• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2014.tde-11042015-111923
Documento
Autor
Nome completo
Melisa Patricia Rodriguez Montero
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2014
Orientador
Banca examinadora
Peres, Sílvia Helena de Carvalho Sales (Presidente)
Fraga, Ricardo Carvalhaes
Pinzan, Arnaldo
Título em português
Associação da má oclusão e bruxismo com qualidade de vida de adolescentes
Palavras-chave em português
Adolescentes
Bruxismo
Desgaste dentário
Má oclusão
Qualidade de vida
Resumo em português
A má oclusão e o bruxismo são problemas que podem interferir na qualidade de vida de adolescentes. Este estudo observacional transversal e analítico teve como objetivo investigar a associação entre má oclusão e bruxismo, com a qualidade de vida de adolescentes entre 12-15 anos de idade. A amostra foi selecionada por conglomerado e composta por 370 adolescentes de ambos os gêneros, estudantes da rede estadual de ensino de Bauru-SP. A má oclusão foi medida pelo Dental Aesthetics Index (DAI). Para o bruxismo foram avaliadas as facetas de desgastes dos dentes por meio do Índice de Desgaste Dentário (IDD). Foram aplicados dois questionários, um para o bruxismo e o outro para a qualidade de vida (OHIP-14). O Índice de Massa Corporal (IMC) foi calculado segundo normas da OMS. Teste Qui-quadrado, Correlação de Spearman, Mann-Whitney e Kruskall-Wallis foram aplicados (P<0,05). A má oclusão muito severa e o bruxismo foram mais prevalentes no gênero feminino, enquanto no masculino identificou-se a má oclusão definida. O bruxismo autorrelatado foi encontrado em 18,9% dos adolescentes. A maioria dos adolescentes apresentou peso normal. Bruxismo, apinhamento, mordida aberta, relação molar e desalinhamento maxilar estiveram relacionados à qualidade de vida (p<0,050). Bruxismo e alguns tipos de má oclusão interferem na qualidade de vida de adolescentes.
Título em inglês
Association between malocclusion, bruxism and quality of life in adolescents
Palavras-chave em inglês
Adolescents
Bruxism
Malocclusion
Quality of life
Tooth wear
Resumo em inglês
Malocclusion and bruxism are problems that can interfere with the quality of life in adolescents. This cross-sectional analytical study aimed to identify the association between malocclusion, bruxism and quality of life in adolescents aged 12-15 years. The sample is composed of 370 adolescents, both genders, students from state schools in Bauru, SP. The malocclusion was measured by the Dental Aesthetic Index (DAI). For bruxism was evaluated the wear of teeths faces through the Tooth Wear Index (TWI). Two questionnaires, one for bruxism and one for quality of life (OHIP-14) were applied, in addition, BMI was calculated according to WHO standards. Chi-square, Spearman correlation, Mann-Whitney and Kruskal-Wallis test were applied (P<0.05). Very severe malocclusion and bruxism were more prevalent in females and defined malocclusion in males. Selft-related bruxism was found in 18.9% of adolescents. The majority of the adolescents had normal weight. Bruxism, crowding, open bite, molar relationship and maxillary misalignment were related to quality of life (P <0.05). Bruxism and some types of malocclusion interfere in the quality of life of adolescents.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-04-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.