• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2001.tde-21032005-110733
Documento
Autor
Nome completo
Mônica Sampaio do Vale
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2000
Orientador
Banca examinadora
Garcia, Roberto Brandao (Presidente)
Francisconi, Paulo Afonso Silveira
Lopes, Helio Pereira
Moraes, Ivaldo Gomes de
Souza Filho, Francisco José de
Título em português
Avaliação em microscopias óptica e eletrônica de varredura da adaptação de três cimentos endodônticos à dentina radicular submetida à ação prévia do Laser de Er: YAG, EDTA e solução salina fisiológica
Palavras-chave em português
cimentos endodônticos
EDTA
endodontia
Laser de Er: YAG
microscopia eletrônica
microscopia optica
solução salina fisiológica
Resumo em português
A adaptação dos cimentos endodônticos, Ketac-Endo, AH Plus e Endomethásone, à dentina radicular submetida à ação prévia dos agentes de limpeza final laser de Er:YAG, EDTA a 17% e Solução Salina Fisiológica a 0,9% foi estudada pelas microscopias óptica e eletrônica de varredura. Foram empregados 90 caninos humanos extraídos, que após instrumentação pela técnica escalonada de memória e irrigação com hipoclorito de sódio a 1%, foram divididos em três grupos de 30, de acordo com o agente de limpeza final empregado. No grupo A, empregou-se o laser de Er:YAG intracanal, com parâmetros de 100mJ (energia real de 44mJ), 10pps, durante dez segundos, sob refrigeração a ar, com movimentos circulares no sentido apicocoronário, seguido de irrigação com 20ml de solução salina fisiológica a 0,9%. No grupo B, empregaram-se 5ml de EDTA a 17% durante cinco minutos, seguido de irrigação com solução salina fisiolólgica a 0,9%. No grupo C, empregaram-se 20ml de Solução Salina Fisiológica a 0,9%. Após secagem, os canais radiculares foram armazenados em solução salina fisiológica a 0,9% durante 48 horas. Cada grupo foi então dividido em três subgrupos de dez,de acordo com o cimento endodôntico. Os 90 canais radiculares foram obturados pela técnica clássica, seguida da condensação lateral ativa da guta-percha. Após comprovação radiográfica da obturação os canais foram vedados com Cimpat no terço cervical e forame apical, e as raízes armazenadas em solução salina fisiológica a 0,9% em umidade de 100% a 37oC, durante 30 dias. Em seguida, foram seccionadas transversalmente a 5mm do ápice radicular, fotografadas com aumento de quatro vezes e submetidas à análise em microscopia óptica. Para a análise em microscopia eletrônica de varredura, as secções apicais foram moldadas em silicona Aquasil e os moldes obtidos foram metalizados e fotografados em aumentos que variaram de 50 a 200 vezes. As fotos obtidas pelas microscopias foram escaneadas e transferidas para um programa de medida de área (SigmaScan) para mensuração das áreas preenchidas pelos materiais obturadores e das possíveis fendas entre material obturador e parede do canal radicular. Diante dos resultados obtidos com a metodologia empregada e da discussão apresentada pudemos concluir que: 1- Os agentes de limpeza final empregados exerceram efeito diferenciado na adaptação dos cimentos testados. O laser de Er:YAG interferiu na adaptação de todos os cimentos, o EDTA melhorou a adaptação do Endomethásone e do AH Plus em relação ao laser de Er:YAG e à solução salina fisiológica a 0,9% e a solução salina fisiológica melhorou a adaptação do Ketac-Endo, em ambas microscopias empregadas. 2- O Endomethásone apresentou a pior adaptação entre os cimentos e o AH Plus apresentou a melhor adaptação com EDTA na microscopia eletrônica de varredura. 3- A associação das microscopias óptica e eletrônica de varredura mostrou ser um método confiável na detecção das fendas, sendo que a microscopia eletrônica de varredura propiciou melhor visualização. 4- Todos os cimentos testados apresentaram alteração dimensional, verificando-se contração para o Ketac-Endo, expansão para o Endomethásone e AH-Plus, sendo que o AH Plus mostrou-se mais próximo da estabilidade dimensional.
Título em inglês
Optical and scanning electron microscopic avaliations of three endodontic sealers adaptation to dentinal root submitted to the previous action of Er: YAG laser, EDTA and saline solution
Resumo em inglês
The adaptation of endodontic sealers, Ketac-Endo, AH Plus and Endomethásone to dentinal root submitted to the previous action of final Er:YAG laser cleaning agents, EDTA at 17% and a saline solution at 0.9% was studied by Optical and Scanning Electron Microscopy. Ninety extracted human canines were employed, and following the step back technique preparation and irrigation with sodium hypochlorite solution they were divided into three groups with thirty teeth each, according to the final cleaning agent used. In group A, Er:YAG laser was used intracanal, with the following parameters: 100mJ (real energy 44mJ), 10pps, for 10 seconds under air cooling with circular movements in apicocervical direction and the canals were irrigated with 20ml saline solution at 0.9%. In group B, 5ml of EDTA at 17% irrigated the root canals for 5 minutes, followed by a saline solution at 0.9%. In group C, a saline solution at 0.9% was employed to irrigate the root canals. After drying, the roots were stored in a saline solution at 0.9% for 48 hours. Each group was divided into three subgroups of ten, according to the selected endodontic sealer. The ninety root canals were filled through standard technique, followed by gutta-percha lateral condensation. Following radiographic filling proof, the root canals were sealed with Cimpat in the cervical third and at the apical foramen, and the roots stored in a 0.9% saline solution at 37oC and 100% humidity for 30 days. Afterwards, they were transversally secctioned at 5mm to the root apex, and photographed with a 4x magnification, and submitted to optical microscopic analysis. Before the Scanning Electron Microscopic analysis, the apical root sections were molded with Aquasil and the obtained replicas metallized and photographed with 50x and 200x magnifications. The resulting images, in both microscopies, were scanned and transferred to the area measurement software program (SigmaScan) to measure the areas filled by endodontic materials and the failed areas between the endodontic material and the root canal walls. Through the results with the selected methodology and by means of the presented discussion, we could conclude that: 1- The final cleaning agents employed in the root canals presented different effects in the adaptation of the endodontic sealers. The Er:YAG laser was harmful to the adaptation of all the endodontic sealers; the EDTA improved the adaptation of Endomethásone and AH Plus and the 0.9% saline solution improved the adaptation of Ketac-Endo in both microscopies. 2- Endomethásone presented the worst adaptation compared to the other sealers and AH Plus presented the best adaptation with EDTA by Scanning Electron Microscopic analysis. 3- The Optical Microscopy associated with the Scanning Electron Microscopy proved to be a safe method in detecting filling failures, being, the Scanning Electron Microscopy the best. 4- All endodontic sealers presented dimensional alterations, Ketac-Endo presented contraction, Endomethásone and AH Plus presented expansion, being, AH Plus closer to dimensional stability.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MonicaVale.pdf (1.24 Mbytes)
Data de Publicação
2005-04-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.