• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2007.tde-20062007-090705
Documento
Autor
Nome completo
Luciana de Rezende Pinto
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2007
Orientador
Banca examinadora
Porto, Vinícius Carvalho (Presidente)
Pavarina, Ana Claudia
Pegoraro, Luiz Fernando
Título em português
Efeito da desinfecção química sobre a microdureza e rugosidade superficial de resinas para base de dentaduras e resinas rígidas para reebasamento: estudo longitudinal
Palavras-chave em português
desinfecção
resinas acrílicas
Resumo em português
O objetivo deste estudo foi investigar, longitudinalmente, o efeito de cinco soluções desinfetantes sobre a microdureza e rugosidade superficial de uma resina acrílica termopolimerizável e três materiais reembasadores rígidos. Um total de 240 corpos de prova circulares (30 X 6mm) foram fabricados, utilizando um material para base de dentaduras (Lucitone 550; n=60), e três materiais rígidos, para reembasamento (Jet; n=60, Kooliner; n=60, Tokuyama rebase II fast; n=60), os quais foram imersos em água (controle), e em cinco soluções desinfetantes (hipoclorito de sódio a 1%, hipoclorito de sódio a 2%, hipoclorito de sódio a 5,25%, glutaraldeído a 2% e gluconato de clorexidina a 4%), e testados para avaliação de microdureza Knoop (KHN) e rugosidade superficial (Ra-µm) em diferentes intervalos (antes das imersões, após 30, 90 e 180 ciclos de desinfecção. Em cada condição experimental foram utilizados 10 corpos de prova de cada material estudado. Os dados foram analisados através de esquema fatorial (6X4) e as médias foram analisadas por meio de análise de variância, seguida por teste de Tukey a 5%. Para as resinas Lucitone 550 (20,61 ± 1,36 a 15,44 ± 1,26 KHN), Jet (18,74 ± 0,47 a 13,75 ± 0,95 KNH), Kooliner (14,09 ± 1,63 a 7,52 ± 0,88 KHN) e Tokuyama rebase II fast (12,57 ± 0,94 a 8,28 ± 0,39 KHN), foi observada uma diminuição significativa dos valores de microdureza, independente da solução utilizada, após 180 ciclos de imersão. Não foi observada interação significativa para a rugosidade da resina Kooliner. Para a resina Lucitone 550 (0,06 ± 0,01 a 0,20 ± 0,02µm) e Jet (0,07 ± 0,01 a 0,23 ± 0,04µm), foi observado aumento significativo dos valores de rugosidade superficial, independente da solução desinfetante utilizada, e a após 180 ciclos de imersão em água, estes materiais mantiveram valores semelhantes ao da avaliação inicial. A resina Tokuyama rebase II fast não mostrou diferenças significativas nos valores de rugosidade superficial quando imersa em água, hipoclorito de sódio a 2%, 5,25% e glutaraldeído a 2%, durante o período do estudo. Ao final da avaliação (180 ciclos), conclui-se que, embora todas as soluções tenham causado redução da microdureza da resina Lucitone 550, os espécimes submetidos às imersões em H5,25% e H2% apresentaram menores valores, no entanto, não ocorreu diferença significante entre os desinfetantes para as resinas autopolimerizáveis. As soluções H1%, H2% e GC4% causaram maior alteração na rugosidade superficial da resina Lucitone 550. Estas mesmas soluções, além de H5,25%, promoveram maior rugosidade na resina Jet, enquanto que, para a resina Tokuyama Rebase II fast, não houve diferença entre os desinfetantes.
Título em inglês
Effect of chemical disinfection on the hardness and roughness of denture base resins and hard chairside resins: a longitudinal study
Palavras-chave em inglês
acrylic resins
disinfection
Resumo em inglês
The aim of this study was to investigate the longitudinal effect of five disinfection solutions on the hardness and roughness of one heat-polymerizing denture base acrylic resin and three hard chairside resins. A total of 240 circular specimens (30 X 6mm) were fabricated using one denture base material (Lucitone 550; n=60) and three hard chairside reliners (Jet; n=60, Kooliner; n=60, Tokuyama rebase II fast; n=60), which were immersed in water (control), and five disinfecting solutions (1% sodium hypochlorite; 2% sodium hypochlorite; 5,25% sodium hypochlorite, 2% glutaraldehyde; 4% chlorhexidine gluconate) that were tested for knoop hardness (KHN) and roughness (Ra-µm) for different times (before immersions, after 30, 90 and 180 immersion cycles). For each experimental condition, 10 specimens were used from each material. Data was analyzed by factorial scheme (6 X 4) and the means were analyzed by The Variance Analysis which was followed by Tukey's test 5%. For Lucitone 550 (from 20,61 ± 1,36 to 15,44 ± 1,26 KHN), Jet (from 18,74 ± 0,47 to 13,75 ± 0,95 KHN), Kooliner (from 14,09 ± 1,63 to 7,52 ± 0,88 KHN), Tokuyama rebase II fast (from 12,57 ± 0,94 to 8,28 ± 0,39 KHN) significant decrease in hardness was observed regardless of the solution used, after 180 immersion cycles. No significant interactions were observed for Kooliner roughness. Between Lucitone (from 0,06 ± 0,01 to 0,20 ± 0,02µm) and Jet, (from 0,07 ± 0,01 to 0,23 ± 0,04µm) there was a significant increase in roughness regardless of the disinfectant solution used; Jet showed significant increase in roughness after immersion in water for 180 cycles. Tokuyama rebase II fast showed no significant differences in roughness when immersed in water, 2% sodium hypochlorite, 5.25% sodium hypochlorite, and 2% glutaraldehyde after 180 cycles. In conclusion, this study showed that Lucitone 550 specimens exhibited significant decrease in hardness regardless of the disinfection solution used, and the specimens immersed in H5,25% and H2% showed lower hardness values; However, no significant differences were noted between all disinfectants solution, for hard chairside resins. The solutions H1%, H2% and GC4% caused more alteration in roughness of Lucitone 550. These solutions along with H5,25% caused an increase in the roughness of Jet, while with the Tokuyama rebase II fast there was no difference between the disinfection solutions.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
LucianaPinto.pdf (1.88 Mbytes)
Data de Publicação
2007-07-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.