• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2018.tde-11062018-183458
Documento
Autor
Nome completo
Mariani da Costa Ribas do Prado
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2017
Orientador
Banca examinadora
Lopes, Natália Barreto Frederigue (Presidente)
Brandão, Alessandra Salina
Rodrigues, Olga Maria Piazentin Rolim
Zupelari, Marina Morettin
Título em português
Treinamento de habilidade sociais educativas com mães de pré-adolescentes com deficiência auditiva: uma proposta de intervenção
Palavras-chave em português
Deficiência auditiva
Habilidades sociais educativas parentais
Treinamento de habilidades sociais
Resumo em português
A deficiência auditiva, definida como a perda total ou parcial da audição, vem sendo colocada pela literatura como uma variável que pode interferir na interação pais-filhos e, consequentemente, no desenvolvimento socioemocional da criança com perda auditiva. Neste sentido, estudos apontam a necessidade de se pensar em estratégias, aliadas à terapia fonoaudiológica, que contribuam para melhoria dessa interação. Neste contexto, propôs-se a realização de dois estudos, os quais ocorreram na clínica-escola de Fonoaudiologia da Faculdade de Odontologia campus de Bauru da Universidade de São Paulo. No estudo 1 o objetivo foi identificar, a partir da análise dos relatos dos participantes, se os cenários e personagens de uma ferramenta educacional denominada My World, a qual é utilizada durante a terapia fonoaudiológica de crianças com deficiência auditiva, podem ser utilizadas para o treinamento de habilidades sociais educativas cotidianas com mães de crianças e adolescentes com deficiência auditiva. Participaram deste estudo três mães de pré-adolescentes com perda auditiva com idade entre 10 e 11 anos. Os cenários e personagens da ferramenta foram apresentados às mães, que apontaram, por meio de um questionário, a contribuição da ferramenta para expressão dos comportamentos desempenhados em seu dia-adia. No estudo 2 desenvolveu-se um Programa de Treinamento de Habilidades Sociais Educativas no qual se fez uso da ferramenta educacional empregada no estudo anterior como um recurso de apoio para o desenvolvimento e/ou aprimoramento dessas habilidades. O objetivo geral deste estudo foi o de avaliar os efeitos do Programa no repertório de comportamentos das mães e dos filhos com deficiência auditiva. Para isso, utilizou-se do delineamento quase-experimental, no qual são formados dois grupos, controle (GC) e experimental (GE), e são realizados pré e pós-teste em ambos. Participaram quatro mães de pré-adolescentes com deficiência auditiva com idade entre 10 e 12 anos, sendo duas pertencentes ao GC e duas ao GE. Para avaliação do repertório de comportamento das mães e dos filhos no pré e no pós-teste foram aplicados o Roteiro de Entrevista de Habilidades Sociais Educativas Parentais (RE-HSE-P) e o Child Behavior Checklist (CBCL). As mães do GE responderam aos mesmos instrumentos quatro meses após o término do treinamento. O programa foi desenvolvido em 10 sessões, com duração de 1 hora e 30 minutos cada. Trabalhou-se temas relacionados à deficiência auditiva e às habilidades sociais (gerais e educativas) identificadas como em defasagem no préteste. Para análise dos dados do RE-HSE-P foi utilizado o método Jacobson Truax, que indicou mudanças confiáveis em relação ao incremento das habilidades sociais educativas positivas e das habilidades sociais infantis para o GE. Os dados do CBCL indicaram problemas de comportamento internalizantes no GE e em um participante do GC e problemas de comportamento externalizantes em um participante do GC na pré-intervenção. Tais dados mantiveram-se semelhantes na pós-intervenção e na avaliação follow up para o GE. Acredita-se que o desenvolvimento de Programas de Treinamento de Habilidades Sociais Educativas, tendo como suporte os cenários e personagens da ferramenta My World, pode se constituir em um importante aliado da terapia fonoaudiológica ao buscar contribuir para melhora do clima comunicacional no contexto familiar.
Título em inglês
Parental training with mothers of pre-adolescents with hearing loss: an intervention proposal
Palavras-chave em inglês
Hearing loss
Parental practices
Parental training
Resumo em inglês
Hearing impairment, defined as the total or partial loss of hearing, has been described in various reports as one of the factors that can interfere in the interaction between parents and children and as a result, with the emotional and social development of children with hearing loss. In this case, studies showed the need of new strategies, combined with speech therapy, in order to improve this interaction. In this context, the development of two studies were proposed, which took place at the Clinical School of Speech and Hearing Therapy - Dental School of Bauru - Univesity of São Paulo. In study 1 the objective was to identify, by means of the speech of the participants, the scenarios and characters of an educational tool called My World, which is used in the speech therapy for children and adolescents with hearing loss, it is used to learn new ways to develop social skills as part of the daily routine between children and parents. Three mothers of pre-adolescents with hearing loss aged 10 to 11 years old participated. The tools scenaries and characters were presented to the mothers, who responded in a questionaire their opnions on how this tool had helped them interact with their childrens activities and behaviour on a daily basis. Study number 2 was developed using the skills and tools learnt in study number 1, which was used as a support resource to enhance and develop positive parental practices. The main aim of this study was to evaluate the effects of the intervention on the range of behaviors between mothers and sons with hearing loss. Therefore, this experimental design was tested by two groups, control (CG) and experimental (EG), and they were tested before and after the experiment took place. Four mothers of pre-adolescents with hearing loss aged 10 to 12 years old beloging to the groups GC and two to the group GE were used.To evaluate the range of behavior of mothers and their sons in the pre and post-test, the Roteiro de Entrevista de Habilidades Sociais Educativas Parentais (RE-HSE-P) and the Child Behavior Checklist (CBCL) were applied. The mothers of the EG responded to the tools four months after the end of the intervention. The program was developed in 10 sessions, each lasting 1 hour and 30 minutes each. The topics developed were hearing impairment and social skills and parental practices identified as inadequate in the pre-test. For this data analysis of RE-HSE-P, the Jacobson Truax method was used, which indicated reliable changes in relation to the incremental positive parental practice and infantile social skills for the EG. The CBCL data indicated internalizing behavior problems in the EG and a participant in the CG and externalizing behavior problems in a participant of the CG in the pre intervention stage. This data remained similar in the post-intervention data and in the follow-up evaluation for the EG. It is believed that the implementation of semi-structured interventions to develop positive parental practices, supported by scenarios and characters of the My World tool, can constitue an importante ally of speech-language therapy contributing to the climate of improved communications within the family context.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-06-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.