• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2018.tde-30082018-220111
Documento
Autor
Nome completo
Giulia Ganthous
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2018
Orientador
Banca examinadora
Herrera, Simone Aparecida Lopes (Presidente)
Costa, Aline Roberta Aceituno da
Kobayashi, Maria do Carmo Monteiro
Martins, Regina Helena Garcia
Título em português
Intervenção fonoaudiológica na narrativa oral de crianças com atraso no desenvolvimento da linguagem
Palavras-chave em português
Fonoaudiologia
Narrativa
Reabilitação dos transtornos de fala e linguagem
Terapia da linguagem
Resumo em português
A narrativa oral de história trata-se de uma habilidade de grande complexidade uma vez que requer preservação de capacidades linguísticas e cognitivas. O desempenho em tarefa de narração tem contribuído para a identificação de diferentes subgrupos clínicos com alterações de linguagem, como o quadro de atraso no desenvolvimento da linguagem (ADL). Essa população caracteriza-se ao longo do desenvolvimento da linguagem por um ritmo lento para novas aquisições. A habilidade narrativa é descrita em crianças com ADL por produções de histórias mais curtas e com menor complexidade. Contudo, poucas pesquisas abordam a narrativa oral desta população específica, e sobre à influência de programas de intervenção. Desta forma, o presente estudo teve como objetivo comparar o desempenho em tarefa de narrativa oral de histórias de crianças com histórico de ADL antes e após serem submetidas a um programa de intervenção fonoaudiológica. Participaram deste estudo 10 crianças com ADL e 10 crianças com desenvolvimento típico de linguagem, pareadas quanto ao sexo e idade cronológica. Cada grupo foi composto por indivíduos de ambos os sexos, com idade cronológica entre cinco e seis anos. Os participantes de ambos os grupos foram avaliados antes e após a intervenção, nos níveis macro e microestruturais da narrativa oral, utilizando como instrumento de análise: (a) índice de complexidade da narrativa (b) nível de coerência global da narrativa; (c) análise de construção dos episódios que compõem a narrativa. Além da (d) produtividade e (e) complexidade linguística da narrativa. Após a avaliação, as crianças com ADL foram submetidas ao programa de intervenção fonoaudiológica da narrativa. O referido programa foi composto por três fases com objetivos distintos: (a) elementos estruturais da narrativa-apresentar a criança; (b) elaboração da narrativa; (c) contagem de histórias de forma independente. O programa foi organizado em dez sessões de intervenção. Os resultados permitiram concluir que os indivíduos com ADL apresentaram melhora em seu desempenho após intervenção na narrativa oral em relação aqueles com desenvolvimento típico. Foi constatada diferença significativa entre os desempenhos pré e pós intervenção para o grupo com ADL em todos os aspectos macro e microestruturais (exceto total de C-Units). O desempenho do grupo com desenvolvimento típico de linguagem foi mais discreto, não foram observadas diferenças significantes para desafios, resolução e coerência da narrativa e total de palavras, total de C-Units, extensão média dos enunciados e C-Units complexos.
Título em inglês
Speech-language intervention in the oral narrative of children in late talking condition
Palavras-chave em inglês
Language therapy
Narrative
Rehabilitation of speech and language disorders
Speech therapy
Resumo em inglês
Oral storytelling is a skill of great complexity as it requires preservation of linguistic and cognitive abilities. The performance in narrative task has been contributing to the identification of different clinical subgroups with language alterations, such as late talking condition. This population is characterized throughout language development by late onset or at a slow pace for new acquisitions. Narrative ability is described on children in late talking condition for shorter and less complex storytelling. However, few studies address the oral narrative of this specific population, and the influence of interventional programs. Thus, this study had the aim to compare the performance in task of oral narrative of children in late talking condition before and after being submitted to a speech-language intervention program. The participants were 10 children late talkers and 10 children with typical language development, matched for sex and chronological age. Each group consisted individuals of both sexes, with a chronological age between five and six years. Participants of both groups were evaluated before and after intervention at the macro and microstructural levels of the oral narrative using as an analytical tool: (a) narrative complexity index; (b) level of global narrative coherence; (c) construction analysis of the episodes; (d) productivity and (e) linguistic complexity of the narrative. After the evaluation, the late talkers were submitted to the speech-language intervention program of the narrative. The program was composed by three phases with distinct objectives: (a) structural elements of the narrative; (b) elaboration of the narrative; (c) storytelling independently. The program was organized in ten interventional sessions. The results allowed to conclude that late talkers showed improvement in their performance after intervention in the oral narrative in relation to those with typical development. It was observed a significant difference between the pre and post intervention performances for late talkers group in all macro and microstructural aspects (except total of C-Units). The performance of the group with typical language development was more discreet, no significant differences were found in challenges, resolution and coherence of the narrative and total words, total C-Units, mean length of utterances and complex C-Units.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-09-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.