• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2013.tde-03092013-155509
Documento
Autor
Nome completo
Nádia Carolina Teixeira Marques
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2013
Orientador
Banca examinadora
Valarelli, Thais Marchini de Oliveira (Presidente)
Machado, Maria Aparecida de Andrade Moreira
Sakai, Vivien Thiemy
Título em português
Efeitos do Laser de Baixa Intensidade em pulpotomias de dentes decíduos humanos
Palavras-chave em português
Dente decíduo
Formaldeído
Hidróxido de Cálcio
Pulpotomia
Terapia a Laser de Baixa Intensidade
Resumo em português
O objetivo deste estudo foi avaliar por meio de análises clínicas, radiográficas e histológicas o efeito do Laser de Baixa Intensidade na resposta pulpar de dentes decíduos humanos após pulpotomia. Vinte molares decíduos inferiores de 16 crianças com idade entre 6 e 9 anos foram criteriosamente selecionados. Os dentes foram randomizadamente divididos nos grupos Formocresol de Buckley diluído a 1/5 (Grupo I - FC), Hidróxido de Cálcio (Grupo II - HC), Laser de Baixa Intensidade + Óxido de Zinco e Eugenol (Grupo III - LBI+OZE) e Laser de Baixa Intensidade + Hidróxido de Cálcio (Grupo IV - LBI+HC), e tratados pela técnica convencional de pulpotomia em uma única sessão. As avaliações clínicas e radiográficas foram realizadas nos períodos de 3 e 6 meses do pós-operatório. Os dentes que se apresentavam em período normal de esfoliação foram extraídos, processados para análise histológica e avaliados por sistema de escores. Os resultados clínicos e radiográficos não mostraram diferença estatisticamente significativa nos grupos estudados (p>0,05). A análise estatística da avaliação histológica revelou diferença estatisticamente significativa para inflamação pulpar entre os Grupos I (FC) e IV (LBI+HC), sendo que o Grupo IV(LBI+HC) apresentou menor grau de inflamação pulpar. Em relação à fibras colágenas, formação de barreira de tecido mineralizado e camada odontoblástica houve diferença entre os Grupos I (FC) e II (HC), e entre os Grupos II (HC) e III (LBI+OZE), sendo que o Grupo II (HC) apresentou fibras colágenas densas, barreira de tecido mineralizado e camada odontoblástica. Os Grupos I (FC) e III (LBI+OZE), e os Grupos I (FC) e IV (LBI+HC), apresentaram diferença estatisticamente significativa para reabsorção interna. O Grupo I (FC) apresentou maior índice de reabsorção interna. Não houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos para vitalidade pulpar, quantidade de vasos, calcificação pulpar e tecido de granulação. Com base nos resultados obtidos foi possível constatar que o Laser de Baixa Intensidade com Hidróxido de Cálcio mostrou efeitos clínicos e radiográficos mais satisfatórios, e melhores resultados histológicos em comparação aos demais grupos estudados. Desta forma, sugere-se que o Laser de Baixa Intensidade com hidróxido de Cálcio pode ser considerado uma técnica alternativa para pulpotomia de dentes decíduos humanos.
Título em inglês
Effects of low-level laser therapy on pulpotomy of human primary teeth
Palavras-chave em inglês
Calcium Hydroxide
Deciduous tooth
Formaldehyde
Low-Level Laser therapy
Pulpotomy
Resumo em inglês
The aim of this study was to evaluate through clinical, radiographic and histological analyses the effect of Low-Level Laser therapy (LLLT) on pulpal response of human primary teeth after pulpotomy. Twenty mandibular primary molars of 16 children aged between 6 and 9 years were criteriously selected. The teeth were randomly divided into the following groups: Buckleys Formocresol (diluted 1:5) group I (FC), Calcium Hydroxide - group II (CH), Low-Level Laser therapy + Zinc Oxide and Eugenol - group III (LLLT+ZOE), and Low-Level Laser therapy + Calcium Hydroxide - group IV (LLLT+CH), and treated by the conventional pulpotomy technique at a single appointment. The clinical and radiographic evaluations were performed at 3 and 6 post-operative months. The teeth underwent normal exfoliation period were extracted and processed for histological analysis and assessed through a score system. The clinical and radiographic results did not show statistically significant difference among groups (p>0.05). The statistical analysis of the histological assessment revealed statistically significant difference for pulpal inflammation between groups I (FC) and IV (LLLT+CH), with the least degree of pulpal inflammation for group IV (LLLT+CH). Concerning to the collagen fibers, hard tissue barrier and odontoblastic layer, there were differences between groups I (FC) and II (CH), and between groups II (CH) and III (LLLT+ZOE). Group II (CH) showed dense collagen fibers, hard tissue barrier and odontoblastic layer. Groups I (FC) and III (LLLT+ZOE), and groups I (FC) and IV (LLLT+CH), presented statistically significant difference for internal resorption. Group I (FC) displayed the greatest internal resorption rate. There was not statistically significant difference among groups for pulpal vitality, amount of vessels, pulpal calcification and connective tissue. Based on the results obtained, it was possible to know that Low-Level Laser therapy with Calcium Hydroxide exhibited clinical and radiographic effects more satisfactory, and the best histological effects compared with the other groups studied. Therefore, it is suggested that Low-Level Laser therapy with Calcium Hydroxide can be considered as an alternative technique for the pulpotomy of human primary teeth.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-09-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.