
Low-power laser therapy has been used after surgical procedures to improve wound healing. However, although such kind of treatment offers little or no risk to the patient's health, its effectiveness remains controversial. This study was developed to evaluate the effect of low-power laser (100 mW) on the healing of skin incisions in rats. Two centimeters incisions were made on the back of fifty-six Wistar rats. After suturing, half of the animals received low-power laser application on three points, one on center and one on each end of the wound. For each point, a dose of 35 J/cm2 (InGaAIP laser, 660 nm, visible red) was administered. The other half of the animals served as control. The incised tissues were evaluated microscopically in a descriptive way in periods of 6 hours, 2, 7 and 14 days, considering the aspects of epithelium and connective tissue and the magnitude of inflammatory response, when present. For the first two periods, it was also done a morphometric evaluation, which measured the density of fibroblasts, collagen fibers, blood vessels and inflammatory cells in the connective tissue. In descriptive analysis, the greatest differences were found in the period of 6 hours, followed by the period of 2 days. In 6 hours, the laser-treated group showed less inflammatory response than control and, in some specimens, it was possible to see the beginning of epithelium proliferation on the edges of the wound. In two days, some specimens of the control group still showed remaining inflammatory cells, not observed in the laser group. In this period, it was also possible to see, in some specimens of the laser group, proliferation of fibroblasts along the edges of the wound. In the periods of 7 and 14 days, no differences were found between the groups. In morphometric analysis, density of collagen fibers and blood vessels was higher for the laser group in both evaluated periods, with statistically significant difference. Based on these results, it was concluded that low-power laser was able to control inflammatory response and stimulate tissue repair in skin wounds in rats.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MarcelaBorgo.pdf (4.98 Mbytes)
Data de Publicação
2010-08-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.