• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2005.tde-20032006-113037
Documento
Autor
Nome completo
Adriana Aparecida Crepaldi
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2004
Orientador
Banca examinadora
Freitas, Marcos Roberto de (Presidente)
Almeida, Renato Rodrigues de
Santos, Eduardo Cesar Almada
Título em português
Avaliação da recidiva da sobremordida relacionada com as curvas de Spee e ocluso-incisal em casos tratados com extrações
Palavras-chave em português
maloclusão de angle classe II
ortodontia
sobremordida
Resumo em português
A estabilidade dos resultados obtidos pelo tratamento ortodôntico apresenta-se atualmente como um dos aspectos mais preocupantes e pouco compreendidos na literatura, sem respostas conclusivas. A sobremordida, ou trespasse vertical, define-se como o trespasse entre os incisivos superiores e inferiores, apresentando-se como um aspecto necessário para a correção das más oclusões e importante na avaliação dos resultados dos tratamentos e sua estabilidade. Este estudo se propôs a avaliar, cefalometricamente e em modelos de estudo, a recidiva da sobremordida e sua relação com as curvas de Spee e ocluso-incisal, e suas respectivas recidivas. A amostra (grupo experimental) constituiu-se das telerradiografias em norma lateral e modelos de estudo de 29 pacientes, de ambos os gêneros, que apresentavam inicialmente má oclusão de Classe II, 1 divisão e sobremordida profunda de no mínimo 3,5 mm, tratados com extração dos 4 primeiros pré-molares e aparelho ortodôntico fixo, utilizando-se a técnica Edgewise simplificada. Este grupo experimental foi comparado a um grupo controle, com oclusão normal, constituído também de 29 indivíduos. Ambos os grupos utilizados fazem parte do arquivo de documentação da Disciplina de Ortodontia da FOB-USP. Foram avaliadas, para o grupo experimental, as telerradiografias em norma lateral e os modelos de estudo do início, final e 5 anos pós-tratamento, e, para o grupo controle, as telerradiografias de dois tempos de avaliação, compatível com o tempo de tratamento do grupo experimental. Para a comparação intergrupos, utilizou-se o teste t não pareado, e para a comparação intragrupo, o teste ANOVA, e na presença de resultados significantes, aplicou-se também o teste de Tukey. Para verificar a relação da recidiva da sobremordida com as curvas de Spee e ocluso-incisal, utilizou-se o teste de correlação de Pearson. Pela análise dos resultados obtidos, observou-se que a sobremordida apresentou uma correlação significante com a curva de Spee na fase pós-contenção
Resumo em inglês
The long-term stability of the treatment outcomes presents as one of the main points in orthodontic literature, without conclusive answers. The overbite is defined as the vertical distance between upper and lower incisors, and it is important for malocclusions correction and for evaluation of treatment and its stability. This study aimed to evaluate, in cephalograms and study casts, the overbite relapse and its relation with the curve of Spee. The sample (experimental group) comprised 29 patients of both genders, presenting Class II, division 1 malocclusion and an overbite of at least 3.5 mm, treated by Edgewise mechanics. This experimental group was compared to a control group of normal occlusion, comprising 29 subjects. Both groups are part of the records from Orthodontic Department at Bauru Dental School, University of São Paulo. For the experimental group, cephalograms and study casts of the pretreatment, posttreatment and 5 years postretention were studied, and for the control group, cephalograms in two times of evaluation, compatible with the treatment time of the experimental group. The independent t test was used for the intergroup comparison, and the one way ANOVA, for intragroup comparison. In order to verify the relation between the overbite relapse and the curve of Spee, a Pearson's correlation test was performed. The results showed that the overbite was significantly corrected by the orthodontic treatment, when compared to the control group, and presented a significant relapse in the postretention phase. The overbite relapse presents a significant correlation with the curve of Spee in the postretention stage
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2006-04-06
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.