• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2002.tde-27042005-104038
Documento
Autor
Nome completo
Vinícius Carvalho Porto
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2002
Orientador
Banca examinadora
Salvador, Milton Carlos Goncalves (Presidente)
Barbosa, Luciano de Castellucci
Capelozza, Ana Lucia Alvares
Conti, Paulo Cesar Rodrigues
Ribeiro, Rejane Faria
Título em português
Avaliação da posição disco articular em pacientes usuários de dentaduras duplas e portadores de sons articulares, por meio de ressonância magnética da ATM.
Palavras-chave em português
articulação temporomandibular
prótese total
ressonância magnética (odontologia)
Resumo em português
A Articulação Temporomandibular (ATM) é um complexo sinovial constituído por estruturas anatômicas que se relacionam de diversas maneiras. As alterações do padrão de normalidade, muitas vezes denominadas de Disfunção Temporomandibulares (DTMs), são encontradas tanto em pacientes experimentais, quanto assintomáticos . O objetivo do presente trabalho foi avaliar a posição do disco articular por meio de Ressonância Magnética (RM) da ATM e a sua relação com a presença ou ausência, detectada clinicamente, de sons articulares e de sintomas de DTMs, em pacientes utilizando Próteses Totais duplas. A amostra constituiu de 15 pacientes com sons articulares e 10 pacientes sem sons articulares (grupo controle) e as imagens foram realizadas em Máxima Intercuspidação Habitual e em Máxima Abertura Bucal. As ressonâncias foram avaliadas ao negatoscópio, por um único examinador, sem conhecimento prévio da história clínica dos pacientes. A análise dos resultados demonstrou que, das 18 ATMs que apresentavam estalidos articulares, 4 possuíam o disco em uma posição normal. Por outro lado, em 9 ATMs assintomáticas, foi detectada a presença de sinais de deslocamento do disco (DD). De um total de 6 pacientes diagnosticados clinicamente com hipermobilidade, 3 apresentavam deslocamento do disco com redução (DDR), enquanto o restante possuía o disco em uma posição normal. De um total de 30 ATMs estudadas no grupo experimental, 19 apresentavam DDR após a abertura bucal. Diferentemente, em 2 ATMs, o disco permaneceu deslocado para anterior na máxima abertura bucal. O disco permaneceu estável, tanto em fechamento quanto em abertura bucal, em 9 ATMs. No grupo controle, em 11 ATMs havia um relacionamento superior do disco, 6 apresentaram DDR e em 3 houve deslocamento do disco sem redução (DDSR). Houve uma ligeira tendência de DD nas mulheres, apesar dos valores não terem sido estatisticamente significantes tanto para o gênero quanto para idade. Este estudo mostrou que os DD são comuns tanto em pacientes experimentais, quanto no grupo controle.
Resumo em inglês
This study evaluated the condyle/disc relationships on magnetic resonance images in a group of subjects with silent temporomandibular joints when tested clinically with those in subjects with discernible temporomandibular sounds. Twenty five completely edentulous patients were selected to receive new complete dentures. A questionnaire was filled out and magnetic resonance imaging taken with new dentures. TMD was assessed by physical examination. Only one calibrated examiner evaluated the magnetic resonance imaging by a technique proposed by TASAKI for disc position. The study was based on bilateral MRIs of 15 patients (symptomatic) and 10 symptom-free volunteers (control). According to the methodology and statistical analysis, it was noted that disc displacement was found in 45% of the TMJs with no history of articular sounds. In 6 TMJs of control group, a reducing disc displacement was found and in 3 TMJs a permanent displacement was found. Disc displacements were identified in 70% of patients. Reducing disc displacement was found in 19 of these TMJs, whereas permanent displacement was found in 2 TMJs. In 9 of the joints of the symptomatic group, a superior disc position was found. These observations demonstrate that an audible click may not imply a displaced disc.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2005-05-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.