• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2005.tde-27092005-154419
Documento
Autor
Nome completo
Filipe Augusto Marini Lopes
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2005
Orientador
Banca examinadora
Araujo, Carlos dos Reis Pereira de (Presidente)
Bataglion, Cesar
Conti, Paulo Cesar Rodrigues
Título em português
Avaliação 'in vivo' da prevalência de recessão gengival e facetas de desgaste
Palavras-chave em português
desgaste
retração gengival
Resumo em português
Esta pesquisa avalia a prevalência, extensão e severidade de recessões gengivais e de facetas de desgaste em 60 indivíduos, alunos do primeiro ano do curso de graduação em Odontologia e Fonoaudiologia da Universidade de São Paulo, Campus de Bauru, com idades variando entre 17 e 24 anos. As avaliações foram realizadas utilizando-se de questionários, exames físicos das Articulações Temporomandibulares, exames clínicos e modelos de gesso. As recessões gengivais foram mensuradas na região central dos dentes e as facetas de desgaste foram avaliadas duplamente, de forma intra-oral e posteriormente nos modelos de gesso. Avaliando as correlações entre as lesões e as associações com os fatores contribuintes pesquisados e de acordo com os teste estatísticos utilizados, constatou-se que todos os alunos apresentaram facetas de desgaste, sendo que os dentes mais afetados foram os caninos (26,46%). Além disso, 73,33% dos alunos apresentaram recessões gengivais sendo os pré-molares os dentes mais afetados (49,74%), encontrando-se correlação entre as lesões localizadas nos prémolares esquerdos (p = 0.001). A variável gênero não apresentou associação com as lesões avaliadas. Observadas as facetas de desgaste e seus prováveis fatores contribuintes, não houve associação com a presença de ruídos nas Articulações Temporomandibulares, mas houve diferença estatisticamente significante nos molares esquerdos nos pacientes que apresentavam desoclusão em grupo nos movimentos laterais excursivos (p = 0.007). Com relação aos hábitos parafuncionais houve relação estatística entre o relato de apertamento e facetas nos incisivos esquerdos (p = 0.044) e entre o relato de bruxismo e a facetas nos caninos direitos (p = 0.009) e esquerdos (p = 0.006). Frente às recessões gengivais não houve relação entre nível de placa, grau de escovação e tipo de gengiva, sendo o tratamento ortodôntico significante para as recessões gengivais encontradas somente nos pré-molares direitos (p = 0.019).
Resumo em inglês
This study evaluates the prevalence, extension and severity of gingival recessions and dental wear in 60 students, Dentistry and Phonoaudiology first graduates of São Paulo University, with ages between 17 and 24 years-old. Questionnaires, temporomandibular joint physical evaluations, clinical and gypsum models examinations were assessed. The gingival recessions were measured in the central region of the teeth and the dental wear were evaluated intraorally and in the gypsum models. Evaluating the correlations between the lesions and the associations with the contributing factors and acording to the estatistical tests, all students presented dental wears, being the canines more affected than the others (26,46%). 73,33% of the students presented gingival recessions and the premolars were the most affected teeth (49,74%), showing correlation between the lesions localizated on left premolars (p = 0.001). The variable gender did not have any association with the lesions avaliated. The dental wears and the probable contributor factors were observated and did not presented association with the temporomandibular joint symptoms, but there was estatistic relation on the left premolars of the students that presented group function in the excursive laterals moviments (p = 0.007). Assessing the parafunctional habits there were statistic relation between the clenching habit (p = 0.044) and the attrition on left incisors and between the griding habit and the attrition on left (p = 0.006) and right canines (p = 0.009). Evaluating the gingival recessions it was not found association with bacterial plaque, brushing technique and gingival type, but the orthodontic treatment was statistical significant to the recessions localizated only on right premolars (p = 0.019).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2005-10-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.