• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2000.tde-21032005-143224
Documento
Autor
Nome completo
Vinícius Carvalho Porto
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2000
Orientador
Banca examinadora
Salvador, Milton Carlos Goncalves (Presidente)
Francisconi, Paulo Afonso Silveira
Vieira, Lucimar Falavinha
Título em português
Avaliação da posição condilar em pacientes desdentados totais portadores de dentaduras duplas, através de planigrafias da ATM
Palavras-chave em português
dentadura completa
prótese dentária total
Resumo em português
A posição condilar tem sido questionada como importante fator na detecção de sinais e sintomas de DTM,s. Por muito tempo, determinou-se que a concentricidade condilar refletiria uma posição ótima para o paciente. No entanto, outros trabalhos mostraram que era possível a visualização da descentralização dos côndilos, mesmo em pacientes assintomáticos. Dessa forma, avaliou-se neste trabalho a posição condilar antes e após instalação de PT,s novas, por meio de planigrafias laterais da ATM. O critério de seleção dos pacientes foi aleatório e, mediante a amostra escolhida, foi preenchido um questionário clínico-anamnésico, seguido de tomadas radiográficas com o par de dentaduras antigas e novas em 12 pacientes. Um único examinador conduziu o preenchimento das fichas e análise das radiografias no programa de imagens Corel Draw 8. De acordo com a metodologia aplicada e análise estatística dos resultados, verificou-se que a posição condilar em desdentados totais na primeira tomada radiográfica situou-se mais para anterior em 100% dos casos. Já o deslocamento condilar após instalação das novas próteses resultou em uma tendência de deslocamento para posterior em 75% dos indivíduos, para anterior em 16,7% e em 8,3% não houve variação da posição condilar. Dos 18 côndilos (75% casos) com deslocamento para posterior, apenas 1 côndilo assumiu uma posição levemente posterior, tendo os demais se localizado concentricamente ou para anterior. Não houve qualquer correlação estatisticamente significativa entre variações das posições condilares e dimensões verticais de oclusão. Provavelmente, os deslocamentos condilares encontrados sejam justificados pelas manipulações com forças variadas, aplicada pelos profissionais, para a posição de trabalho (RC). Baseado na literatura, a tendência de localização para posterior possivelmente não irá causar danos aos pacientes, tendo em vista se tratarem de indivíduos assintomáticos.
Resumo em inglês
Condyle position have been questioned as a relevant factor in detection of signs and symptoms of TMD. For a long time, it was determined that condylar concentricity would reflect an ideal position for the pacient. However, others studies demonstrated that it was possible to visualize that condyles were not always concentic in assintomatic pacient. This study evaluated the condylar position before and after instalation of new complete dentures using plain tomography of TMJ,s. Twelve completely edentulous patients were selected randomly to have new complete dentures. A questionare was filled out and plain tomograms were taken with old and new complete dentures inserted. Only one examiner evaluated the questionare and tomograms using Corel Draw 8 image software. According to the metodology and statical analysis, it was noted that condyle position in completely edentulous patients in the first tomogram was anterior in 100% of patients. After insertion of new dentures, the condyles had a tedency to be posteriorly positioned relative to the initial tomogram in 75% of the, 16,7% of the condyles deslocated anteriorly, and in 8,3% did not change position. Of the 18 condyles (75% of total) with posterior displacement, only one condyle assumed a true, although slight, posterior position, with the others located in a concentric or anterior position. There was no any statical correlation between variation of condylar position and vertical dimension of occlusion. Probably, the condylar displacement occurred due to variations in the manipulation technique applied by the professionals for centric relation registration. Base on the literature, the tendency to posterior location of condyles of completely edentulous patients after new complete dentures insertion will not cause any damage in assintomatic patients.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ViniciusCPorto.pdf (632.33 Kbytes)
Data de Publicação
2005-04-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.