• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2005.tde-28032006-115210
Documento
Autor
Nome completo
Mariana Ribeiro de Moraes Rego
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2005
Orientador
Banca examinadora
Bonachela, Wellington Cardoso (Presidente)
Araujo, Carlos dos Reis Pereira de
Pinto, Joao Henrique Nogueira
Título em português
Estudo comparativo do desajuste cervical, infiltração marginal e resistência à tração de copings metálicos cimentados sobre abutments tipo UCLA preparados com diferentes desenhos de margens
Palavras-chave em português
coroas dentárias
resistência a tração
Resumo em português
O objetivo desse estudo foi comparar o desajuste cervical, a infiltração marginal e a resistência à tração de copings metálicos cimentados sobre abutments tipo UCLA preparados com três diferentes desenhos de margens: ombro, chanfro profundo e chanferete. Para isso, três abutments UCLA calcináveis receberam preparos padronizados, variando apenas os desenhos de término cervical. Réplicas desses abutments foram industrialmente confeccionadas, sendo 20 de cada desenho de margem, formando assim, os três grupos experimentais. Esses abutments foram fundidos e sobre eles, encerados e fundidos copings metálicos para coroas metalo-cerâmicas. O desajuste cervical foi avaliado em um microscópio comparador Mitutoyo, antes e após a cimentação provisória com TempBond NE. Pela subtração desses valores, foram obtidos os valores de desajuste cervical final para cada espécime. Os espécimes foram então redivididos em dois grupos de 30, com 10 espécimes de cada desenho de margem, sendo que um foi submetido a testes de tração e outro a testes de infiltração marginal após um período de 30 dias. Os valores obtidos foram submetidos aos testes estatísticos. Com relação ao desajuste cervical o teste ANOVA mostrou não haver diferença estatisticamente significante (p > 0.05) entre os grupos avaliados. O mesmo foi comprovado pelo teste de Kruskall-Walis com relação à infiltração marginal. Sobre a resistência à tração, ficou comprovado pelo teste ANOVA, haver diferença estatisticamente significante entre os grupos (p < 0.05). Assim, o teste de Tukey mostrou que essa diferença foi encontrada apenas quando comparados os desenhos em chanferete e chanfro profundo, sendo que o último apresentou maiores valores retentivos. Testes de correlação foram conduzidos para avaliar se houve influência do desajuste cervical na infiltração e na retenção dos copings metálicos, porém, esta correlação não foi estatisticamente significante (p > 0.05). Dessa forma, pôde-se concluir que os diferentes desenhos de margem não influenciaram o desajuste cervical ou a infiltração marginal dos copings metálicos, entretanto, em relação à resistência à tração o desenho em chanfro profundo mostrou valores maiores que o desenho em chanferete, sem apresentar diferenças quando comparado ao desenho em ombro. Pôde-se concluir ainda que não há correlação entre desajuste cervical e infiltração marginal ou retenção dentro das variáveis avaliadas nesse estudo
Resumo em inglês
The aim of this study was to evaluate the cervical disadjustment, the marginal leakage and the tensional strength of metalic supra-structures wich were cemented on UCLA abutments with three different margin designs: shoulder, chamfer and deep chamfer. For that, three UCLA abutments received standardized full crown preparations, where only the margin designs varied. Sixty reproductions of these abutments were custom-made, 20 of each margin design, forming the three experimental groups. These abutments were casted and over them, metalic supra-structures were waxed and casted. The cervical disadjustment was evaluated in a travelling microscope, before and after the cementation with TempBond NE. By the subtraction of these values, the final cervical disadjustment values were obtained for each specimen. The specimens were reorganized in two groups of thirty specimens each, with 10 of each margin design. One of these groups was subjected to tensional tests, while the other to marginal leakage test after a period of water imersion of thirty days. The obtained values were subjected to statistic tests. About the cervical disadjustment, the ANOVA showed no statistically significant difference (p > 0.05) among the evaluated groups. The same was found by Kruskal-Wallis test, related to marginal leakage. Concerning the tensional strength, ANOVA test showed statistically significant difference among the groups (p < 0.05). The Tukey test was aplied for multiple comparisons, and statistic difference was found when chamfer and deep chamfer margin designs were compared, where the last one showed higher retentive values. Correlation tests were conducted to evaluate whether the cervical disadjustment could influence the marginal leakage or the tensional strength. However, these correlations were not confirmed (p > 0.05). Thus, it can be concluded that the different margin designs had no influence either on the cervical disadjustment or on the marginal leakage of the metallic supra-structures. Yet, with regard to tensile strength, the deep chamfer margin design showed higher values then the chamfer margin design, with no differences when compared to the shoulder margin design. No correlation between the cervical disadjustment and the marginal leakage or the tensile strength was found.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2006-04-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.