• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2015.tde-03062015-083439
Documento
Autor
Nome completo
Rogerio Eduardo Santos Tiossi Castello Branco
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2015
Orientador
Banca examinadora
Felix, Giedre Berretin (Presidente)
Fukushiro, Ana Paula
Marques, Reinaldo Monteiro
Título em português
Postura corporal e função respiratória em indivíduos com deformidade dentofacial
Palavras-chave em português
Cirurgia ortognática
Má oclusão
Postura
Respiração bucal
Resumo em português
Os desequilibrios na postura corporal podem ser resultantes de diversos fatores, sendo que as alterações no sistema estomatognático, principalmente as deformidades dentofaciais (DDF), alteram de forma significativa a postura de cabeça dos indivíduos acometidos por esse tipo de deformidade. As pesquisas têm demonstrado alterações da postura corporal em crianças com respiração oral, porém não foram encontrados trabalhos que relacionassem as condições posturais e respiratórias em adultos com DDF. Os objetivos deste trabalho foram identificar as principais alterações posturais em indivíduos adultos jovens com DDF; verificar se o modo respiratório influencia a postura de cabeça desses indivíduos e se a cirurgia ortognática modifica o modo respiratório e a postura de cabeça. Foram avaliados dois grupos, sendo o grupo DDF constituído por 15 adultos jovens com má oclusão esquelética em preparo ortodôntico para cirurgia ortognática de ambos os gêneros, e o grupo controle (GC), formado por 10 adultos jovens com harmonia dentofacial, equilibrados segundo o gênero e a idade com o grupo de estudo. Na análise da postura de cabeça foi utilizada a Biofotogrametria, que permitiu a obtenção de medidas angulares, a partir das fotografias nas vistas anterior e lateral, considerando a anteriorização, posteriorização, inclinação lateral, flexão e extensão da cabeça. Os resultados foram obtidos por consenso entre dois avaliadores. As avaliações foram realizadas antes e três a seis meses após a cirurgia ortognática. Para as comparações entre os grupos foram utilizados os teste t, t pareado, McNemar e Mann-Whitney, enquanto para a correlação foi utilizado o teste de Spearman. Os resultados encontrados antes e após a cirurgia ortognática mostraram que tal procedimento modificou o modo respiratório, alcançando significância estatística (p=0,024). Para a avaliação da postura da cabeça pré-cirurgia ortognática, os resultados foram semelhantes entre os indivíduos com DDF quanto à inclinação, anteriorização e posteriorização, porém, na classe II esquelética houve maiores desvios da normalidade para o padrão de flexão/extensão de cabeça (p=0,036) em relação à classe III. A comparação entre os indivíduos DDF e controle, nos períodos pré e pós-cirurgia, demonstrou medidas angulares de anteriorização/posteriorização inferiores ao ângulo de referência (90 graus), porém não houve diferença estatisticamente significante entre os grupos. Já na comparação entre os grupos DDF e o GC, quanto à inclinação de cabeça, houve diferença estatisticamente significante, tanto nos momentos pré-cirurgico (p=0,022) como pós-cirugico (p=0,017). Após a ortognática, os resultados dos ângulos relacionados à postura de cabeça não diferiram significantemente daqueles obtidos no período pré-operatório, porém as medidas angulares apresentaram-se abaixo da normalidade para anteriorização/posteriorização. Houve correlação moderada entre o modo respiratório e a inclinação da cabeça para o momento pré-cirúrgico (p=0,028). Pode-se concluir que a postura de cabeça de indivíduos com DDF foi semelhante ao GC para os aspectos inclinação, anteriorização e posteriorização. Indivíduos com classe II esquelética apresentam maiores desvios para flexão/extensão de cabeça em relação aos classe III esquelética. Nos casos com DDF avaliados, quanto maior a inclinação da cabeça, maior alteração do modo respiratório, sendo que após a cirurgia houve melhora espontânea no modo respiratório, porém não houve modificação da postura de cabeça.
Título em inglês
Body posture and breathing pattern in individuals with dentofacial deformity
Palavras-chave em inglês
Bad occlusion
Mouth breathing
Orthognathic surgery
Posture
Resumo em inglês
Unbalance in postural changes can result from several factors. Alterations to the stomatognathic system, especially the dentofacial deformities (DFD), change significantly the head posture from individuals who present with this kind of deformity. Researches have shown body posture changes in children with mouth breathing; however, studies associating postural and respiratory conditions in adults with dentofacial deformities (DFD) were not done. This research aimed identify the main reasons of postural changes on young adults who present with DFD; verify if the respiratory pardon has influence in the head posture and of these individuals and evaluate if the orthognathic surgery modifies the breathing pardon and head posture. Two groups were analyzed, the DFD group, which was composed of 15 young adults, both genres, all of whom presented DFD, in orthodontic preparation for orthognathic surgery, and the Control Group (CG) which was composed of 10 young adults all presenting dentofacial harmony, paired regarding sex and age with the study group. Into the head posture analyzes, Biophogrammetry was used, which afforded angular measurements from photographs of the anterior and posterior views. Anteriorization, posteriorization, lateral inclination, flexion and extension of the head were also considered on it. The results were obtained with the agreement between two evaluators. The evaluations were done before the orthognathic surgery, and between three to six months after it. To compare the groups we used the independent and paired t-test, McNemar test, and Mann-Whitney test, whereas for correlation, the test used was the Spearman test. The respiratory function results related to before and after orthognathic surgery show that this procedure modified the breathing pattern, reaching statistical significance (p=0.024). In evaluation of the head posture pre-orthognathic surgery, the results obtained were similar between DFD individuals, considering inclination, anteriorization and posteriorization, however, in the group of individuals who present with skeletal malocclusion class II were found larger deviations of normality on the head flexion/extension pattern (p=0.036), comparing it with those in class III. The comparison between DFD and CG individuals, in the periods pre and post orthognathic-surgery demonstrated angular measures of anteriorization/posteriorization lower than the reference angle (90 degrees), meanwhile, there was no significant statistical difference among the groups. Comparing the DFD group and the CG results, regarding head inclination, a significant statistical difference was found in the post-surgical moment (p=0.022) as well in post-surgical (p=0.017). After the orthognathic surgery, the angles resulted from the head posture do not significantly differed from the ones obtained in the pre-surgical period, nonetheless, the angular measurements appeared under the normality to the head anteriorization/ posteriorization. There was a mild correlation between the breathing pattern and the head inclination in the pre-surgical moment (p=0.028). It is possible to conclude that the head posture of DFD individuals were similarly to ones in the CG toward the inclination, anteriorization and posterization aspects. Individuals who present with skeletal malocclusion class II showed larger deviations to the head flexion/extension compared with the ones in the Skeletal class III. In cases where the DFD was evaluated, the higher the head inclination presented by individuals, higher is the change in the breathing pattern. After surgery, a spontaneous increase in the breathing pattern was presented without a head posture change.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-06-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.