• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2003.tde-04042005-151701
Documento
Autor
Nome completo
Vagner Mendes
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2003
Orientador
Banca examinadora
Pegoraro, Luiz Fernando (Presidente)
Correr Sobrinho, Lourenco
Porto, Vinícius Carvalho
Título em português
Avaliação da resistência à fratura por compressão de infraestruturas de próteses fixas de três elementos (1º pré-molar a 1º molar) confeccionadas com cerâmicas IPS Empress II e In-Ceram
Palavras-chave em português
fraturas dos dentes (resistência)
molar
porcelana dentária
prótese parcial fixa
Resumo em português
O apelo estético tem obrigado as indústrias de materiais odontológicos e os pesquisadores a buscar materiais que apresentem, além da estética, resistência suficiente para resistir às forças mastigatórias. Assim o objetivo deste trabalho foi comparar a resistência à fratura por compressão axial de infraestruturas de próteses fixas de três elementos (1º pré-molar a 1º molar) confeccionadas com dois sistemas de porcelanas, In-Ceram Zircônia e IPS Empress 2. Foram selecionados 20 pré-molares e 20 molares que receberam preparos tipos “inlays” com caixas oclusais e proximais (DO nos pré-molares e MO nos molares), tendo-se o cuidado de obter caixas proximais com 4,0 mm de altura por 4,0 mm de largura. Após obtenção dos modelos em gesso, as infraestruturas foram confeccionadas em laboratórios credenciados pelos fabricantes de acordo com o protocolo determinado para cada material. A cimentação foi feita com o cimento Variolink II. Após a cimentação, as infraestruturas foram submetidas a teste de carga por compressão pela ação de uma ponta de aço com 2,0 mm de diâmetro, em uma máquina de ensaio universal, numa velocidade de 0,5 mm/min. Os resultados mostraram uma superioridade estatisticamente significante (p = 0,025) da porcelana Empress 2 (86,68 Kgf) em relação à porcelana In-Ceram Zircônia (67,87 Kgf), e não foi encontrada correlação estatística entre as medidas das áreas de conexão com os valores máximos de carga. O modo de fratura mostrou que em todos os corpos de prova de Empress 2 e em seis corpos de prova de In-Ceram a fratura ocorreu no sentido oblíquo se estendendo da região onde a carga foi aplicada até a área de conexão. Três corpos de prova de In-Ceram fraturam verticalmente na área de conexão e um corpo de prova fraturou-se verticalmente na região do pôntico sem ocorrer danos à área de conexão.
Resumo em inglês
The aesthetic appeal has influenced the dental materials industries and the researchers to develop materials that present, besides the aesthetics, enough resistance to oclusal forces. Thus, the aim of this research was to compare the compressive fracture strength of IPS Empress 2 and In-Ceram Zirconia of frameworks of three unit resin-bonded fixed partial denture. Forty natural extracted teeth (twenty maxilar first premolars and twenty molars) were selected and received inlay preparations, according to the ceramic manufacturer´s directions. The frameworks were made by two experimented technicians, and cemented with Variolink II. The axial compressive load was conducted in a universal testing machine at a cross-head speed of 0,5 mm/min. The results showed a statistical significant superiority (p = 0,025) of the Empress 2 (105,30 Kgf) regarding to In-Ceram (101,68 Kgf). It wasn't found statistical correlation between measures of the connection areas and maximum values. All Empress 2 and six In-Ceram frameworks showed a similar mode of fracture extending obliquely from the region where the load was applied until the connection area. Three In-Ceram framewoks fractured vertically at the connection area and one was fractured vertically at the pontic area.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
VagnerMendes.pdf (1.18 Mbytes)
Data de Publicação
2005-04-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.