• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2003.tde-16082005-115725
Documento
Autor
Nome completo
Laélia Maria Putrick
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2002
Orientador
Banca examinadora
Janson, Guilherme dos Reis Pereira (Presidente)
Dainesi, Eduardo Alvares
Henriques, Jose Fernando Castanha
Título em português
Presença clínica e angulação dos terceiros molares superiores, na má oclusão de Classe II, tratada sem e com extrações de pré-molares superiores.
Palavras-chave em português
maloclusão de angle classe II
pré-molar
terceiro molar
Resumo em português
Este trabalho objetivou comparar o número presente de terceiros molares superiores, em função, entre pacientes com Classe II, tratados ortodonticamente, sem e com extrações de dois pré-molares superiores. Para tanto, foram selecionados 55 documentações de pacientes, divididos em dois grupos. O grupo 1, tratado sem extrações, foi constituído de 28 pacientes, com idade média de 19,03 anos (idade mínima de 14,08 anos e máxima de 23,92 anos) e o grupo 2, tratado com extrações, foi composto de 27 pacientes, com idade média de 19,94 anos (idade mínima de 14,75 anos e máxima de 25,67 anos). Para verificação do irrompimento em oclusão dos terceiros molares, utilizou-se modelos de gesso superior e inferior do último controle dos grupos tratados ortodonticamente. Adicionalmente realizou-se avaliações das angulações axiais mesiodistais dos terceiros molares superiores utilizando radiografias ortopantomográficas do último controle com a presença dos terceiros molares superiores bilateralmente. As angulações axiais dos terceiros molares foram medidas em relação as órbitas e as tuberosidades, em ambos grupos e foram comparadas. Para comparar o número de terceiros molares superiores irrompidos e em função em ambos os grupos, foi utilizado o teste do Qui-quadrado e para comparar as angulações dos terceiros molares entre os grupos, foi utilizado o teste t independente. Os resultados demonstraram que a quantidade de terceiros molares superiores irrompidos e em função foi estatisticamente maior nos casos tratados com extrações dos pré-molares superiores em relação aos casos tratados sem extrações e as angulações mesiodistais foram estatisticamente menores e mais favoráveis ao irrompimento dos mesmos, respectivamente. Portanto, pode-se esperar que o resultado do posicionamento dos terceiros molares superiores na má oclusão de Classe II, quando conduzido com extrações de dois pré-molares, sejam melhores do que quando realizado sem extrações de dois pré-molares superiores.
Título em inglês
Clinical presence and angulation of the third upper molars, in bad Class II occlusion, poor with and without upper premolar extractions.
Resumo em inglês
The objective of this project is to compare the corrent number of third upper molars, in funnction, among Class II patients, treated dentally, with and without extractionsof two upper bicuspids. To do as much, 55 patients were selected and divided into two groups. Group 1, treated without extractions, was made up of 28 patients with na average age of 19,03 (the youngest age was 14,08 and the oldest was 23,92), and group 2, having been treated with extractions, was composed of 27 patients with na average age of 19,94 (the youngest age was 14,75 and the oldest being 25,67). To verify the eruption of occlusion of the third molars, upper and lower plaster molds of the last control of the dentally-treated groups were used. Additionally, evaluations of the axial mesion-distal angulations of the third upper molars were made, employing orthopantographic radiographs of the last control, with the bilateral presence of the third molars. The axial angulations of the third molars were measured in relation to the orbits and tuberosities inboth groups and were compared. To compare the number of erupted third upper molars and in function of both groups, the chi-square test was utilized. To compare the angulations of the third molars among the groups,the independentet-test was used. The results demonstrated that the amount of erupted third upper molars (and in function) was statistically greater inthe cases treated with extractions of the upper bicuspids than in the cases treated without extractions, and that the mesion-distal angulations were statistically lower and morefavorable to the same, respectively. Therefore, one can expect that the result of the positioning of the third upper molars in the poor occlusion of Class II, when conducted with two bicuspid extractions, will be better than when effected without two upper bicuspids extractions.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2005-08-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.