• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2007.tde-19062007-093450
Documento
Autor
Nome completo
Isabel Cristina Cavalcanti Lemos
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2007
Orientador
Banca examinadora
Feniman, Mariza Ribeiro (Presidente)
Barreiro, Fatima Cristina Alves Branco
Lopes, Andréa Cintra
Título em português
Habilidade de atenção auditiva em crianças de sete anos com fissura labiopalatina: estudo comparativo
Palavras-chave em português
atenção
fissura palatina
otite média secretora
privação sensorial
Resumo em português
A fissura labiopalatina é um indicador de risco para alterações de orelha média e estas podem prejudicar o desenvolvimento de habilidades auditivas como, por exemplo, a atenção, que é essencial para o aprendizado de novas habilidades, inclusive da comunicação oral e escrita. O estudo do processo atencional na população com fissura labiopalatina é algo recente e pouco explorado na literatura específica consultada, assim, este trabalho poderá contribuir com novos subsídios na área, uma vez que teve como objetivos: a) verificar o desempenho de crianças com essa anomalia craniofacial em dois testes, o THAAS e o teste dicótico de dígitos (etapa de escuta direcionada, que avaliaram processos de atenção auditiva); b) comparar o resultado com um grupo sem fissura labiopalatina e; c) verificar a associação entre os dois testes aplicados. Fizeram parte do estudo 55 crianças, de ambos os gêneros, na faixa etária de 7 anos a 7 anos e 11 meses, que foram distribuídas em dois grupos: a) grupo controle, formado por crianças sem fissura labiopalatina; b) grupo experimental, formado por crianças com fissura labiopalatina. Para ambos os grupos, o processo de avaliação constituiu-se em: aplicação de um questionário; bateria de testes auditivos convencionais; aplicação do teste da habilidade de atenção auditiva (THAAS) (FENIMAN, 2004) e do teste dicótico de dígitos etapa de escuta direcionada (SANTOS; PEREIRA, 1997). Foi possível observar que o desempenho do grupo com fissura labiopalatina foi inferior ao do grupo controle em todos os tipos de resposta do THAAS e diferença estatisticamente significativa ocorreu para o decréscimo da vigilâ (p=0,014). No teste dicótico de dígitos - etapa de escuta direcionada, o grupo com fissura labiopalatina apresentou porcentagens de acerto inferiores ao grupo controle, tanto para a orelha direita quanto para a orelha esquerda. A análise estatística mostrou interação estatisticamente significante entre grupo e gênero (p=0,026). Ao comparar o THAAS com o teste dicótico de dígitos, foi possível observar que existe associação entre os testes, mas, essa associação mostrou-se muito baixa (R²=0,27). As crianças com fissura labiopalatina apresentaram desempenho no THAAS inferior àquelas sem esta anomalia craniofacial, apenas para o decréscimo da vigilância. No teste dicótico de dígitos - etapa de escuta direcionada, somente as crianças do gênero feminino com fissura labiopalatina obtiveram índices de acerto inferiores às do grupo controle. Uma baixa associação foi verificada entre o THAAS e o teste dicótico de dígitos - etapa de escuta direcionada, permitindo supor que habilidades diferentes são responsáveis pelo desempenho nos dois testes.
Título em inglês
Auditory attention ability in 7 years old cleft palate and lip children: comparative study
Palavras-chave em inglês
attention
cleft palate
otitis media with effusion
sensory deprivation
Resumo em inglês
Cleft lip and palate indicates risk to alterations in the middle ear. These risks may impair the development of some hearing abilities, such as attention, which is essential to learn new abilities, including oral and written communication. Studies on attention process with the population with cleft lip and palate are recent and not widely found in literature. Therefore, this study can contribute to the area. The aims of this study were to examine children with this craniofacial anomaly through two tests: The SAAAT and the Dichotic Digit test - directed hearing stage which evaluated the hearing attention processes; to compare the results with a group without cleft lip and palate; to verify the association between the two tests. 55 children, both genders, aged 7 to 7 years and 11 months old were divided in two groups to be submitted to the study. Experimental group consisted of children with cleft lip and palate and Control group consisted of children without it. Both groups were assessed through a questionnaire, conventional hearing tests battery, the Sustained Auditory Attention Ability test (SAAAT) (Feniman, 2004), and the Dichotic Digit test - directed hearing stage (Santos; Pereira, 1997). Experimental group showed lower performance than the control group in all kinds of answers of the SAAAT and, significant difference regarding decrease in vigilance (p=0,014). In the Dichotic Digit test the experimental group showed lower percentages of right answers than the control group, not only for the right ear but also for the left ear. Statistic analysis showed significant interaction between group and gender (p=0,026). When compared, the SAAAT and the Dichotic digit test had low association (R²=0,27). Experimental Group presented lower performance in the SAAAT only at the vigilance decrease. At the Dichotic Digit test female children with cleft lip and palate presented lower scores of right answers than the Control group. The SAAAT and The Dichotic Digit test - directed hearing stage - were not closely associated. Thus, it is possible to assume that different abilities are responsible for the performance in both tests.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
IsabelLemos.pdf (942.71 Kbytes)
Data de Publicação
2007-06-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.