• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2002.tde-15032005-111841
Documento
Autor
Nome completo
Edmêr Silvestre Pereira Júnior
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2002
Orientador
Banca examinadora
Bijella, Maria Francisca Thereza Borro (Presidente)
Bezerra, Ana Cristina Barreto
Navarro, Maria Fidela de Lima
Pavarini, Aymar
Vieira, Paulo Antônio de Arantes
Título em português
"Avaliação do desempenho clínico, radiográfico e da microinfiltração marginal de restaurações classe II com um cimento de ionômero de vidro modificado por resina e com uma resina composta 'condensável' em molares decíduos: dois anos de acompanhamento".
Palavras-chave em português
cimentos de ionômeros de vidro modificados por resina
dente decíduo
maloclusão de angle classe II
resinas compostas
restauração dentária
Resumo em português
O objetivo deste estudo foi avaliar durante 2 anos a efetividade do cimento de ionômero de vidro modificado por resina (Vitremer - 3M) e da resina composta “condensável” (Solitaire - Kulzer) em classe II de molares decíduos. Realizou-se a análise clínica qualitativa, radiográfica, avaliação direta nos molares decíduos esfoliados e microinfiltração marginal da restauração nos mesmos. Este estudo foi composto de 64 restaurações classe II de cimento de ionômero de vidro modificado por resina (Vitremer) e 59 de resina composta “condensável” (Solitaire). O preparo cavitário de classe II foi realizado de acordo com a extensão do processo de cárie, limitando-se apenas ao corte de entrada para o acesso à lesão e a remoção de todo tecido cariado, observando-se os princípios da dentística operatória moderna, sem extensão preventiva, conservando-se a maior quantidade de estrutura dentária sadia possível. Os materiais restauradores foram manipulados e inseridos de acordo com as instruções do fabricante, sendo que o Vitremer foi inserido com seringa Centrix (DFL) e a Solitaire com espátula antiaderente em incrementos. As restaurações foram avaliadas clinicamente no início, aos 6, 12, 18 e 24 meses pelo critério United States Public Health Service modificado RYGE e CVAR. A tomada radiográfica interproximal padronizada foi realizada no início e aos 24 meses. Após a esfoliação os trinta e seis dentes foram armazenados em água destilada com timol a 1% com finalidade de inibir o crescimento bacteriano. Estes foram analisados diretamente para avaliar a presença de cárie recorrente nas restaurações e a microinfiltração marginal. Posteriormente, as raízes foram seladas com resina composta Z 100 (3M) e aplicadas 2 camadas de esmalte de unha a 1mm das margens da restauração, sendo os espécimes imersos em solução de fucsina básica a 0.5%, à temperatura de 37o C por 24 horas. Após esse período, os mesmos sofreram lavagem em água corrente por 24 horas. Para o seccionamento, os espécimes foram incluídos em resina acrílica autopolimerizável para serem levados à máquina de corte. Cada dente sofreu 3 cortes com um disco diamantado, no sentido mésio-distal. O tamanho da recidiva de cárie, a análise indireta do tamanho das restaurações e a microinfiltração marginal na parede cervical de cada restauração dos dentes esfoliados foram avaliadas através de medidas lineares em um programa de computador (Sigma Scan). Utilizou-se o teste de Mann-Whitney para a análise entre materiais, e para a análise no mesmo material restaurador, porém em períodos diferentes de observação, utilizou-se o teste pareado de Wilcoxon. Já para a análise de medidas realizadas nas recidivas de cárie dos dentes esfoliados e da microinfiltração marginal utilizou-se o teste “t”. O nível de significância de 5% foi adotado em todos os testes. Os resultados clínicos demonstraram após os 24 meses de avaliação que o Vitremer apresentou melhores resultados quando comparado a Solitaire. Os dados foram, respectivamente, na descoloração marginal de 89.00% e 33.89%; na forma anatômica de 56.25% e 11.86%; na integridade marginal de 46.87% e 15.25% e, na manutenção do contato proximal de 92.18% e 69.49%. Com relação à estabilidade de cor os dados foram de 79.68% e 80.35%, e quanto à textura da superfície foram de 37.50% e 81.35%, sendo que a Solitaire apresentou melhores resultados. Estas porcentagens são relativas ao escore Alpha na avaliação de 24 meses. Verificou-se que não houve influência geral direta, da remoção do teto da câmara pulpar para a terapia pulpar, no comportamento clínico dos materiais restauradores, somente em alguns quesitos de avaliação como descoloração marginal, textura da superfície e contato proximal é que os dentes que sofreram terapia pulpar apresentaram um desempenho um pouco inferior, sendo na maioria praticamente igual, ou até superior como no caso da estabilidade de cor com relação ao Vitremer. Quanto ao desempenho clínico avaliado através de radiografias, verificou-se, com relação à conformidade da restauração com o dente em relação ao contorno proximal, uma semelhança entre os grupos, não apresentando diferenças estatísticas, pois o Vitremer apresentou escore médio aos 24 meses de 1.08 e a Solitaire de 1.29. Já com relação à presença de radiolucidez na parede gengival, os resultados foram estatisticamente significantes, sendo que a resina composta apresentou um número maior de dentes com área radiolúcida em esmalte e dentina em relação ao Vitremer, na avaliação de 24 meses, com média de 0.17 e 1.23, respectivamente. Ao analisar o desempenho clínico com relação ao tamanho da restauração e o dente em que esta se encontra, verifica-se uma conformidade nos resultados, onde o tamanho da restauração tende a não influenciar no resultado do material. A presença de cárie recorrente, qualitativa e quantitativa, avaliada nos dentes esfoliados, foi marcante na face proximal sendo que a resina composta empregada apresentou um número maior de lesões cavitadas, sendo este número estatisticamente significante, pois a média da Solitarie foi de 3.82mm2 e do Vitremer 0.11mm2 de recidiva cavitada. Na face oclusal houve uma diferença estatisticamente significante entre os materiais testados, sendo a média da Solitaire de 1.25mm2 de recidiva e o Vitremer não apresentou recidiva cavitada na oclusal. Ao analisar a microinfiltração marginal nos dentes esfoliados através do uso de corante, verificou-se uma maior penetração do corante na parede gengival nos dentes restaurados com resina composta, apresentando 1.73mm de média na penetração do corante e 0.35mm de média para o Vitremer, sendo a diferença estatisticamente significante. Nas avaliações realizadas neste estudo, verificou-se que o cimento de ionômero de vidro modificado por resina (Vitremer) apresenta condições favoráveis de desempenho clínico, radiográfico e menor microinfiltração marginal em restaurações classe II de molares decíduos, no período avaliado, superando o desempenho da resina composta “condensável” (Solitaire).
Resumo em inglês
The purpose of this study was to evaluate for two years the clinical performance of a resin-modified glass ionomer cement (Vitremer - 3M) and the “condensable” composite resin (Solitaire - Kulzer) in the restoration of class II cavities in primary teeth. Clinical, radiographic, direct following exfoliation in the primary molars and marginal microleakage evaluations were performed. A total of 64 class II cavities in the primary molar was restored with resin modified glass ionomer cement (Vitremer - 3M) and 59 class II cavities in the primary molars with “condensable” composite resin (Solitaire - Kulzer). The preparation was accomplished according to the extension of the decay process. The dentist placed resinmodified glass ionomer cement according to the manufacturer’s recommendations. First, he placed a dentin primer and light-polymerized it. Then, he hand-mixed the fluoroaluminosilicate glass powder base with the poliacrilic acid, placed it in the cavity preparation (Centrix) and then exposed it to visible light for initial polymerization. The composite resin Solitaire was placed in the cavity preparation in increments. Each restoration was directly and clinically evaluated at baseline and at 6, 12, 18, 24 months, based on the modified United Stated Public Health Service methodological technique for evaluations. Standardized bitewing radiograph were accomplished in the baseline and at 24 months. After exfoliation, the teeth were stored in distilled water with timol 1% with purpose of inhibiting the bacterial growth. Visual inspection was carried out in the thirty-six restorations collected after exfoliation, to evaluated recurrent decay and marginal microleakage. The roots were sealed with composite resin Z 100 (3M) and applied two layers of fingernail enamel at 1mm of the margins of the restorations, being the specimens immersed in basic fucsin solution, at 0,5%, at a temperature of 37oC, for 24 hours, and rinsed in running average water for 24 hours, sectioned and evaluated. Each sample was included in auto-cured resin and mesiodistal planes, with a diamond disk had three cuts. Decay size, the indirect analysis of the size restorations and the marginal microleakage in the cervical wall, were measured in a computer program (Sigma Scan). Mann-Whitney’s test was used for the analysis among the materials, and for the analysis in the same restorative material, although in different observation periods; of Wilcoxon paired test used. As to the analysis of measures accomplished in the decay of the teeth after exfoliation and marginal microleakage, the “t” test was used. The significance level of 5% was used in all tests. The clinical results demonstrated, after 24 months of evaluation, that Vitremer presented better results when compared with Solitaire, begin: the marginal discoloration, 89,00% and 33,89%; anatomic form, 56,25% and 11,86%; marginal integrity, 46,87% and 15,25%; maintenance of interproximal contact, 92,18% and 69,49%; except for color stability, 79,68% and 80,35%; and surface texture, 37,50% and 81,35% Solitaire presented better results, being these resulted related to percentages of the score Alpha, in the evaluation of 24 months. This study verified that there is not a direct, general influence when removing the pulpal roof chamber for the pulpal therapy, on the clinical behavior of, restoring materials. Only in some evaluation requirements, as marginal discoloration, surface texture and maintenance of interproximal contact is that the teeth that suffered pulpal therapy presented a little inferior performance, being practically equal in most instances, or even superior, in the case of color stability, in relation to Vitremer. The clinical performance was evaluated through bitewing radiographs, regarding the conformity of the restoration with the tooth in relation to the proximal contour, a similarity among groups, not presenting statistical differences, because Vitremer showed medium score at 24 months of 1,08 and Solitaire 1,29. As to the presence of a radio-lucid area in the gingival wall, the results were statistically significant and Solitaire presented a larger number of teeth with radio-lucid areas in the enamel and dentin, in relation to Vitremer, in the evaluation of 24 months, with an average score of 0,17 and 1,23, respectively. When analyzing the clinical performance in relation to the size of the restoration and the tooth in which localized, a conformity is verified in the results, where the size of the restoration tends to not influence the result of the material. The quantitative and qualitative caries recurrence evaluation in the teeth, after exfoliation, was greater the proximal surface of the composite resin, presenting a larger number of carious lesions, being this number statistically significant, since the average of Solitarie was 3,82mm2 and that of Vitremer 0,11mm2 of recurrent caries. In the oclusal surface, there was a significant statistically difference among the tested materials, being the average of Solitaire 1,25 mm2 of recurrent caries and Vitremer did not present recurrent caries in the oclusal surface. When analyzing the marginal microleakage in the teeth, after exfoliation through the use of dye, a larger penetration of the it was verified in the gingival wall in the teeth restored with composite resin, presenting 1,73 mm in average in the penetration of the dye and 0,35mm in average, for Vitremer, being the differences statistically significant. In the evaluations accomplished in this study, it was verified that the resin-modified glass ionomer cement (Vitremer) presented a favorable clinical and radiographic performance, and smaller marginal microleakage in class II restorations in primary molars, in the assessed period, surpassing the performance of the "condensable" composite resin (Solitaire).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2005-04-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.