• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2003.tde-28032006-144822
Documento
Autor
Nome completo
Maria Luiza Esteves Pacheco Lagos
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2003
Orientador
Banca examinadora
Passanezi, Euloir (Presidente)
Bosco, Alvaro Francisco
Greghi, Sebastiao Luiz Aguiar
Título em português
Participação da mastigação e da gengiva ceratinizada na fisiologia do sulco gengival.
Palavras-chave em português
gengiva
mastigação
periodontia
Resumo em português
Com o intuito de avaliar o comportamento homeostático do sulco gengival em função da quantidade de gengiva ceratinizada, direcionando-se a análise para a variação da quantidade de fluido gengival produzida pelo estimulo da mastigação de alimentos fibrosos (carne bovina), foram selecionados 16 pacientes com boas condições de saúde geral e áreas de pré-molares e molares homólogas, saudáveis clinicamente, apresentando no lado experimental faixa adequada de gengiva ceratinizada (Grupo A ?2mm) e no lado controle faixa insuficiente de gengiva ceratinizada (Grupo I < 2mm). Os parâmetros clínicos avaliados foram: Índice de placa bacteriana, Índice de sangramento gengival, Profundidade de sondagem, Quantidade de gengiva ceratinizada e Quantidade de fluido gengival. A quantidade de fluido gengival foi obtida antes e após a mastigação de alimento fibroso culinariamente preparado, por 10 minutos, sendo avaliada por meio da impregnação de tiras de filtro de papel absorvente. Conforme proposta de LÖE; HOLM-PEDERSEN, a coleta do fluido gengival foi inicialmente feita por meio da colocação do papel sobre o dente e a mucosa, para embebição do papel na região da mucosa alveolar (P1A) e da margem gengival (P1B), seguindo-se a colocação de outra tira com sua extremidade junto ao orifício de entrada do sulco gengival (P2). Uma terceira tira foi disposta intrasulcularmente (P3), conforme proposto por BRILL e KRASSE. Todas as áreas foram secas previamente com jato de ar e as tiras de papel foram mantidas por 1 minuto em cada posição de cada grupo, depois removidas, deixadas a secar pelo calor, e em seguida embebidas em solução alcoólica de ninidrina a 2%, deixadas secar, e posteriormente as áreas coradas foram medidas com paquímetro digital na sua extensão longitudinal. Os dados coletados foram estatisticamente avaliados por meio do teste "t" de Student pareado. Os dados obtidos neste estudo permitiram concluir que a maior quantidade de gengiva ceratinizada resulta em melhor comportamento homeostático do periodonto marginal, pois esta interfere no processo de extravasamento do fluido gengival; a mastigação influencia a quantidade de fluido extravasado marginalmente como fluido gengival; quanto maior a faixa de gengiva ceratinizada, tanto maior parece ser a defesa natural do sulco gengival
Resumo em inglês
With the intention of assessing the gingival crevice homeostatic behavior in relation to the keratinized gingiva, and more specifically, directing the analysis to the variation of gingival fluid produced by the chewing of fibrous foods (bovine meet), it was chosen 16 patients in good general health and with clinically healthy homologous pre-molars and molars. The patients presented on the experimental side adequate width of keratinized gingiva (Group A?2mm), and on the control side insufficient width of keratinized gingiva (Group B < 2mm). The clinical indexes used were: plaque index (PI), gingival bleeding index (GBI), probing depth (PD), keratinized gingiva width (KGW) and amount of gingival fluid (GF). The amount of gingival fluid was collected before and after the chewing of cooked fibrous food (bovine meat) for ten minutes by the use of absorbing filter paper strips - PerioPaper. The collection of gingival fluid according to LÖE; HOLM-PEDERSEN was initially carried out by the placement of the PerioPaper over the tooth and the mucosa for the staining of the paper strips in the alveolar mucosa region (P1A) and the gingival border (P1B). After that the tip of another strip of paper was placed at the entrance of the gingival crevice (P2). Finally, a third strip was placed intracrevicularly (P3) as proposed by BRILL. All the areas were previously dried with a jet of air, and the strips of papers were kept in place for 1min in each of the positions in each group, then removed, allowed to dry and immersed in a nihidrine solution at 2%. After drying the stained areas were measured longitudinally with a digital caliper. The data collected was statistically assessed through Student's paired "t" test. The results in this study seem to lead to the conclusion that a greater width of keratinized gingiva results in a better homeostatic behavior of the marginal periodontum, since it interferes with the gingival fluid leaking process: chewing influences the amount of fluid leaked marginally as gingival fluid: the greater the keratinized gingiva the greater seems to be the natural defenses of the gingival crevice
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2006-04-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.