• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Fernanda Costa Grizzo de Sampaio Góes
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2002
Orientador
Banca examinadora
Oliveira, Denise Tostes (Presidente)
Altemani, Albina Messias de Almeida Milani
Biazolla, Eder Ricardo
Kowalski, Luiz Paulo
Landman, Gilles
Título em português
Carcinoma escamoso basalóide na mucosa bucal: comportamento clínico, prognóstico e análise da expressão de PCNA, p53, BAX e BCL-X
Palavras-chave em português
carcinoma de células escamosas
mucosa oral
Resumo em português
O carcinoma escamoso basalóide (CEB) tem sido considerado uma das variantes mais agressivas do carcinoma espinocelular (CEC), acometendo preferencialmente a base da língua, a hipofaringe e a laringe. Um total de 776 carcinomas espinocelulares primários de boca, cirurgicamente excisados entre 1970 e 2000, foram revisados dos arquivos dos Departamentos de Patologia e de Cirurgia de Cabeça e Pescoço e Otorrinolaringologia do Hospital do Câncer A.C. Camargo. Dezessete CEBs foram identificados e analisados comparativamente a 27 CECs pouco diferenciados com estadiamento e localização equivalentes, quanto ao gênero, idade, raça, tabagismo, etilismo, localização do tumor primário, classificação pelo sistema TNM, tratamento, ocorrência de recidiva tumoral, metástases em linfonodos regionais, a distância e de segundo tumor primário. Analisaram-se a morfologia tumoral e a expressão dos marcadores de proliferação celular e apoptose: PCNA, p53, Bax e Bcl-X. As probabilidades de sobrevida, acumuladas nos períodos de 5 e 10 anos para ambos grupos tumorais, foram calculadas pelo método de Kaplan-Meier, sendo a influência das variáveis clínicas e microscópicas no prognóstico avaliada pelo modelo de regressão de Cox. Morfologicamente, a maioria dos CEBs apresentou configuração tumoral sólida/lobular, disposição em paliçada das células periféricas, espaços císticos, comedonecrose, hialinização intra e peritumoral, disjunção epitélio tumoral/conjuntivo e associação com o componente escamoso. Nenhuma diferença estatística foi detectada entre os grupos CEB e CEC quanto às características demográficas, clínicas e quanto à expressão dos marcadores PCNA, p53 e Bcl-X. O CEB apresentou, comparativamente ao CEC, maior expressão da proteína Bax (p=0,031). As probabilidades de sobrevida global, sobrevida específica e sobrevida livre de doença acumuladas em 5 e 10 anos para os pacientes com CEB e com CEC foram semelhantes. O estadiamento clínico N constituiu um fator prognóstico independente para os pacientes com carcinoma escamoso basalóide e carcinoma espinocelular pouco diferenciado na mucosa bucal. A morfologia tumoral, bem como a expressão dos anticorpos PCNA, p53, Bax e Bcl-X, não foram fatores prognósticos significativos. Estes resultados sugerem que, o CEB e o CEC pouco diferenciado com localização e estadiamento clínico equivalentes na boca, apresentam comportamento clínico e biológico similares. Assim sendo, os pacientes acometidos por estes tumores podem ser submetidos aos mesmos protocolos terapêuticos.
Título em inglês
ORAL BASALOID SQUAMOUS CELL CARCINOMA: ANALYSIS OF THE CLINICAL BEHAVIOR, PROGNOSIS, AND EXPRESSION OF PCNA, p53, BAX AND BCL-X
Resumo em inglês
Basaloid squamous cell carcinoma (BSCC) has been recognized as an agressive variant of conventional squamous cell carcinoma (SCC), that arises predominantly in the base of the tongue, hypopharynx and larynx. A total of 776 cases of surgically excised primary oral squamous cell carcinomas from the files of Otohinolaryngology, Head and Neck Surgery, and Pathology Departments of the Cancer Hospital A.C. Camargo, from 1970 to 2000 were retrospectively reviewed. Seventeen cases of BSC were identified and clinically compared with 27 poorly differentiated SCC, with equivalent localization and clinical stage using the following parameters: patient gender, age, race, tobacco and alcohol abuse, stage by the TNM-UICC, localization, lymph nodes involvement, treatment, local and cervical recurrences, distant metastasis and second primary tumors. In addition, we investigated the morphologic features and the expression of proliferative and apoptose markers: PCNA, p53, Bax and Bcl-X. The 5 and 10-year survival rates were calculated by Kaplan-Meier method and the prognostic value of the clinical and microscopic variables was obtained by Cox regression models. The histopathologic analysis showed that BSCC was arranged in solid lobules with abundant comedo-type necrosis, peripheral cells with nuclear palisading, microcystic spaces, stromal and intratumoral hialinosis, tumor/stroma disruption and association with squamous cell component. No statistically significant differences were found between group BSSC and SCC, with regard to clinical features and immunohistochemical reactivity for antibodies PCNA, p53 and Bcl-X. In comparison with SCC, BSCC group showed higher Bax score (p=0,031). The 5-year and 10-year overall survival, cancer specific survival and disease free survival rates showed no significant differences between BSC and SCC groups. The N clinical stage presented an independent prognostic factor for the oral BSC and SCC patients. The histological features and immunohistochemical markers: PCNA, p53, Bax , and Bcl-X, showed no prognostic value. These results suggest that the clinical and biologic course of BSCC is similar to the SCC when clinical stage, site and treatment are matched. In this way, patients presenting these tumors can undergo the same therapeutical protocols.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2005-01-18
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • SAMPAIO-GOES, F. C. G., et al. Carcinoma escamoso basalóide e carcinoma espinocelular pouco diferenciado na mucosa bucal: análise clínica e prognóstico. Pesquisa Odontológica Brasileira, 2002, vol. 16, p. 121-121. Resumo.
  • SAMPAIO-GOES, F. C. G., et al. Oral basaloid squamous cell carcinoma and poorly differentied squamous cell carcinoma: clinical analysis and prognosis. Revista Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço, 2002, vol. 28, nº 3, p. 55-55. Abstract.
  • SAMPAIO-GOES, F. C. G., et al. Prognoses of oral basaloid squamous cell carcinoma and squamous cell carcinoma: a comparison. Archives of Otolaryngology, Head & Neck Surgery, 2004, vol. 130, nº 1, p. 83-86.
  • Sampaio-Góes, Fernanda C. G., et al. Expression of PCNA, p53, Bax, and Bcl-X in oral poorly differentiated and basaloid squamous cell carcinoma: Relationships with prognosis [doi:10.1002/hed.20258]. Head & Neck [online], 2005, vol. 27, nº 11, p. 982-989.
  • SAMPAIO-GOES, F. C. G., et al. Carcinoma Escamoso Basalóide Bucal: Prognóstico e Análise da Expressão de PCNA, p53, Bax e Bcl-X. In X Fórum de Pesquisa Básica e Clínica em Câncer de Cabeça e Pescoço., São Paulo, 2003. X Fórum de Pesquisa Básica e Clínica em Câncer de Cabeça e Pescoço.., 2003. Resumo.
  • SAMPAIO-GOES, F. C. G., et al. Carcinoma Escamoso Basalóide e Carcinoma Espinocelular Pouco Diferenciado na Mucosa Bucal: Análise Clínica e Prognóstico. In IX Fórum de Pesquisa Básica e Clínica em Câncer de Cabeça e Pescoço., São Paulo, 2002. IX Fórum de Pesquisa Básica e Clínica em Câncer de Cabeça e Pescoço.., 2002. Resumo.
  • SAMPAIO-GOES, F. C. G., et al. Prognosis of patients with oral basaloid squamous cell carcinoma and squamous cell carcinoma. In Annual Meeting of American Head and Neck Society, Nashville, 2003. Annual Meeting of American Head and Neck Society., 2003. Abstract.
  • SAMPAIO-GOES, F. C. G., et al. Prognóstico de pacientes com carcinoma escamoso basalóide e carcinoma espinocelular de boca. In XIX Congresso Brasileiro de Cirurgia de Cabeça e Pescoço, Curitiba, 2003. XIX Congresso Brasileiro de Cirurgia de Cabeça e Pescoço., 2003. Resumo.
  • SAMPAIO-GOES, F. C. G., R.G.DORTA, e OLIVEIRA, D. T. Sialometaplasia necrotizante: relato de caso. In VIII Congresso e XXVI Jornada Brasileira de Estomatologia, Brasília, 2000. XXVI Jornada Brasileira de Estomatologia., 2000. Resumo.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.