• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2010.tde-24032010-113822
Documento
Autor
Nome completo
Júnia Maria Villefort Silva Chaves
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2010
Orientador
Banca examinadora
Machado, Maria Aparecida de Andrade Moreira (Presidente)
Honório, Heitor Marques
Valarelli, Thais Marchini de Oliveira
Título em português
Avaliação da relação oclusal dos arcos dentários em bebês
Palavras-chave em português
Criança
Má oclusão
Oclusão dentária
Resumo em português
A relação oclusal dos arcos dentários de 105 bebês brasileiros com idades entre 1 a 3 anos, foi avaliada neste estudo. Estes apresentaram os seguintes requisitos para participarem da amostra: presença de dentes decíduos hígidos (sem cárie ou qualquer tipo de anomalia de forma e estrutura), sem histórico de traumatismo dentário e assimetrias, maxilar e facial. A amostra foi dividida em 4 grupos: Grupo 1: Bebês que apresentem no mínimo quatro incisivos, sendo dois superiores e dois inferiores irrompidos; Grupo 2: Bebês que apresentem incisivos e primeiros molares irrompidos; Grupo 3: Bebês que apresentem incisivos, primeiros molares e caninos irrompidos; Grupo 4 : Bebês que apresentem incisivos, primeiros molares, caninos e segundos molares irrompidos. A avaliação constou de exame clínico de cada criança e a análise das respostas dos questionários preenchidos pelos responsáveis. Os dados encontrados foram tabulados e analisados através de análise descritiva. Os resultados deste estudo sugerem que as más oclusões aparecem em uma época precoce do desenvolvimento da dentição decídua em 19,05% das crianças estudadas.
Título em inglês
Evaluation of the occlusal relationship of babies dental arches
Palavras-chave em inglês
Child
Dental occlusion
Malocclusion
Resumo em inglês
The aim of the present study was to evaluate the oclusal relationship of the dental arch of 105 brasilian babies with age from 1 to 3 years old. The sample showed the following characteristics: presence of primary teeth (without dental decay or any kind of size or structure anomaly), without dental injuries or maxilar/mandibular assimetry. The sample was divided into 4 following groups: Group 1: Babies showing four incisors at least, being two upper and two lower erupted incisive teeth; Group 2: Babies showing incisors and erupted first molars; Group 3: Babies showing incisors, first molars and erupted canines; Group 4: Babies showing incisors, first molars, canines and erupted second molars. The evaluation was compound by clinical exam of each child and by analysis of the answers from questionary given to the guardians. The data was analyzed through descriptive analysis. The results pointed out that malocclusions presented in 19,05% of the sample on early age of the primary teeth development.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2010-03-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.