• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2007.tde-22062007-080350
Documento
Autor
Nome completo
Rute Moreira de Freitas Sant'Anna
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2007
Orientador
Banca examinadora
Lauris, José Roberto Pereira (Presidente)
Bastos, Jose Roberto de Magalhaes
Crosato, Edgard
Título em português
Análise do conhecimento em saúde bucal dos professores de ensino fundamental das escolas públicas de Bauru-SP
Palavras-chave em português
atitudes e prática em saúde
conhecimentos em saúde
educação em saúde bucal
saúde bucal
saúde escolar
Resumo em português
Os professores da rede pública são referenciais de informações sobre saúde bucal para seus alunos, seja por trazer a responsabilidade dos ensinamentos em saúde, ou por estabelecer, pela convivência periódica, oportunidades de trabalhar questões dos cuidados na prevenção das doenças bucais através de suas atitudes e ensinamentos, na construção dos conceitos de saúde em geral aos escolares. Este trabalho teve como objetivo geral analisar o conhecimento dos professores de ensino fundamental da 1ª à 4ª série da rede pública no município de Bauru-SP sobre saúde bucal. Como objetivo específico, investigar qual a atitude desses profissionais, em relação à educação em saúde e promoção de saúde bucal na sala de aula. Foram realizadas entrevistas individuais por meio da aplicação de um questionário semi-estruturado contendo 20 questões abertas e fechadas, com 307 professores, de 24 escolas estaduais e municipais. Verificou-se, neste estudo, resultados em que se destacam: 92,5 % dos entrevistados relataram falar da importância da saúde bucal para os alunos, 36,0 % receberam treinamento de saúde bucal, 48,0 % citaram prevenção à cárie como função do flúor. Por outro lado, 10,7% desconheciam local de acesso ao flúor, 38% responderam não conhecer o que é doença periodontal, e 23% responderam não saber socorrer traumatismo dentário. Concluiu-se que os professores pesquisados demonstraram ter algum conhecimento em saúde bucal, embora em algumas conceituações importantes afirmassem desconhecimento. O reforço de conhecimentos científicos, com práticas educativas e preventivas direcionadas para saúde bucal nas escolas, torna-se relevante visto que muitas vezes são as únicas fontes portadoras dessas informações diárias para os alunos das escolas públicas.
Título em inglês
Analysis of the oral health knowledge of teachers of public schools at Bauru-SP
Palavras-chave em inglês
health education
health knowledge
oral health
school health
Resumo em inglês
Teachers at public schools are references of information on oral health for their students, either due to their responsibility to provide information on health and because of their regular contact with children, opportunity to address questions on the prevention of oral diseases by their attitudes and teaching, and in the establishment of general health concepts in schoolchildren. The general objective of this study was to analyze the oral health knowledge of teachers of public fundamental schools at the city of Bauru, SP. The specific objective was to investigate the attitude of these professionals in relation to health education and oral health promotion in the classroom. Individual interviews were performed by application of a semistructure questionnaire containing 20 open and closed questions to 307 teachers at 24 state and municipal schools. The following results were highlighted in the present study: 92.5% of interviewees mentioned the importance of oral health for the children; 36.0% received training in oral health; 48.0% indicated caries prevention as a function of fluoride; on the other hand, 10.7% were unaware of the sources of access to fluoride; 38% did not know periodontal disease; and 23% answered that they are unable to provide first aid in case of dental trauma. It was concluded that the teachers interviewed have some oral health knowledge, even though they did not have any information on some important aspects. It is important to reinforce the scientific knowledge by educational and preventive practices targeted to oral health in schools, since these are often the only sources providing daily information to students in public schools.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
RuteSantAnna.pdf (7.10 Mbytes)
Data de Publicação
2007-06-25
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.