• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.25.2007.tde-12092007-181441
Documento
Autor
Nome completo
Moacyr Tadeu Vicente Rodrigues
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Bauru, 2007
Orientador
Banca examinadora
Ferreira Júnior, Osny (Presidente)
Mariano, Ronaldo Célio
Veltrini, Vanessa Cristina
Título em português
Análise microscópica e histométrica comparativa da aplicação de uma pasta à base de metronidazol e da irrigação com iodeto de sódio e peróxido de hidrogênio para o tratamento de alvéolos dentários infectados de ratos
Palavras-chave em português
alvéolo seco
cirurgia bucal
iodeto de sódio
metronidazol
peróxido de hidrogênio
Resumo em português
O processo de reparo em alvéolo infectado de ratos foi avaliado após a utilização de três tipos de tratamento: (1) curetagem e irrigação com soro fisiológico seguida do preenchimento com uma pasta à base de metronidazol a 10%, lidocaína a 2%, menta e carboximetilcelulose, (2) irrigação única com solução de iodeto de sódio a 2% e peróxido de hidrogênio a 3% na proporção 1:1 e (3) irrigação diária, por 3 dias, com solução de iodeto sódio a 2% e peróxido de hidrogênio a 3% na proporção 1:1. Foram utilizados 75 ratos que constituíram os seguintes grupos: Grupo I: alvéolo não infectado (grupo controle positivo); Grupo II: alvéolo infectado sem nenhum tratamento; Grupo III: alvéolo infectado tratado com irrigação única de solução de iodeto de sódio a 2 % e peróxido de hidrogênio a 3% na proporção 1:1; Grupo IV: alvéolo infectado tratado com irrigação diária, por 3 dias, de solução de iodeto de sódio a 2 % e peróxido de hidrogênio a 3% na proporção 1:1; Grupo V: alvéolo infectado submetido à curetagem, irrigação com soro fisiológico e preenchimento com pasta à base de metronidazol a 10% e lidocaína a 2%, carboximetilcelulose e menta. Os animais, em número de 5 em cada grupo foram sacrificados aos 6, 15 e 28 dias após a exodontia do incisivo superior e as peças obtidas analisadas em microscopia óptica. Os resultados foram submetidos à análise qualitativa e quantitativa e evidenciaram melhor reparo nos grupos tratados em relação ao grupo sem tratamento. Com base nos resultados foi possível concluir que: os grupos III, IV e V apresentaram melhores condições de reparo frente ao grupo II, porém diferentes significantemente ao grupo I; o grupo V apresentou os melhores resultados quanto à neoformação óssea nos períodos de 15 e 28 dias, sendo uma opção interessante a ser considerada para o tratamento da alveolite.
Título em inglês
Microscopic and histometric comparative analysis of a metronidazole ointment application and sodium iodide plus hydrogen peroxide irrigation in the treatment of infected tooth sockets of rats
Palavras-chave em inglês
dry socket
hydrogen peroxide
metronidazole
oral surgery
sodium iodide
Resumo em inglês
The healing process in infected tooth sockets was evaluated after application of three types of treatment.: (1) surgical cleaning of the socket with alveolar curettes, saline solution irrigation and complete filling of the socket with a 10% metronidazole, 2% lidocaine, carboxymethylcelullose and mint as flavoring, (2) Single irrigation with 2% sodium iodide and 3% hydrogen peroxide solution (1:1) and (3) Daily irrigation, for three days, with 2% sodium iodide and 3% hydrogen peroxide solution (1:1). Seventy-five rats were randomly assigned to the following groups: Group I: Non-infected tooth socket (positive control group); Group II: Infected tooth socket without treatment; Group III: Infected tooth socket treated with single irrigation of 2% sodium iodide and 3% hydrogen peroxide solution (1:1); Group IV: Infected tooth socket treated daily, for three days, with irrigation of 2% sodium iodide and 3% hydrogen peroxide solution (1:1); Group V: Infected tooth socket treated with surgical cleaning of the socket with alveolar curettes, saline solution irrigation and complete filling of the socket with a 10% metronidazole, 2% lidocaine, carboxymethylcelullose and mint as flavoring. The rats were killed in number of five at each group after 6, 15 e 28 days of superior incisor extraction. The histological findings were measured by qualitative and quantitative methods. The results demostrated better results of tooth socket healing in treated groups. Based on the results it was possible to conclude that groups III, IV and V exhibited better conditions of alveolar healing, compared to group II, although significant difference was observed with group I. Group V showed the best results in bone formation at 15 and 28 days, consisting in an interesting option for dry socket treatment.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MoacyrRodrigues.pdf (8.83 Mbytes)
Data de Publicação
2007-09-14
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.