• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2005.tde-08092005-102650
Documento
Autor
Nome completo
Livia Maria Andrade de Freitas Uchiyama
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2004
Orientador
Banca examinadora
Pinzan, Arnaldo (Presidente)
Janson, Guilherme dos Reis Pereira
Takahashi, Ricardo
Título em português
Estudo cefalométrico das alturas faciais anterior e posterior, em jovens brasileiros melanodermas, com 'oclusão normal'
Palavras-chave em português
cefalometria
face
oclusão dentária
Resumo em português
Com o propósito de apresentar um padrão cefalométrico específico para os jovens brasileiros melanodermas, este estudo objetivou obter os valores médios de normalidade para algumas das grandezas cefalométricas esqueléticas, no sentido vertical da face, (alturas faciais anterior e posterior) e verificar a presença de dimorfismo entre os gêneros. A amostra constituiu-se de 56 telerradiografias, em norma lateral, sendo 28 do gênero masculino, com idade média de 13,93 anos (idade mínima de 12,08 anos e máxima de 15,75 anos) e 28 do gênero feminino, com idade média de 13,79 anos (idade mínima de 12,58 anos e máxima de 15,67 anos), obtidas de amostras de jovens brasileiros, melanodermas, não submetidos a tratamento ortodôntico e que apresentavam “oclusão normal”, pertencentes ao arquivo da Disciplina de Ortodontia da Faculdade de Odontologia de Bauru – Universidade de São Paulo. As medidas cefalométricas empregadas foram de acordo com as Análises de: WYLIE; JOHNSON114 (1952); SIRIWAT; JARABAK100 (1985); GEBECK; MERRIFIELD47, HORN51 (1989,1992). Os valores foram submetidos à análise estatística pelo teste “t” independente para comparar as variáveis entre os gêneros. Pôde-se observar a presença de dimorfismo, com os valores das grandezas AFAT, AFAS, AFPT, AFPS, além das proporções AFPS/AFPT e AFPI/AFPT significantemente alterados.
Resumo em inglês
With the purpose to present a specific cephalometric pattern for Brazilian young black subjects, this study aimed to achieve the mean values of normality for some vertical skeletal cephalometric variables (anterior and posterior facial heights) and to observe the presence of dimorphism between genders. The sample comprised 56 lateral cephalograms, 28 of male subjects with a mean age of 13.93 years (range 12.08 to 15.75 years) and 28 of females, with a mean age of 13.79 years (range 12.58 to 15.67 years), obtained from Brazilian black subjects nontreated orthodontically that presented “normal occlusion”, from the records of the Discipline of Orthodontics at Bauru Dental School – University of São Paulo. The cephalometric measurements used followed the analyses of WYLIE; JOHNSON114 (1952); SIRIWAT; JARABAK100 (1985); GEBECK; MERRIFIELD47, HORN51 (1989,1992). The comparison between genders was performed by the independent “t” test. The results showed the presence of dimorphism, with significant differences for the TAFH, UAFH, TPFH and UPFH measurements, besides the ratios UPFH/TPFH and LPFH/TPFH.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2005-09-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.