• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2003.tde-14032005-095218
Documento
Autor
Nome completo
Carla Andreotti Damante
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2003
Orientador
Banca examinadora
Greghi, Sebastiao Luiz Aguiar (Presidente)
Groth, Eduardo de Bortoli
Stipp, Antonio Carlos Marconi
Título em português
Avaliação clínica e histológica dos efeitos do laser de baixa potência (GaAIAs) na cicatrização de gengivoplastia em humanos
Palavras-chave em português
Cicatrização
Gengivoplastia
Laser
Resumo em português
A terapia com laser em baixa intensidade visa, principalmente, supressão da dor e aceleração da cicatrização de feridas. Este estudo teve por objetivo, avaliar clinica e histologicamente os efeitos do laser de arseneto de gálio e alumínio (GaAlAs) – 670nm na aceleração da cicatrização de gengivoplastias em 13 pacientes. Após a cirurgia, o lado direito (teste) recebeu aplicação do laser com dose de 4J/cm², a cada 48h, durante 1 semana, totalizando 4 sessões. O lado esquerdo (controle) não foi irradiado. Cinco examinadores avaliaram, comparativamente, o aspecto clínico da cicatrização através de fotografias dos períodos pós-cirúrgicos de 7, 14, 21,30 e 60 dias. Nos períodos de 7 a 21 dias, houve preferência ora por um, ora por outro lado como o mais bem cicatrizado e nos períodos subseqüentes, ambos foram considerados iguais. Para a avaliação histológica, foram realizadas biópsias incisionais, próximas da papila mesial dos caninos, em ambos os lados, nos períodos pós-operatórios de 7,14, 21 e 60 dias. A análise morfométrica da maturação epitelial e conjuntiva mostrou que a cicatrização ocorreu dentro de parâmetros normais em ambos os lados. Para a análise estatística dos dados clínicos foram utilizados os testes dos sinais e Kappa. Houve baixa concordância entre examinadores com valores médios de Kappa entre 0,17 e 0,36. Para os dados morfométricos aplicou-se o “teste t” pareado, com nível de significância de 5%. (P<0,05). Os resultados não mostraram diferenças estatisticamente significantes entre os grupos, levando à conclusão que, do ponto de vista clínico e histológico, o laser não influenciou a cicatrização da mucosa bucal.
Título em inglês
CLINICAL AND HISTOLOGICAL EVALUATION OF THE EFFECTS OF LOW-LEVEL LASER (GaAlAs) ON WOUND HEALING FOLLOWING GINGIVECTOMY IN HUMANS
Resumo em inglês
The main goal of this research was to clinically and histologically evaluate the effects of Aluminum Gallium Arsenate laser – 670nm in acceleration of wound healing after gingivoplasty in 13 patients. After surgery the right side of the patient (test group), received a laser dose of 4J/cm², in 48-hour intervals, during one week, totalizing 4 sessions. The left side (control group) did not receive irradiation. Five blind observers evaluated the clinical aspect of wound healing through photography of the treated areas at post surgical periods of 7, 14, 21, 30, 60 days. There was a tendenc y of choosing sometimes one side, sometimes the other as better healed until 21 days, and for the following periods both sides were considered equal. For histological analysis, incisional biopsies were performed on the mesial papilla of canines on both sides. Specimens were taken at 7, 14, 21 and 60 days post surgically. Morphometric analysis was carried out at epithelium and connective tissue and revealed normal healing parameters for both sides. For clinical evaluation the Sign and Kappa tests were used as statistical analysis. There was little agreement between examiners (mean Kappa values of 0,17 to 0,36). For the morphometric study, differences between the control group and experimental group were analyzed using the Student’s paired t-test with a confidence interval of 5% (p<0,05). The results obtained did not show statistically significant differences between the groups suggesting that clinically and histologically the laser therapy did not influence the healing of oral mucosa.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2005-03-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.