• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2007.tde-03092007-164614
Documento
Autor
Nome completo
Patrícia Paschoal Martins
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2007
Orientador
Banca examinadora
Freitas, Marcos Roberto de (Presidente)
Janson, Guilherme dos Reis Pereira
Rino Neto, José
Título em português
Avaliação da influência da expansão rápida da maxila sobre a recidiva do apinhamento ântero-superior em casos tratados ortodonticamente com extrações de pré-molares
Palavras-chave em português
expansão
ortodontia corretiva
recidiva
Resumo em português
A estabilidade a longo prazo do tratamento ortodôntico é o objetivo dos ortodontistas na busca do sucesso dos casos clínicos. Desta forma o presente estudo objetivou avaliar retrospectivamente a influência da expansão rápida da maxila na estabilidade pós-contenção do alinhamento dos dentes ântero-superiores, em casos tratados com extração de pré-molares. A amostra foi constituída de 60 pacientes de ambos os gêneros, com más oclusões de Classe I e Classe II, tratados com extrações de 4 pré-molares, utilizando-se a mecânica de Edgewise. A amostra foi dividida em dois grupos, de acordo com o protocolo de tratamento, sendo o Grupo 1 composto por 30 pacientes (14 do gênero masculino e 1 do gênero feminino), com idade inicial média de 13,55 anos (d.p.= ± 1,58 anos), tratados ortodonticamente com extrações de quatro pré-molares. O Grupo 2 apresentou 30 pacientes (9 do gênero masculino e 21 do gênero feminino), com idade inicial média de 13,98 anos (d.p.= ± 2,61 anos), tratados ortodonticamente com expansão rápida da maxila e posteriormente mecânica corretiva com extrações de quatro pré-molares ou dois pré-molares superiores. Foram avaliados os modelos de estudo referentes às fases inicial (T1), final (T2) e pós-contenção (T3) de cada paciente, medindo-se o de Little, as distâncias intercaninos, interpré-molares, intermolares, o comprimento e o perímetro do arco. A análise estatística dos dados foi realizada pela análise de variância (ANOVA) a um critério para avaliação intragrupos entre as três fases. O teste de Tukey foi aplicado nas variáveis que apresentaram resultados estatisticamente significantes. A comparação intergrupos foi realizada pelo teste t independente. O teste de Pearson foi utilizado para correlacionar o Índice de Irregularidade de Little às demais variáveis estudadas. Os resultados evidenciaram que o Índice de Irregularidade de Little apresentou 9,40% de recidiva para o grupo 1 e 13,57% para o grupo 2. Não ocorreu diferença estatisticamente significante entre os grupos na recidiva das distâncias intercaninos, interpré-molares e intermolares, no comprimento e no perímetro do arco. Entretanto, o grupo 2 apresentou maior quantidade de recidiva na quantidade de apinhamento ântero-superior em relação ao grupo 1. Portanto, houve influência da expansão rápida da maxila na estabilidade do alinhamento dos incisivos superiores.
Título em inglês
Evaluation of the influence of rapid maxillary expansion on the relapse of maxillary anterior crowding in cases ortodontically treated with premolar extraction
Palavras-chave em inglês
corrective orthodontics
expansion
relapse
Resumo em inglês
The long-term stability of orthodontic treatment is the objective of orthodontists in the search for success in clinical cases. Thus, the present retrospective study evaluated the influence of rapid maxillary expansion on the post-retention stability of alignment of maxillary anterior teeth in patients treated with premolar extraction. The sample was composed of 60 patients of both genders, with Class I and Class II malocclusions, treated by extraction of 4 premolars and edgewise mechanics. The sample was divided into two groups according to the treatment protocol. Group 1 comprised 30 patients (14 males and 16 females), with initial mean age 13.55 years (s.d. = ± 1.58 years), orthodontically treated by extraction of four premolars. Group 2 included 30 patients (9 males and 21 females), with initial mean age 13.98 years (s.d. = ± 2.61 years), orthodontically treated by rapid maxillary expansion followed by corrective mechanics with extraction of four premolars or two maxillary premolars. Dental casts obtained from all patients at initial (T1), final (T2) and postretention stages (T3) were assessed by measurements of the Little irregularity index, intercanine, interpremolar and intermolar distances, and length and perimeter of the maxillary arch. Statistical analysis of data was performed by one-way analysis of variance (ANOVA) for evaluation within groups among the three stages. The Tukey test was applied for the variables presenting statistically significant outcomes. Comparison between groups was performed by the independent t test. The Pearson test was used to correlate the Little irregularity index to the other study variables. The results demonstrated that the Little irregularity index presented 9.40% of relapse for Group 1 and 13.57% for Group 2. There was no statistically significant difference between groups as to the relapse in intercanine, interpremolar or intermolar distance, length and perimeter of the maxillary arch. However, Group 2 exhibited greater relapse in the amount of maxillary anterior crowding compared to Group 1. Thus, rapid maxillary expansion influenced the stability of alignment of maxillary incisors.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
PatriciaMartins.pdf (969.76 Kbytes)
Data de Publicação
2007-09-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.