• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2003.tde-23062009-102228
Documento
Autor
Nome completo
Maria Gisette Arias Provenzano
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2003
Orientador
Banca examinadora
Silva, Salete Moura Bonifacio da (Presidente)
Lima, José Eduardo de Oliveira
Uchoa, Marinês Nobre dos Santos
Título em português
Prevalência de cárie e fluorose dentária em escolares do município de Ibiporã-PR
Palavras-chave em português
Cárie dentária (prevalência)
Escolas
Fluorose dentária (prevalência)
Ibiporã (PR)
Resumo em português
O objetivo deste trabalho foi estudar a prevalência e severidade da cárie e da fluorose dentária respectivamente através dos índices CPO-D, CPO-S, índice de Dean (ID) e de Thylstrup e Fejerskov (ITF). A amostra foi composta por 737 escolares com 12 anos de idade, pertencentes à rede privada e pública do município de Ibiporã-PR. Esta comunidade tem a água de abastecimento fluoretada há mais de trinta anos e numa concentração média de 0,8 ppm F. Os exames foram feitos por dois profissionais trabalhando juntos, com as crianças de frente à uma janela, sob luz natural. Foram examinadas as superfícies vestibular e oclusal de todos os dentes permanentes para o ITF e, os dois dentes mais afetados para o ID, porém registrando aquele menos afetado como o índice da criança. Dez por cento da amostra foi reexaminada, tendo-se obtido um índice Kappa de 1,0 para o CPO-D e CPO-S, 0,94 para o ID e, 0,81 para ITF. O CPO-D encontrado nos escolares foi de 1,93 ± 2,05 e CPO-S de 2,87 ± 3,34. A prevalência da fluorose dentária em todos os escolares foi de 49,39%, com 53,6% de dentes afetados, sem diferença significante entre as escolas (p=0,979). As formas brandas da fluorose predominaram, 32% no ITF=1 e 15% no ITF=2. A distribuição da cárie nos dois tipos institucionais revelou um CPO-D de 1,32 ± 0,25 (p=0,001) para as escolas privadas e 1,99 ± 0,79 para as escolas públicas e o CPO-S de 1,99 ± 0,40 e 2,94 ± 0,13 (p=0,001), respectivamente. A distribuição da fluorose (ITF) foi praticamente igual nas escolas privadas (49,2%) e públicas (49,4%). O sexo não teve uma influência marcante na prevalência de cárie e na fluorose dentária. Os escolares que residiam há menos de 10 anos no município tiveram um CPOS maior (3,37 ± 0,28) do que aqueles que residiram por mais tempo (2,7 ± 0,14), com diferença significativa (p=0,043). Já para a fluorose dentária, o fator tempo não mostrou diferença significativa entre os escolares. Somente a menor proporção da amostra estudada apresentou uma situação de saúdebucal ideal e o flúor apesar da sua ação benéfica, ao qual a população foi exposta não impediu a ocorrência da cárie e nem evitou a fluorose dentária. O estudo constatou uma correlação negativa significante (p=0,044) entre o CPO-D e o ID. A meta da OMS para o ano de 2000 foi atingida, entretanto, destaca-se a alta freqüência de fluorose dentária, sendo necessário investigar nesta população, quais são os fatores de risco presentes, para que medidas preventivas possam ser planejadas e adequadas.
Palavras-chave em inglês

Resumo em inglês
The aim of this study was to investigate the prevalence and severity of dental caries and fluorosis through DMFT, DMFS, Dean (ID) and Thylstrup Fejerskov (ITF) indices, respectively. Study participants were 737 twelve-year-olds children from public and private schools of Ibiporã city, Paraná, Brazil. This community has fluoridated water, concentration 0,8 ppm F, for more than 30 years. Two professionals working together examined the children, who stayed in front of a window, under natural light. All vestibular and occlusal permanent teeth surfaces were examined according ITF criteria and the two more affected teeth were examined according ID criteria, and the lower value was recorded as a child index. Ten per cent of children were reexamined, and Kaapa scores were 1,0 for DMFT and DMFS; 0,94 for ID and 0,81 for ITF. The DMFT was 1,93 ± 2,05 and the DMFS was 2,87± 3,34. The fluorosis frequency was 49,39%, with 53,65 affected teeth, but no significant differences were found between private and public schools (p=0,979). The milder forms of fluorosis prevailed, 32% (ITF=1) and 15% (ITF=2). The distribution of caries in the private and public schools was respectively 1,32 ± 0,25 (p=0,001) and 1,99 ± 0,13 (p=0,001) for DMFT; 1,99 ± 0,40 and 2,94 ± 0,13 (p=0,001) for DMFS. The distribution of fluorosis (ITF) was very similar between the private (49,2%) and public (49,4%) schools. There was not influence of the sex as dental caries and fluorosis prevalence. The school children who have been living at that city for less than 10 years showed a DMFS higher (3,37 ± 0,28) than those who have been living for more than 10 years (2,7 ± 0,14), with a significant difference (p=0,043). Time factor did not show a significant difference to dental fluorosis between children. Only a lower proportion of this sample showed an ideal oral health and the fluor, besides its benefic action, did not prevent the occurrence of dental caries and fluorosis. This study showed a significant negative correlation (p=0,044) between DMFT and ID. The WHO objectives for the year 2000 was reached. However the higher frequency fo fluorosis should be emphasized, making necessary an investigation about the possible risk factors that are presente at this population and thus a plan to adequate a preventive program them.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2009-06-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.