• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.25.2006.tde-07022007-091227
Documento
Autor
Nome completo
Heitor Marques Honório
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2006
Orientador
Banca examinadora
Machado, Maria Aparecida de Andrade Moreira (Presidente)
Borsatto, Maria Cristina
Buzalaf, Marilia Afonso Rabelo
Lima, Jose Eduardo de Oliveira
Myaki, Silvio Issáo
Título em português
Avaliação 'in situ' do efeito individual e associado dos desafios erosivo e cariogênico em dentes humanos
Palavras-chave em português
Biofilme dentário
Cárie dentária
Desmineralização do dente
Erosão de dente
Esmalte dentário
Resumo em português
Este estudo in situ avaliou o resultado de um ataque erosivo com a presença de biofilme dentário, e o efeito da associação entre desafio erosivo e cariogênico, sobre o esmalte dentário humano por meio da aferição do desgaste e da porcentagem de perda de microdureza superficial (%PDS). Durante duas fases cruzadas de 14 dias, 11 voluntários previamente selecionados utilizaram dispositivos intrabucais palatinos contendo espécimes de esmalte humano, os quais foram submetidos a quatro grupos com tratamentos distintos: (GI) bebida a base de cola, (GII) bebida a base de cola com acúmulo de biofilme dentário, (GIII) bebida a base de cola mais sacarose a 20% com acúmulo de biofilme dentário, (GIV) sacarose a 20% com acúmulo de biofilme dentário. Desta forma, no GI os espécimes foram fixados no nível do dispositivo palatino, já nos GII, GIII e GIV eles foram fixados 1,0 mm abaixo do nível do aparelho e cobertos por uma tela plástica para acúmulo do biofilme dentário. Em uma das fases (na qual GI e GII foram estudados), os voluntários imergiram o dispositivo palatino em 200 ml da bebida a base de cola por 5 minutos, 3 vezes ao dia. Na outra fase, uma solução de sacarose a 20% foi gotejada 8 vezes ao dia nos espécimes dos GIII e GIV, e apenas metade do aparelho, com os espécimes correspondentes ao GIII, foi imersa na bebida como mencionado acima. A concentração de flúor no biofilme, o desgaste e a %PDS foram mensurados. Os dados foram analisados pelos testes ANOVA e Tukey (p<0,05). Os valores médios de desgaste (µm) e %PDS foram respectivamente: GI- 4,82A; 87,45a; GII- 0,14B; 13,47b; GIII- 0,34B; 68,87c; GIV- 0,41B; 86,12a. A bebida a base de cola com acúmulo de biofilme dentário (GII) promoveu maior concentração de flúor no biofilme. Os resultados sugerem que a presença de biofilme dentário pode diminuir o ataque ácido de uma bebida erosiva e que a associação entre desafio erosivo e cariogênico produz menores alterações no esmalte (desgaste e %PDS).
Título em inglês
In situ evaluation of individual or associated effect of erosive and cariogenic challenge on human teeth
Palavras-chave em inglês
Dental caries
Dental enamel
Dental plaque
Tooth demineralization
Tooth erosion
Resumo em inglês
This in situ study evaluated whether an erosive attack with the presence of dental biofilm and the association between erosive and cariogenic challenge could reduce or increase the wear and the percent change in microhardness (%SMH) of human enamel. During 2 experimental 14-day crossover phases, 11 previously selected volunteers wore intraoral devices containing human enamel specimens which were submitted to four groups of separated treatment: (GI) cola drink, (GII) cola drink and biofilm accumulation, (GIII) cola drink plus 20% sucrose and biofilm accumulation, (GIV) 20% sucrose and biofilm accumulation. Thus, on GI the specimens were fixed at the intraoral device level and on GII, GIII and GIV they were fixed 1.0mm under the device level and covered by plastic meshes for biofilm accumulation. In one phase (GI and GII under study), the volunteers immersed the device for 5 minutes in 200ml of cola drink, 3 times per day. On the other phase, 20% sucrose solution was dripped onto the specimens 8 times per day on GIII and GIV and only half of the palatal device, corresponding to GIII, was immerse in cola drink as mentioned above. Biofilm fluoride concentration, changes in wear and %SMH were measured. Data were tested using ANOVA and Tukey?s test (p<0,05). The mean values of wear (µm) and %SMH were respectively: GI- 4.82A, 87.45a, GII- 0.14B, 13.47b, GIII- 0.34B, 68.87c, GIV- 0.41B, 86.12a. The cola drink with biofilm accumulation (GII) promoted greater biofilm fluoride concentration. The data suggest that the presence of dental biofilm can decrease the acid attack of an erosive drink and the association of erosive and cariogenic challenge can reduce the dental enamel alterations (wear and %SMH).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2007-02-08
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.