• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2004.tde-15102007-144648
Documento
Autor
Nome completo
Karyna Martins do Valle Corotti
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2004
Orientador
Banca examinadora
Pinzan, Arnaldo (Presidente)
Conti, Paulo César Rodrigues
Furquim, Laurindo Zanco
Janson, Guilherme dos Reis Pereira
Ursi, Weber José da Silva
Título em português
Avaliação da prevalência da disfunção temporomandibular (DTM) em pacientes tratados das más oclusões de classe III, submetidos a tratamento ortodôntico e orto-cirúrgico
Palavras-chave em português
Disfunção temporomandibular
Maloclusão de Angle classe III
Tratamento ortodôntico
Resumo em português
O objetivo deste estudo foi avaliar a prevalência de Disfunção Temporomandibular (DTM) em indivíduos tratados das más oclusões iniciais de Classe III. Os 50 casos avaliados foram divididos em dois grupos, sendo o grupo I composto de 25 pacientes tratados ortodonticamente e o grupo II de 25 pacientes submetidos a tratamento ortodôntico seguido de cirurgia ortognática. Um questionário relativo aos principais sintomas de DTM, permitiu a classificação da amostra de acordo com a presença e a severidade de DTM. Foi realizado exame físico para avaliação articular, muscular e oclusal. Baseado no questionário anamnésico encontrou-se a prevalência de 42% com DTM leve, 10% com DTM moderada e 48% apresentavam-se com ausência de DTM. Os testes estatísticos aplicados nesta pesquisa foram o ?t? de Student para os dados paramétricos, o Mann-Witney para os dados não paramétricos e o Qui-quadrado que analisou a associação entre o índice de DTM e as demais variáveis. Os resultados indicaram que os grupos estudados não apresentaram diferenças significativas quanto ao índice de DTM. Por outro lado observou-se associação entre a severidade de DTM e a presença de interferências em lado de não-trabalho. Concluiu-se, com base na amostra estudada, que os tratamentos das más oclusões de Classe III não se relacionam com a presença e severidade de DTM.
Resumo em inglês
The aim of this study was to evaluate the prevalence of Temporomandibular Disorders (TMD) in individuals after Class III orthodontic treatment. The sample consisted of 50 individuals divided into two groups, according to the type of treatment (orthodontic or orthodontic with orthognathic surgery). The presence of signs and symptoms of TMD were evaluated by an anamnestic questionnaire and a clinical examination, including TMJ and muscle palpation, active mandibular range of motion, joint noises and occlusal examination. Based on the anamnestic questionnaire, 42% was considered as having mild TMD, while 10% had moderate TMD. The presence and severity of TMD did not show any relationship with the type of orthodontic treatment. A positive association, by qui square test (p<0,05) was found between TMD and nonworking side contacts. Based on that, it was concluded that Class III orthodontic treatment is not associated with the presence of signs and symptoms of TMD.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-10-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.