• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2002.tde-15032005-095823
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Henrique Ribeiro Camargo
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2002
Orientador
Banca examinadora
Bernardineli, Norberti (Presidente)
Bonetti Filho, Idomeo
Machado, Maria Aparecida de Andrade Moreira
Moraes, Ivaldo Gomes de
Valera, Marcia Carneiro
Título em português
"Avaliação do PH e liberação de cálcio, na utilização intracanal de pastas à base de hidróxido de cálcio, em função do tempo e de diferentes veículos: estudo realizado em dentes humanos e bovinos"
Palavras-chave em português
cálcio
canal radicular
hidróxido de cálcio
Resumo em português
O propósito deste trabalho foi o de avaliar “in vitro” as alterações do pH e liberação de íons cálcio, após a utilização intracanal, de pastas de hidróxido de cálcio com diferentes veículos. Nesse estudo foram utilizados 92 dentes, unirradiculados humanos e bovinos, após a remoção das coroas, realizou-se o preparo biomecânico 1mm aquém do forame com irrigação de hipoclorito de sódio 2,5%, seguido de irrigação final com EDTA. No terço médio de cada espécime, na face vestibular, foi realizado um preparo com 4mm de comprimento X 2mm de largura e 1mm de profundidade. As raízes foram divididas em dois grupos: 46 humanas e 46 bovinas. Cada grupo foi subdividido em 4 subgrupos de acordo com o veículo a ser utilizado, subgrupo 1: detergente; subgrupo 2: solução salina; subgrupo 3: polietilenoglicol 400 + paramonoclorofenol canforado (Calen PMCC) e subgrupo 4: polietilenoglicol 400 + paramonoclorofenol furacinado (PMCF). A raízes foram impermeabilizadas externamente, exceto na área da cavidade. Cada espécime foi imerso individualmente em frascos contendo 4ml de solução salina fisiológica e, mantidos à 370C. As mensurações de pH e liberação de cálcio foram feitas aos 7 e 14 dias. As raízes humanas e bovinas permitiram um comportamento semelhante para a análise de pH e da liberação de cálcio. O Calen PMCC foi estatisticamente superior em todas as análises, seguido pelo PMCF e solução salina, que se equivaleram e por último o detergente foi estatisticamente inferior aos demais grupos. O período de 14 dias se mostrou mais adequado, mostrando aumento na liberação iônica.
Resumo em inglês
The purpose of this study was to do an " in vitro " evaluating the alterations of the pH and the liberation of calcium ions, after the intracanal use of calcium hydroxide pastes with different vehicles. In this study 92 single-rooted human and bovine teeth were used. The crowns of the teeth were removed a de root preparation was made in 1mm short the foramen. Sodium hypochlorite 2,5%, was used to irrigation, followed by final irrigation EDTA. In the medium third of each specimen, in the buccal surface, a external cavity was accomplished with 4mm of length X 2mm of width and 1mm of depth. The roots were divided in two groups: 46 human and 46 bovine. Each group was subdivided in 4 subgroups in agreement with the vehicle to be used, subgroup 1: detergent; subgroup 2: saline; subgroup 3: polyetilenoglicol 400 + camphorated paramonochlorophenol (Calen PMCC) and I group 4: polyetilenoglicol 400 + furacin paramonochlorophenol (PMCF). To roots they were waterproof externally, except in the cavity. Each specimen was immersed in an individual vials containing 4ml of physiologic saline solution, maintained to 370C. The measurements of the pH and calcium liberation were made to the 7 and 14 days. The human and bovine roots allowed a similar behavior for the pH analysis and of the liberation of calcium. Calen PMCC had statistically better in all analyses, followed for PMCF and saline that was equal and last the detergent that was statistically worst. The period of 14 days was shown more appropriate, showing increase in the ionic liberation.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CarlosHRCamargo.pdf (853.84 Kbytes)
Data de Publicação
2005-04-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.