• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2004.tde-16082005-165816
Documento
Autor
Nome completo
Norberto Juarez Broon
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2004
Orientador
Banca examinadora
Bramante, Clovis Monteiro (Presidente)
Bernardineli, Norberti
Esberard, Roberto Miranda
Título em português
Tratamento de perfurações radiculares em dentes de cães com Agregado Trióxido Mineral (MTA) e cimento Portland com e sem cloreto de cálcio.
Palavras-chave em português
perfuração
raiz dentária
Resumo em português
Diversos materiais têm sido utilizados para selar as perfurações e atualmente o Agregado Trióxido Mineral (MTA) vem obtendo bons resultados. Devido à semelhança desse material com o cimento Portland e a utilização dos aditivos na construção civil, feitos a base de cloreto de cálcio, o propósito deste trabalho foi avaliar a resposta dos tecidos periodontais inter-radiculares de dentes de cães, após perfurações e selamento com ProRoot MTA, MTA-Angelus e cimento Portland branco, aos quais se adicionou ou não cloreto de cálcio a 10%. Fizeram parte da pesquisa 4 cães, de 18 a 24 meses de idade, dos quais foram utilizados 36 dentes (pré-molares superiores e inferiores), perfurados com uma broca STP 58 (2,15 mm X 0,585 mm), em baixa rotação, no terço cervical da raiz mesial, em direção à furca. As perfurações foram seladas imediatamente com os materiais em teste. Após 90 dias, os animais foram sacrificados por perfusão e as peças, processadas para análise microscópica, obtendo-se cortes com 5 µm de espessura, abrangendo o local da perfuração e a área adjacente. Os resultados mostraram neoformação de tecido mineralizado, fechando total ou parcialmente as perfurações, porém, com inflamação, especialmente nos dentes onde houve extravasamento de material selador. O teste estatístico de Kruskall-Wallis demonstrou não haver diferença estatisticamente significante entre os materiais testados (p>0,05). Todos os materiais com e sem cloreto de cálcio, mostraram resposta favoravél, criando condições biológicas que favoreceram o reparo no local da perfuração e nos tecidos periodontais inter-radiculares.
Título em inglês
Treatment of root perforations in dogs' teeth with Mineral Trioxide Aggregate (MTA) and Portland cement with and without calcium chloride.
Resumo em inglês
Several materials have been employed for sealing of perforations, and currently the Mineral Trioxide Aggregate (MTA) has been presenting good results. Because of the similarity between this material and the Portland cement, and considering the utilization of calcium chloride-based additives in civil construction, the purpose of this study was to evaluate the response of interradicular periodontal tissues of dogs’ teeth after perforation and sealing with ProRoot MTA, MTA-Angelus and white Portland cement, to which 10% calcium chloride was added or not. Four dogs aged 18 to 24 months were used, adding up to 36 teeth (maxillary and mandibular premolars), which were perforated with a STP 58 bur (2.15mm X 0.585mm) at lowspeed, on the cervical third of the mesial root towards the furcation. Perforations were immediately sealed with the materials investigated. After 90 days, the animals were killed by perfusion and the specimens were processed for microscopic analysis, for achievement of 5-µm thick sections involving the site of perforation and adjacent area. The results demonstrated new formation of mineralized tissue, with total or partial closure of the perforations, yet with inflammation, especially in teeth presenting overflow of sealing material. The Kruskall Wallis statistical test did not demonstrate any statistically significant difference between the materials investigated (p>0.05). All the materials with and without calcium chloride showed good response creating biological conditions that favored the repair in the root perforations and periodontal tissues.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2005-08-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.