• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2004.tde-15032005-101055
Documento
Autor
Nome completo
Patrícia de Almeida Rodrigues da Silva e Souza
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2004
Orientador
Banca examinadora
Bernardineli, Norberti (Presidente)
Azevedo, Paulo Cesar
Conti, Paulo Cesar Rodrigues
Duarte, Marco Antonio Hungaro
Moraes, Ivaldo Gomes de
Título em português
"Estudo 'in vitro' da infiltração bacteriana em obturações radiculares em dentes bovinos (influência do uso do E.D.T.A. à 17% e do laser de Er:YAG e Nd:YAG"
Palavras-chave em português
dente
endodontia
infiltração dentária
obturação do canal radicular
Resumo em português
Avaliou-se in vitro a infiltração da bactéria E.Faecalis no sentido coroa-ápice em obturações radiculares de dentes bovinos, variando-se a forma de remoção da smear layer. Noventa dentes foram limpos e 10mm radiculares foram utilizados neste experimento. As raízes foram instrumentadas pela técnica clássica com limas tipo K n.90, 110 e 120 sob irrigação abundante com solução de hipoclorito de sódio a 1%. Após, foram divididas em quatro grupos experimentais: Grupo I: aplicação do laser de Nd:YAG com 15Hz e 1,5W de potência, aplicado pelo método de contato, no sentido ápice –coroa, em movimentos helicoidais de retirada, com cinco segundos de aplicação por quatro vezes; GRUPO II: uso do laser de Nd:YAG à semelhança do GRUPO I, entretanto os parâmetros foram os seguintes: 15Hz, 2,0W; GRUPO III: representado pelo laser de Er:YAG utilizado com energia de 150mJ/10HZ em quatro aplicações de cinco segundos, aplicado da mesma forma que os grupos anteriores. GRUPO IV: realizou-se a remoção da “smear layer’ com a aplicação da solução de E.D.T.A a 17% por três minutos; GRUPO V e VI: nos dois grupos controle, positivo e negativo,a remoção da Sl foi realizada de forma semelhante ao grupo IV. Em seguida, realizou-se a obturação radicular pela técnica da condensação lateral e cimento AH Plus. Somente o grupo V foi obturado com um cone único sem cimento obturador. Foi desenvolvido um aparato especial para a análise da infiltração bacteriana que consistia dos seguintes passos: inclusão das raízes em tubos de plásticos tipo eppendorf, impermeabilização das raízes, esterilização em óxido de etileno, montagem posterior em frascos de vidro contendo no seu interior BHI estéril. Na porção superior do tubo de plástico, foram aplicados 500µL de E. faecalis ATCC 29212, padronizada em 5x105 UFC/mL. Todo esse conjunto foi armazenado em 37O.C. A infiltração bacteriana, verificada pela turvação do meio de cultura estéril, foi checada diariamente por um período de 21 dias. Aproximadamente 78% das amostras infiltraram. Na análise comparativa entre os grupos, o teste do Qui-quadrado, revelou diferença estatisticamente significante (p<0.05), assim para as comparações individuais foi aplicado o teste de Tukey, com diferenças entre os grupos II e III e entre os grupos II e IV 0,05). Quanto ao tempo necessário para a infiltração o teste de Kruskal- Wallis mostrou haver diferença estatisticamente significante entre os grupos (p<0,05). Para identificar em quais grupos existia essa diferença, o teste de Dunn foi utilizado revelando diferença estatisticamente significante apenas entre os grupos II e IV (p< 0,05). Assim concluiu-se que a obturação radicular pela técnica da condensação lateral com cimento AH Plus é incapaz de impedir a infiltração bacteriana quando exposta a um meio de cultura; em função da diferença do número de espécimes infiltrado em cada grupo, verificou-se que o tipo de tratamento da dentina influencia no grau de infiltração bacteriana; o uso do laser de ER:YAG e Nd:YAG nesses parâmetros não mostrou benefício quanto à diminuição da infiltração bacteriana.
Resumo em inglês
This study assessed bacteria (E. Faecalis) penetration from crown to apex through root fillings in bovine teeth, according to the smear layer treatment. Ninety teeth were cleaned and 10mm of root cut to be used in the experiment. The canal was prepared using the classic instrumentation technique with 110, 120 and 130 Kerr files under 1% sodium hypoclorite. The teeth were divided into the following groups: I- Contact application of Nd:Yag laser – 15Hz and 1,5W - in the apex-crown direction during 5 seconds (four times). II- In this group the same laser beam was used (Nd:YAG), however, with 15 Hz and 2,0W. III- Er:YAG laser with an output of 150mJ, with repetition rate of 10 Hz in four applications of 5 seconds, with circular movements in the apex crown direction throughout the canal wall, for 20 seconds. IV- (20 teeth) In this group the smear layer was removed with 17% of EDTA solution during 3 minutes, in both control groups. Next, the root canals were filled using lateral condensation technique and AH Plus cement. In the group V the root canals were filled with just one point without cement to simulate a deficient sealing. A special device was developed to analyze the bacterial penetration as follows: root placement in eppendorf plastic tubes, impermeabilization, sterilization with ethylene oxide, and posterior set in vials with BHI sterile. On the upper part of the plastic tube was applied 500 µL of E. Faecalis ATCC 29212, standardized in 5X105 UFC/mL. All this set were stored at 36 oC. The bacterial penetration was determined according to the blurriness culture. , checked daily, for 21 days. In the comparative analysis among groups, the Chi-squared test revealed significant differences (p=0,0024). So, the comparative test of Tukey was performed, that showed differences between groups II and III and groups II and IV (p< 0,05). Regarding the necessary time for bacteria penetration the Kruskall-Wallis test depicted differences among the groups. The Dunn test identified the differences between groups II and IV (p<0,05)
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
PatriciaSilvaeSouza.pdf (804.08 Kbytes)
Data de Publicação
2005-04-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.