• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2009.tde-14042009-112557
Documento
Autor
Nome completo
Fabiano Vieira Vilhena
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2009
Orientador
Banca examinadora
Buzalaf, Marilia Afonso Rabelo (Presidente)
Delbem, Alberto Carlos Botazzo
Moimaz, Suzely Adas Saliba
Rios, Daniela
Sampaio, Fábio Correia
Título em português
Eficácia de um novo dentifrício líquido com baixa concentração de flúor e pH acidulado na prevenção de lesões cariosas: estudo clínico randomizado
Palavras-chave em português
biofilme dentário
cárie dentária
dentifrício
fluorose dentária
marcadores biológicos
odontologia preventiva
unhas
Resumo em português
Neste estudo foi avaliado o efeito de uma formulação de dentifrício líquido com pH acidulado e baixa concentração de flúor (F) na prevenção de novas lesões cariosas e na incorporação de F no biofilme dentário e nas unhas. Foram selecionadas 1.402 crianças com idade inicial de 4 anos e experiência de cárie, as quais foram divididas em 4 grupos que diferiram em relação ao dentifrício utilizado por 20 meses: G1dentifrício líquido (1100 ppmF, NaF, pH 4,5, n=345), G2 - dentifrício líquido (1100ppmF, NaF, pH 7,0, n=343), G3 - dentifrício líquido (550 ppmF, NaF, pH 45, n=354), G4 pasta comercial Sorriso Fresh (controle -1100 ppmF, NaF, pH 7,0, n=360. A pasta comercial e os dentifrícios experimentais foram dispensados na escova usando as técnicas transversal e da gota , respectivamente. A progressão de cárie (ceo-s) foi avaliada no início do estudo e após 12 e 20 meses de uso contínuo dos dentifrícios. Uma subamostra de cada grupo participou na segunda etapa do estudo, conduzida 15 meses após o início da primeira etapa. Após as unhas das mãos e dos pés terem sido deixadas crescer por 14 dias, foram coletadas unhas das mãos e dos pés em duas ocasiões separadas (n=15 para cada grupo). Amostras de biofilme dentário foram coletadas 1 h após a última utilização dos respectivos dentifrícios (n=21 por grupo). Biofilme e unhas foram analisados para o F com eletrodo, após difusão facilitada por HMDS. Os dados de ceo-s foram analisados pelo teste Kruskal-Wallis (p <0,05). Os dados do biofilme foram analisados por ANOVA e teste de Tukey, ao passo que os dados das unhas foram analisados por ANOVA a dois critérios de medidas repetidas e teste de Bonferroni (p <0,05). Após 20 meses, 1053 escolares (G1=271, G2=262, G3=250 e G4=270) completaram o estudo. As médias (±DP) do ceo-s no baseline e após 20 meses, e do respectivo incremento para cada grupo foram, respectivamente: G1) 5,07±5,11, 7,13±6,53 e 30,8%; G2) 4,80±5,00, 6,88±6,78 e 31,9%; G3) 5,24±5,37, 7,29±7,27 e 30,5%; G4) 5,05±4,89, 7,13±6,35 e 31,1%. Não houve diferença significativa entre os grupos para nenhuma dessas variáveis. A média (±EP, unidade mmol / Kg de peso seco) das concentrações de F no biofilme foram 3,091±0,984a, 1,667±0,410a, 1,448±0,303a e 0,405±0,103b para G1, G2, G3 e G4, respectivamente. As [F]s nas unhas das mãos foram significativamente mais elevadas quando comparadas às dos pés. As mais altas concentrações de F foram encontradas para a pasta comercial, diferindo significativamente dos dentifrícios líquidos. As menores [F]s foram encontradas para o dentifrício de 550 ppm F, diferindo significativamente dos demais dentifrícios. Os dentifrícios líquidos de 1100 ppm F levaram a [F]s intermediárias nas unhas e não diferiram significativamente um do outro. Os resultados sugerem que o dentifrício de baixa concentração de F (550 ppm) e pH acidulado tem a mesma eficácia anti-cáries que os dentifrícios convencionais (1100 ppm F). A redução do pH do dentifrício aumenta a incorporação de F no biofilme sem afetar a concentração de F nas unhas. Portanto, o uso do dentifrício de baixa concentração de F e pH acidulado parece ser uma boa alternativa para prevenir cárie dentária e reduzir a ingestão de F a partir do dentifrício em crianças pequenas.
Título em inglês
Anticaries efficacy of a new low-fluoride liquid acidic dentifrice: a randomized clinical trial
Palavras-chave em inglês
biological markers
dental caries
dental fluorosis
dental plaque
dentifrices
nails
preventive dentistry
Resumo em inglês
The purpose of this study was to evaluate the efficacy of a liquid dentifrice with reduced pH and low fluoride concentration for the prevention of new carious lesions and fluoride uptake in dental biofilm and nails. One thousand four hundred and two 4-year-old schoolchildren with caries experience were randomly allocated to 4 groups, differing according to the dentifrice used for 20 months: G1liquid dentifrice (1,100 ppmF, NaF, pH 4.5, n=345), G2-liquid dentifrice (1,100 ppmF, NaF, pH 7.0, n=343), G3-liquid dentifrice (550 ppmF, NaF, pH 4.5, n=354), G4-commercial toothpaste (control-1,100 ppmF,NaF, pH 7.0, n=360). The liquid dentifrices and toothpaste were applied to the toothbrush using the drop and transverse techniques, respectively. Caries progression (dmfs) was evaluated at baseline and after 12 and 20 months of continuous use of the dentifrices. A subsample of each group participated in the second section. Fingernails and toenails were clipped in two separate occasions, after being allowed to grow for 14 days (n=15 for each group). Plaque samples were collected 1 hr after the last use of the respective dentifrices (n=21 for each group). Plaque and nails [F]s were analyzed with the electrode, after HMDS-facilitated diffusion. dmfs data were analyzed by Kruskal-Wallis test (p<0,05).Plaque data were tested by ANOVA and Tukey's test, while nails data were analyzed by two-way repeated-measures ANOVA and Bonferroni's test (p<0.05). Results: 1,053 children were examined after 20 months (271, 262, 250 and 270 children for G1, G2, G3 and G4, respectively). Mean dmfs(±SD) at baseline, after 20 months and % increment were, respectively: G1) 5.07±5.11, 7.13±6.53 and 30.8%; G2) 4.80±5.00, 6.88±6.78 and 31.9%; G3) 5.24±5.37, 7.29±7.27 and 30.5%; G4) 5.05±4.89, 7.13±6.35 and 31.1%. No significant differences were found among the groups for all the variables tested. Mean (±se, unit mmol/Kg dry weight) plaque [F]s were 3.091±0.984a, 1.667±0.410a, 1.448±0.303a 0.405±0.103b for G1, G2, G3 and G4, respectively. Fingernails [F]s were significantly higher when compared to toenails. The highest [F]s were found for that significantly differed from the experimental liquid dentifrices, except for A (toenails only). The lowest [F]s were found for C, which significantly differed from all the other dentifrices. The experimental 1,100 ppm F dentifrices led to intermediary [F]s in nails and did not significantly differ from each other. Conclusions: The results suggest that the low-fluoride (550 ppm F) acidic dentifrice has the same anticaries effectiveness as the conventional 1,100 ppm F dentifrices. The reduction of the dentifrice pH increases the F uptake in dental plaque and does not affect nails [F]s. Thus, the use of low-fluoride acidic dentifrices seems to be a good alternative to prevent dental caries and reduce the F intake from dentifrice in small children.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-04-16
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.