• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2009.tde-29052009-111711
Documento
Autor
Nome completo
Mariana Pracucio Gigliotti
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2009
Orientador
Banca examinadora
Janson, Guilherme dos Reis Pereira (Presidente)
Pinzan, Arnaldo
Valarelli, Fabrício Pinelli
Título em português
Influência da proximidade entre o mini-implante e as raízes dentárias sobre o grau de estabilidade
Palavras-chave em português
Fatores de risco
Mini-implantes
Procedimentos de ancoragem ortodôntica
Resumo em português
O objetivo deste trabalho foi avaliar a influencia da proximidade entre miniimplantes autoperfurantes e as raizes dentarias sobre a estabilidade destes dispositivos de ancoragem. A amostra consistiu de 40 mini-implantes inseridos entre as raizes do primeiro molar e segundo pre-molar superiores de 21 pacientes, como recurso de ancoragem para retracao anterior. A largura do septo no local de insercao (LSI) e a menor distancia da cabeca do mini-implante a raiz dentaria (MDR) foram mensuradas nas 40 radiografias pos-cirurgicas. Sob este aspecto, os miniimplantes foram divididos em duas categorias de grupos: de acordo com a largura do septo no local de insercao, grupos G1L (LSI3mm) e G2L (LSI>3mm), e de acordo com a proximidade do mini-implante a raiz adjacente, grupos G1P (MDR0mm) e G2P (MDR>0mm). A estabilidade dos mini-implantes foi avaliada mensalmente pela quantificacao do grau de mobilidade, e a partir desta variavel foi calculada a proporcao de sucesso. Tambem foi avaliada a influencia das seguintes variaveis sobre o grau de estabilidade: caracteristica do tecido mole no local de insercao, o grau de sensibilidade, a quantidade de placa, a altura de insercao e o periodo de observacao. As duas categorias de grupos foram comparadas quanto ao grau de mobilidade e proporcao de sucesso por meio do teste de Mann-Whitney e do teste Exato de Fisher, respectivamente. Adicionalmente, avaliou-se a influencia das demais variaveis sobre a estabilidade deste sistema de ancoragem atraves do teste t e do teste do Qui-quadrado. Os resultados obtidos demonstraram que não houve diferenca estatisticamente significante para o grau de mobilidade e proporção de sucesso entre os mini-implantes inseridos em septos do grupo G1L e G2L. A proximidade entre os mini-implantes avaliados e as raizes dentarias adjacentes (grupos G1P e G2P) tambem nao influenciou na estabilidade e proporcao de sucesso deste sistema de ancoragem. A proporcao de sucesso total encontrada foi de 90% e nenhuma variavel demonstrou estar relacionada ao insucesso dos miniimplantes. No entanto, observou-se maior sensibilidade nos pacientes cujos miniimplantes apresentavam mobilidade, e que a falha destes dispositivos de ancoragem ocorria logo apos sua insercao.
Título em inglês
Influence of miniscrew dental root proximity on the stability degree
Palavras-chave em inglês
Miniscrews
Orthodontic anchorage devices
Risk factors
Resumo em inglês
The purpose of this study was to evaluate the influence of the proximity between self-drilling miniscrews and dental roots on the stability degree. The sample consisted of 40 miniscrews inserted in the interradicular septum between maxillary second premolars and first molars to provide skeletal anchorage for anterior retraction. The forty post-surgical radiographs were used to measure the septum width in the insertion site (SWI) and the smallest distance between miniscrew head and dental root (SDR). In this regard, the miniscrews were divided in two categories of groups: according to the septum width in the insertion site, groups G1W (SWI 3mm) and G2W (SWI>3 mm), and according to the miniscrew dental root proximity, groups G1P (SDR0mm) and G2P (SDR>0mm). The mobility degree (MD) was monthly quantified to determine miniscrew stability, and the success rate of these devices was calculated. This study also evaluated the influence of following variables on the stability degree: soft tissue characteristics in the insertion site (attached gingiva, mucogingival junction and alveolar mucosa), sensitivity degree during miniscrew load, plaque amount around miniscrew, insertion height, and total evaluation period. All the groups were compared regarding mobility degree and success rate using t test and Fisher exact test, respectively. The results showed no significant difference in mobility degree and success rate between groups G1W and G2W. The miniscrew dental root proximity did not influence the stability and success rate of this anchorage system when G1P and G2P were compared. The total success rate found was 90% and no variable was associated with the miniscrew failure. Nevertheless, the results showed that greater patient sensitivity degree was associated to the miniscrews mobility and the failure of these anchorage devices happened in a short time after their insertion.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-06-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.